Show simple item record

dc.contributor.advisorFernandes, Adriana Sbicca, 1969-
dc.contributor.authorGonçalves, Vanessa Lucas
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico
dc.date.accessioned2016-12-07T20:39:15Z
dc.date.available2016-12-07T20:39:15Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/44168
dc.descriptionOrientadora : Profª. Drª. Adriana Sbicca Fernandes
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Ecônomico. Defesa : Curitiba, 26/04/2016
dc.descriptionInclui referências : f. 90-95
dc.description.abstractResumo: O segmento de geração de energia elétrica no Brasil sempre foicaracterizado pela exploração do potencial hidroelétrico do país. No entanto, o sdados da geração demonstram uma queda gradativa da participação da hidroeletricidade na matriz de energia elétrica brasileira, principalmente porque a exploração do potencial hídrico remanescente implica em impactos ambientais locais irreversíveis à região Amazônica. Diante dos indícios de uma mudança no modelo e padrão de geração de energia elétrica no país, o objetivo geral da pesquisa foi analisar o segmento de geração de energia elétrica brasileiro, identificando as principais barreiras ao estabelecimento de um novo paradigma tecnológico, mais a dequado aos princípios de sustentabilidade econômico-ambiental. Ou seja, baseado no uso de fontes de energias alternativas renováveis. A análise foi baseadana teoria de paradigma tecnológico e trajetória tecnológica e em dados secundáriosdo setor elétrico brasileiro. Os objetivos específicos da pesquisa foram: apresentar aevolução do paradigma tecnológico hidroelétrico no Brasil, com destaque para as dificuldades enfrentadas pela trajetória tecnológica hidroelétrica; analisar um possível processo de mudança de paradigma tecnológico no segmento de geraçãode energia elétrica brasileiro; identificar as principais barreiras ao aumento da participação da bioeletricidade da biomassa residual da cana-de-açúcar na matriz de energia elétrica brasileira. Por meio da pesquisa foi possível constatar que, por voltada década de 1990, se iniciou um processo gradativo de esgotamento do paradigma tecnológico hidroelétrico no Brasil, que levou ao aumento do consumo de outras fontes de energia elétrica, alterando o padrão e modelo de geração. Apesar dessa mudança, ainda não é possível determinar qual o novo paradigma tecnológico dosegmento de geração de energia elétrica brasileiro. As barreiras à bioeletricidade, apresentadas na pesquisa, demonstram algumas medidas e políticas públicas que precisam ser criadas para incentivar as fontes de energia renováveis alternativas epara incentivar a indução de um novo paradigma tecnológico sustentável, do pontode vista econômico e ambiental. Palavras-chave: Paradigma. Hidroeletricidade. Energias Renováveis. Biomassa. Bioeletricidade. Cana-de-açúcar.
dc.description.abstractAbstract: The power generation sector in Brazil has always been characterized by the exploitation of the hydroelectric potential of the country. However, generation of data show a gradual drop in the share of hydroelectricity in the Brazilian energy matrix, mainly because the exploitation of the remaining hydro potential implies irreversible local environmental impacts on the Amazon region. Faced with the evidence of a change in the model and pattern of electricity generation in the country, the overall objective of the research was to analyze the Brazilian electricity generation segment, identifying the main barriers to the establishment of a new technological paradigm, more suitable to the principles economic and environmental sustainability. That is, based on the use of renewable alternative energy sources. The analysis was based on the technological paradigm theory and technological trajectory and secondary data from the Brazilian electric sector. The specific objectives of the research were: to present the evolution of the technological paradigm hydropower in Brazil, highlighting the difficulties faced by hydroelectric technological trajectory; analyze a possible process of changing technological paradigm in the Brazilian electric power generation segment; identify the main barriers to increased participation of bioelectricity residual biomass sugarcane in the Brazilian energy matrix. Through research it was established that by the 1990s, began a gradual process of exhaustion of technological paradigm hydropower in Brazil, which led to increased use of other sources of electricity, changing the default and generation model . Despite this change, it is still not possible to determine which new technological paradigm in the Brazilian electric power generation segment. Barriers to bioelectricity, presented research demonstrate some measures and policies that need to be created to encourage alternative renewable energy sources and to encourage the induction of a new sustainable paradigm technological, economic and environmental point of view. Keywords: Paradigm. Hydroelectricity. Renewable energy. Biomass. Bioelectricity. Sugar cane.
dc.format.extent95 p. : grafs., tabs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectBiocombustíveis
dc.subjectEnergia - Fontes alternativas
dc.subjectCana-de-açúcar - Aspectos econômicos
dc.subject.ddc333.9539
dc.titleA bioeletricidade da biomassa residual da cana-de-açúcar e a mudança de paradigma tecnológico no segmento de geração de energia elétrica no Brasil
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record