Show simple item record

dc.contributor.advisorMachado, Sebastião do Amaral, 1939-pt_BR
dc.contributor.authorMartins, Ana Paula Marquespt_BR
dc.contributor.otherFigueiredo Filho, Afonso, 1951-pt_BR
dc.contributor.otherDalla Corte, Ana Paulapt_BR
dc.contributor.otherGorenstein, Maurício Romeropt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2018-04-26T20:45:21Z
dc.date.available2018-04-26T20:45:21Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/43868
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Sebastião do Amaral Machadopt_BR
dc.descriptionCoorientadores : Prof. Dr. Afonso Figueiredo Filho, Profª. Drª. Ana Paula Dalla Corte e Prof. Dr. Maurício Romero Gorensteinpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 15/02/2016pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 67-74pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Manejo Florestalpt_BR
dc.description.abstractResumo: A evolução do afilamento do tronco em povoamentos de Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze foi estudada por meio de funções de afilamento e fatores de forma natural e artificial, sendo também analisada a evolução do sortimento produzido. Os dados utilizados foram obtidos por técnica de análise de tronco completa e por cubagem rigorosa de árvores em pé em povoamentos estabelecidos na região de Quedas do Iguaçu, estado do Paraná. Foram amostradas 30 árvores para análise de tronco, em que foram utilizados os dados referentes às idades de 06, 12, 18 e 24 anos, produzindo 120 observações, e 15 árvores para cubagem rigorosa em pé, com 43 anos, totalizando 135 observações. As funções de afilamento ajustadas foram: polinômio de segundo grau; polinômio de quinto grau; polinômio de potências inteiras e fracionárias e o modelo de Garay. O ajuste das funções de afilamento foi realizado para o conjunto total de dados e para os dados estratificados em classes de idade. Após a seleção da função de afilamento, foram construídas curvas de afilamento para as classes de idades. O teste de identidade de modelos de Graybill foi aplicado para verificar possíveis diferenças significativas entre os modelos com estratificação dos dados (reduzido) e sem estratificação dos dados (completo). Os fatores de forma naturais e artificiais foram calculados para todo o conjunto de dados e sua evolução foi avaliada com o avanço da idade. O sortimento florestal foi calculado utilizando o programa FlorExel® utilizando as classes de sortimento: Energia, Celulose, Serraria 1, Serraria 2 e Laminação. O modelo selecionado para a estimativa dos diâmetros ao longo do tronco foi o polinômio de quinto grau. Houveram diferenças significativas na comparação do ajuste do modelo reduzido com os ajustes dos modelos em classes de idade (completo). As análises das curvas de afilamento revelaram uma melhoria da forma das árvores com o aumento da idade, uma vez que as curvas assumem a forma do sólido geométrico paraboloide de modo mais acentuado com o passar dos anos. Os volumes totais médios com casca obtidos por árvore foram 0,919 m³ aos 24 anos e 2,12 m³ aos 43 anos de idade do povoamento. A classe de sortimento Energia teve maior representatividade na classe de idade 6 anos. Volumes para celulose foram produzidos desde a idade de 6 anos, na qual foi mais representativo. Volumes para Serraria 1 começaram a ser produzidos a partir dos 12 anos, assim como para Serraria 2. Volumes para Serraria 2 foram gerados de forma mais relevante entre as idades de 18 a 24 anos. Volumes para laminação foram obtidos a partir da idade 18 anos, porém somente aos 43 anos foi expressivo, com cerca de 60% do volume total médio por árvore. Palavras-chave: análise de tronco; afilamento do tronco; produção de madeira.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The evolution of stem taper in stands of Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze was studied by means of taper functions and natural and artificial form factors. It was also analyzed the evolution of the produced assortment. The data used were obtained by complete stem analysis technique and cubage of trees standing of stands established in County of Quedas do Iguaçú, state of Paraná, with a sample of 30 trees for stem analysis, basing on Data at ages 06, 12, 18 and 24 years, producing observation of 120 trees, and from 15 cubed standing trees with 43 years, totaling 135 observations. They were adjusted the following taper function: second-degree polynomial; fifth degree polynomial; polynomial of whole and fractional powers and the model of Garay. The adjustment of the taper functions was performed for the total data set and for data stratified by age classes. After selecting the taper function, taper curves were constructed for the chosen ages classes. The Graybill indentify model test was applied to verify possible significant differences between the full and reduced models. Natural and artificial form factor were calculated for the whole data set and theirs evolution was evaluated with the advancing of age. The forest assortment was calculated using the FlorExel® program using the assortment of classes: Energy, Pulp, Sawmill 1, 2 and Sawmill Lamination. The model selected for the estimation of diameters along the stem was the fifth degree polynomial. There were no significant differences in the reduced model fit compared with the adjustments of the models by age classes (full). The analyzes of the taper curves revealed an improvement in the shape of trees with increasing age. The average total volumes with bark by tree were 0.919 m³ at 24 years and 2.12 m³ at 43-year-old stand. The energy assortment product had greater representation in the age group of six years. Volumes for pulp were produced since the age of six years, being more representative at this age. Volumes for Sawmill 1 began to be produced from the 12 years of age, as well as for Sawmill 2. Volumes for Sawmill 2 were generated in a more relevant way between ages 18-24 years. Volumes for lamination were obtained from age 18, but only was significant at age 43, with about 60% of the total average volume per tree. Keywords: stem analysis; stem taper; timber production.pt_BR
dc.format.extent78 f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectPinheiro-do-paranapt_BR
dc.subjectMadeira - Mediçãopt_BR
dc.subjectTroncos (Botanica)pt_BR
dc.subjectManejo florestalpt_BR
dc.titleEvolução da forma do tronco e do sortimento em plantios de Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze na Região Centro-Sul do Paranápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record