Show simple item record

dc.contributor.advisorFirkowski, Olga Lucia Castreghini de Freitaspt_BR
dc.contributor.authorAlves, Alceli Ribeiropt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geografiapt_BR
dc.date.accessioned2017-08-24T18:47:48Z
dc.date.available2017-08-24T18:47:48Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/44173
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Olga L. C. de Freitas Firkowskipt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geografia. Defesa: Curitiba, 25/05/2016pt_BR
dc.descriptionInclui referências : fls. 198-208pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Espaço, sociedade e ambientept_BR
dc.description.abstractResumo: Durante as duas últimas décadas, a globalização da produção de autoveículos e autopeças, associada à abertura dos mercados internacionais e à integração regional, permitiu que vários países se inserissem na produção mundial e no comércio internacional de produtos automotivos, aumentando, dessa forma, a competição entre esses países durante o processo de globalização. Nesses contextos, a estratégia de desenvolvimento adotada pelos países do MERCOSUL foi a de abrir seus mercados para o comércio internacional e para a entrada de novas montadoras do setor automobilístico. Os resultados desses eventos têm revelado mudanças significativas na geografia da indústria automobilística nos países do MERCOSUL. Tomando por base esses contextos atuais de globalização, bem como a abertura econômica, a integração regional e a intensa competição envolvendo os países do MERCOSUL no processo de globalização da produção de autoveículos e autopeças, este trabalho tem como objetivo analisar a participação dos países do MERCOSUL nesse processo e, principalmente, o desempenho de suas respectivas indústrias automobilísticas nacionais na produção mundial e no comércio internacional de produtos automotivos durante as últimas décadas. Dessa forma, parte-se da hipótese de que a globalização da produção na indústria automobilística, associada à inserção e à crescente participação das indústrias automobilísticas nacionais dos países do MERCOSUL na produção mundial e no comércio internacional de autoveículos, vem permitindo que as indústrias automobilísticas nacionais desses países se reposicionem nas cadeias de valor e melhorem seus níveis de competitividade e upgrading industrial. A metodologia utilizada consiste em analisar os fluxos de comércio internacional envolvendo os principais mercados consumidores de produtos automotivos no mundo e avaliar as mudanças no desempenho anual das exportações das indústrias automobilísticas do MERCOSUL entre os anos de 1995 e 2013. O trabalho faz uso de quatro variáveis distintas para mensurar upgrading industrial (valor nominal, volume, quota de mercado, e valores unitários) e utiliza três dos principais bancos de dados referentes à importação e à exportação de produtos automotivos (EUROSTAT Comext, UN-COMTRADE, AliceWeb). Com evidência obtida a partir da análise dos dados e das variáveis aqui utilizadas, constatou-se que as indústrias automobilísticas nacionais dos países do MERCOSUL conseguiram melhorar seus desempenhos em uma variedade de produtos automotivos, embora existam oscilações ao longo do recorte temporal estabelecido na análise, além de diferenças no desempenho de indústria para indústria na região e entre as diversas categorias de produtos analisados. Além disso, foram notadas particularidades envolvendo a perspectiva do upgrading industrial, que devem ser consideradas quando se avalia a relação entre produção e comércio, a direção dos fluxos de valor, e, em particular, os mercados consumidores e as categorias de produtos. Portanto, o estudo salienta a importância da análise específica de determinados produtos para ajudar a compreender e determinar a extensão em que upgrading industrial vem ocorrendo em redes globais de produção. Por último, mas não menos importante, o trabalho se encerra com uma reflexão sobre a necessidade de considerar o caráter regional envolvido no processo de globalização da produção e comercialização de produtos automotivos em análises que fazem uso da perspectiva do upgrading industrial. Palavras-chave: Geografia Econômica. Geografia Industrial. Upgrading Industrial. MERCOSUL. Indústria Automobilística.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Throughout the last two decades the globalization of autovehicle production and autoparts, associated with the opening of international trade markets and regional integration, have allowed many countries to insert themselves into the world production and international trade of automotive products, and, thus, increasing the competition among these countries during the globalization process. Within these contexts, the development strategies adopted by MERCOSUL countries were to open their markets to international trade and to the entry of new vehicle manufacturers in the automobile sector. The results of these events are revealing significant changes in the geography of the automotive industry in MERCOSUL countries. It is in these contemporary contexts of globalization; economic openness; regional integration and intense competition involving the countries of MERCOSUL in the process of globalization of autovehicle and autoparts production that this work aims to analyse the participation of MERCOSUL countries in this process and, mainly, to evaluate the performance of their respective automobile industries in world production and in international trade markets of automotive products during the last few decades. Therefore, it is considered the hypothesis that the globalization of production in the automotive industry associated with the insertion and increasing participation of national automobile industries of the MERCOSUL into the world production and international trade of autovehicles and autoparts, are allowing these countries to reposition themselves into global value chains and to improve their competitiveness as well as insert their firms into industrial upgrading trajectories. The methodology used consisted of an analysis of international trade flows involving the main consumers of automotive products in the world and evaluate the changes in the annual performance of exports from MERCOSUL auto industries between 1995 and 2013. The works makes use of four distinct variables to measure industrial upgrading (value, volume, markets shares, and unit values) and uses three databases (EUROSTAT Comext, UN-COMTRADE, AliceWeb). With evidence obtained from the analysis of data and variables used herein, the work reveals that the national automobile industries of the countries of MERCOSUL improved their performance in a variety of automotive products, although there are disparities amongst industries in the region as well as fluctuations over the timeframe established in the analysis. Moreover, particularities concerning the perspective of industrial upgrading have been noted, and these should be considered when one attempts to evaluate the relationship between production and trade; the direction of value flows and, in particular, consumer markets and product categories. Therefore, amongst other things, the study emphasizes the significance of product-specific analysis to help us understand and determine the extent to which industrial upgrading is occurring in GPNs. Last, but not least, the work concludes assuming the need to consider the regional aspects involved in the process of globalization of production and trade of automotive products and the implications of this in analysis that make use of the industrial upgrading perspective. Keywords: Economic Geography, Industrial Geography, Industrial Upgrading, MERCOSUL, Automobile Industry.pt_BR
dc.format.extent208 f. : il. algumas color.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectGeografiapt_BR
dc.subjectGeografia economicapt_BR
dc.subjectIndústria automobilísticapt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleA indústria automobilística no países do Mercosul : territórios, fluxos e upgrading industrialpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record