Show simple item record

dc.contributor.advisorLingnau, Christelpt_BR
dc.contributor.authorCampos, Moacir Alberto Assispt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.contributor.otherRosot, Nelson Carlospt_BR
dc.date.accessioned2013-06-03T14:25:12Z
dc.date.available2013-06-03T14:25:12Z
dc.date.issued2013-06-03
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/4394
dc.description.abstractEsta pesquisa trata da análise de paisagem a partir da classificação orientada a objeto, com o objetivo de avaliar o padrão e a dinâmica espacial da fragmentação da paisagem em área do Distrito Agropecuário da SUFRAMA, Manaus-AM, localizada entre 2º 28'48'' e 3º 1'19'' de latitude Sul e 59º47'29'' e 60º27'54'' de longitude Oeste. Os objetivos específicos foram: mapear a cobertura do terreno através da classificação orientada a objeto, utilizando segmentação hierárquica, algoritmo baseado em lógica fuzzy e sistema especialista; avaliar o uso da classificação orientada a objeto de imagens Landsat na região amazônica; analisar a estrutura da paisagem e determinar as mudanças ocorridas nos períodos de 1999 a 2001 e de 2001 a 2003. A classificação utilizou a informação espectral, de contexto e de forma a partir de uma base de conhecimento com classes hierárquicas e descritores para gerar os mapas temáticos. Os resultados da classificação foram usados para análise da paisagem. A segmentação potencializou a extração de informações utilizadas na classificação. O banco de conhecimentos foi estruturado em três níveis, sendo dois auxiliares e um intermediário onde foi efetuada a classificação final. A análise da paisagem foi realizada para a paisagem total e individualmente para as classes de cobertura do terreno. Os resultados obtidos indicam que a área possui uma unidade de paisagem dominante, pouco fragmentada, que é a floresta. Verificou-se que a floresta apresentou uma redução de 2,5% no tamanho da sua área no período. Constatou-se, também o aumento do número de unidades de paisagem (674) e quantidade de bordas (2%) indicando que há um claro processo de fragmentação em andamento. O índice de contagio baixou de 85,3% em 1999 para 82,1%, em 2003. A floresta apresenta um nível de difusão e justaposição que alcança um valor máximo de 78%, em 2003. Além disso, o aumento de bordas e sua complexidade, revelada nos índices de forma e dimensão fractal configuram uma área em que as unidades de paisagem estão em contato com a floresta. Portanto, o processo de desflorestamento ocorre a partir dos limites das unidades de paisagem com florestas. Os principais índices usados para descrever esta configuração foram contágio, nível de difusão e justaposição, índices de forma e dimensão fractalpt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDinamica florestal - Processamento de dadospt_BR
dc.subjectProgramação orientada a objetos (Computação)pt_BR
dc.subjectLandsat (Satelites)pt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titlePadrao e dinâmica de floresta tropical, através de classificaçao orientada a objeto e da análise da paisagem com imagens landsatpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record