Show simple item record

dc.contributor.advisorVasconcellos, Maristela Panobianco
dc.contributor.authorFlores, Mariana Faber
dc.contributor.otherKonflanz, Valmor Antonio
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agronomia
dc.date.accessioned2016-10-03T21:19:46Z
dc.date.available2016-10-03T21:19:46Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/42756
dc.descriptionOrientadora : Profª. Drª. Maristela Panobianco Vasconcellos
dc.descriptionCo-orientador : Prof. Dr. Valmor Antonio Konflanz
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Agronomia. Defesa: Curitiba, 19/02/2016
dc.descriptionInclui referências: f. 44-55
dc.descriptionÁrea de concentração: Produção vegetal
dc.description.abstractResumo: Cultivares de soja (Glycine Max (L.) Merril) apresentam diferentes hábitos de crescimento, sendo que o cultivo daquelas de hábito indeterminado tem aumentado expressivamente nas lavouras do Brasil. Na literatura, encontram-se pesquisas abordando os componentes de produção em função do crescimento da planta de soja, mas sobre a qualidade das suas sementes pouco se conhece. Neste sentido, o presente trabalho teve por objetivos avaliar o potencial fisiológico de sementes de soja produzidas em duas safras agrícolas, provenientes de cultivares de hábitos de crescimento determinado e indeterminado, em diferentes estratos da planta (inferior, mediano e superior), bem como determinar o rendimento das sementes. A produção das sementes foi realizada no município de Pato Branco, região Sudoeste do Paraná, durante as safras 2013/14 e 2014/15, utilizando-se as cultivares BRS 184, BRS 232 e BMX Ativa RR (hábito determinado), BRS 284 e BS 2601 RR (hábito indeterminado) e AMS Tibagi RR (hábito semi-determinado). A qualidade das sementes foi avaliada por meio dos testes de germinação, envelhecimento acelerado, emergência de plântulas em campo e tetrazólio. Para avaliação dos componentes do rendimento das plantas, de cada hábito de crescimento, determinou-se: o número de sementes por vagem; número de sementes por planta; número de vagens na haste principal; número de vagens na ramificação; número de vagens por nó na haste principal; número de vagens total; número de ramificações; comprimento de internódio; número de nós na haste principal; massa de 1000 sementes; altura das plantas e inserção da primeira vagem. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com quatro repetições, sendo cada parcela constituída por oito linhas. Efetuou-se a análise de variância e comparação de médias pelo teste de Tukey (p<0,05); para os dados de comparação da qualidade entre os estratos da planta, foi utilizado esquema fatorial (3 x 2). Baseado nos resultados obtidos nas duas safras agrícolas, conclui-se que: sementes de soja provenientes de plantas de hábitos de crescimento determinado e indeterminado apresentam qualidade fisiológica semelhante, sendo que as sementes produzidas no estrato inferior da planta apresentam menor qualidade fisiológica do que a dos estratos médio e superior; plantas de soja de hábito de crescimento indeterminado proporcionam maior rendimento de sementes.
dc.description.abstractAbstract: The soybean (Glycine max (L.) Merril) cultivars have different kinds of growth habit, and the indeterminate growing habit has increased significantly in Brasilian fields. In literature, studies are approaching the production of components depending on the soybean plant growth, but on the quality of the seeds little is known. In this sense, the present study aimed to evaluate the physiological potential of soybean seeds produced in two growing seasons, from both determinate and indeterminate growth habit cultivars in different portions of the plant (lower, middle and higher) and determine the seeds yield. The seed yield took place on the city of Pato Branco, Parana Southwest region during the 2013/14 and 2014/15 crop seasons, using the cultivars BRS 184, BRS 232 and BMX Ativa RR (determinate habit), BRS 284 and BS 2601 RR (indeterminate habit) and AMS Tibagi RR (semideterminate habit). Seed quality was determined in the laboratory by means of the germination, accelerated aging, seedling emergence in the field and tetrazolium. To evaluate the yield components of plants for each growth habit, it was settled: the number of seeds per pod; number of seeds per plant; number of pods on the main stem; number of pods in the branches; number of pods per node on the main stem; total number of pods; number of branches; length of internode; number of nodes on the main stem; mass of 1000 seeds; plant height and insertion of the first pod. The experimental design was a randomized blocks with four replications, each plot had eight lines. It was performed the variance analysis and means comparision by Tukey test (p <0.05); factorial design (3 x 2) was used for the quality comparison of plant extract data. Based on the results obtained in the two growing seasons, it was concluded that: soybeans from determinate and indeterminate growth habits of plants have similar physiological quality, and those seeds produced in the lower stratum of the plant have lower physiological quality than the middle and upper
dc.format.extent55 f. : il., algumas color.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectSoja - Semente - Qualidade
dc.titleQualidade fisiológica e rendimento de sementes de soja em função do hábito de crescimento da planta
dc.typeTese


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record