Show simple item record

dc.contributor.advisorFloriani, Dimas, 1949-pt_BR
dc.contributor.authorGama, Ricardo da Silvapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologiapt_BR
dc.date.accessioned2019-11-22T15:53:08Z
dc.date.available2019-11-22T15:53:08Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/44748
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Dimas Florianipt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia. Defesa: Curitiba, 06/05/2016pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 177-189pt_BR
dc.description.abstractResumo: O objetivo do trabalho dirige-se à apreender se a atuação do poder público na resposta e reconstrução frente aos desastres naturais (enchentes, enxurradas e deslizamentos) ocorridos em 2008 no Vale do Itajaí e em 2011 no litoral pa-ranaense, de modo geral, correspondeu às necessidades das comunidades diretamente atingidas. Em complemento, busca-se identificar se os integrantes das comunidades atingidas pelos desastres se reconhecem como participantes da construção das transformações ambientais que resultam nesta dinâmica. O percurso de construção do problema de pesquisa passa pela discussão das causas e efeitos das mudanças climáticas e sua relação com as ameaças natu-rais e pela construção social dos desastres como um problema das pessoas. Adiante, promove-se a análise dos aspectos institucionais e jurídicos da política pública brasileira de enfrentamento de desastres e o ingresso no estudo das circunstâncias, efeitos, ações de resposta e reconstrução nas áreas sob inves-tigação, a fim de captar os elementos necessários à resposta das questões que norteiam o trabalho. O encadeamento do estudo teórico e os dados coletados permitiram o oferecimento de resposta à pergunta inicial, a qual aponta, de forma geral, para o não atendimento dos anseios das comunidades sujeitas aos desastres em Ilhota-SC (2008) e Morretes-PR (2011). Por outro lado, os habitantes das duas comunidades mais atingidas pelos desastres indicados, em geral, não se reconhecem como partícipes no processo que dá origem ao desastre, remetendo na maioria das vezes a responsabilidade pela ocorrência a fatores naturais ou à ação de terceiros. Palavras-chave: Desastres naturais. Resposta. Reconstrução. Defesa Civil. Comunidades atingidas.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: In what way was done the participation of public power agents, civil society and affected comunities in the response to flashfloods and landslides happened in 2008 on Vale do Itajaí and in 2011 on Paraná state coast? What (or Who) the affected comunities input responsability for disaster occurrence? The answer to this questions represents the central line of this research, directed to investigate two specific communities in the interest area, Morro do Baú, landed in Ilhota-SC and Floresta, in Morretes-PR. The specific purpose of research adresses to un-destand why the public power intervention on response and reconstruction in front of natural disasters (floods, flashfloods and landslides) occurred in 2008 on Santa Catarina state and in 2011 on the Paraná state coast, in general, hasn't attended to the affected communities aspirations. In addition, the study pursue to identify if the members of affected communities recognize himselves like environmental changes actors. The way of reserach construction travel across the discution of causes and effects of climate change and this relation with the natural hazard and the social construction of disasters like a challenge for the people and not for nature. In progress, the research enter in the analisys of institutional and legal aspects of brasilian civil defense public policy and ad-vances on the circumstance and effects of response and reconstruction inicia-tives in landscapes objetc of investigation. The link between theory study and the collected data will allow the initial question to be answered, wich signalizes to the confirmation of reseach proposition. In another way, the people that lives in the two affected comunities, in general, don't recognize himselves like a dis-aster generators, and atributes responsability by the occurrence to natural fac-tors or another's people actions. Keywords: Natural disasters. Response. Reconstruction. Civil defense. Affected communities.pt_BR
dc.format.extent189 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectSociologiapt_BR
dc.subjectCatastrofes naturais - Brasil, Sul - Costapt_BR
dc.subjectAvaliação de riscos ambientais - Aspectos sociaispt_BR
dc.subjectPolíticas públicas - Defesa de costapt_BR
dc.subjectMeteorologia marítima - Praias - Brasil, Sulpt_BR
dc.titleRespostas ao desastres em regiões litorâneas no Sul do Brasil : um estudo comparativopt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record