Show simple item record

dc.contributor.advisorHeemann, Adriano
dc.contributor.authorVendramini, Louise Clarissa
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Artes, Comunicação e Design. Programa de Pós-Graduação em Design
dc.date.accessioned2016-09-05T19:50:15Z
dc.date.available2016-09-05T19:50:15Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/43857
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Adriano Heemann
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Artes, Comunicação e Design, Programa de Pós-Graduação em Design. Defesa: Curitiba, 05/02/2016
dc.descriptionInclui referências : f. 192-200
dc.description.abstractResumo: A crescente complexidade projetual e as pressões para o atendimento demúltiplos requisitos de projeto em um tempo cada vez mais reduzido aumentam arelevância do estudo da colaboração no design. A comunicação, por sua vez, é vistacomo um fator essencial para que a colaboração aconteça, além de estarrelacionada ao sucesso ou fracasso dos projetos. Nos últimos anos, muitos autoresse dedicaram ao estudo do tema, especialmente a compreensão da linguagemverbal e visual na colaboração do design. Porém, existe uma lacuna na literatura, noque concerne a comunicação não verbal que representa, aproximadamente, 65% dosignificado social de uma interação. Esta pesquisa visa, portanto, o preenchimentodesta lacuna por meio da investigação do seguinte problema de pesquisa: como acomunicação não verbal pode contribuir para o design colaborativo? Para respondera questão proposta, foram realizadas revisões bibliográficas sistemáticas acerca dosseguintes temas: comunicação não verbal, comunicação no design colaborativo ecomunicação não verbal no design. Outras referências, adicionadas as revisões,abordam o tema da colaboração no design, dinâmica dos grupos e interacionismosimbólico. Essa pesquisa argumenta que o Interacionismo simbólico constitui umabase teórica adequada para a investigação do design colaborativo e sugere que aaproximação entre os estudos de psicologia social ou dinâmica dos grupos e designcolaborativo seja realizada. O referencial teórico embasa um estudo de caso únicorealizado em uma empresa que desenvolve produtos de linha branca. Neste estudoa comunicação não verbal de uma interação entre designers e usuários que temcomo objetivo o desenvolvimento um novo produto é observada. Com isso, concluiseque os gestos, as expressões faciais, a proxêmica e o olhar podem contribuircom o design colaborativo em três dimensões: (i) oferecendo subsídios para avaliaras interações; (ii) melhorando a comunicação entre designers e usuários e; (iii)fornecendo informações não verbalizadas pelos usuários que podem esclarecer ocontexto do problema de design e serem incorporados ao produto emdesenvolvimento propriamente dito.Palavras chave: Design colaborativo, comunicação, comunicação não verbal,dinâmica de grupos, interacionismo simbólico.
dc.description.abstractAbstract: The increasing complexity of design projects and the need to meet multipleproject requirements in reduced time, both rise the importance of the study ofcollaboration in design. Therefore, communication is seen as an essential factor forcollaboration, being related to the success or failure of the projects. In the last years,many studies have been dedicated to this theme, especially in order to understandthe verbal and visual languages on design collaboration. However, despite the factthat there is still a literature gap, nonverbal communication represents approximately65% of the meaning of social interactions. Thus, this research aims to fill this gapinvestigating the following question: how nonverbal communication may improvecollaborative design practices? To answer this question the research proceeded to asystematic literature reviews and approached the following themes: nonverbalcommunication, communication in collaborative design and nonverbalcommunication in design. Other references, added to the reviews, touched thethemes of collaborative design, group dynamics and symbolic interactionism. Theresearch, then, argues that symbolic interactionism is an appropriate theoreticalbasis for investigating collaborative design and suggests the need for a connectionbetween this field and social psychology or group dynamics studies. This theoreticalframework underlies the empirical approach of a single case study carried in acompany of white goods. In this study, the nonverbal communication of a designerand users interaction aiming the development of a new product is observed. Thus,the research concludes that the gestures, facial expressions, proxemics and gazemay improve collaborative design in three dimensions: (i) offering subsidies to betterevaluate the interactions; (ii) enriching communication between designers and users;(iii) providing information, unspoken by users, that clarifies the context of the designproblem and may be incorporated into the product development itself.Key words: Collaborative design, communication, nonverbal communication, groupdynamics, symbolic interactionism.
dc.format.extent247 f. : il. algumas color., grafs., tabs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectDesign - Desenvolvimento de produtos
dc.subjectDesign colaborativo
dc.subjectInteracionismo simbólico
dc.subjectComunicação não verbal - Dinâmica de grupos
dc.titleA comunicação não verbal no design colaborativo : um estudo de caso sobre a atividade de cocriação no desenvolvimento de produtos de linha branca
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record