Show simple item record

dc.contributor.advisorOkimoto, Maria Lúcia Leite Ribeiro
dc.contributor.authorRodrigues, Yago Weschenfelder
dc.contributor.otherCatapan, Márcio Fontana
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Artes, Comunicação e Design. Programa de Pós-Graduação em Design
dc.date.accessioned2016-04-20T21:17:40Z
dc.date.available2016-04-20T21:17:40Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/42422
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª. Maria Lúcia Leite Ribeiro Okimoto
dc.descriptionCo-orientador: Prof. Dr. Márcio Fontana Catapan
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Artes, Comunicação e Design, Programa de Pós-Graduação em Design. Defesa: Curitiba, 29/02/2016
dc.descriptionInclui referências : f. 146-160
dc.descriptionÁrea de concentração
dc.description.abstractResumo: Os servidores da área da saúde são expostos por elevadas cargas de trabalho durante um expediente, principalmente se tratando de indivíduos que transportam pacientes em hospitais. Dessa forma, a presente pesquisa investiga os aspectos da ergonomia física no transporte manual de pacientes de maca intra-hospitalar, a fim de contribuir para o desenvolvimento de macas mais adequadas ergonomicamente a tarefa de transporte manual. Para a coleta de dados deste estudo foram selecionadas um conjunto de seis técnicas para explorar os diversos aspectos envolvidos no sistema de transporte de macas hospitalar: a análise da demanda, da interface física, análise da hierárquica da tarefa, do esforço percebido, simulações de push e pull - força calculada e por fim, a análise da satisfação dos indivíduos comparando a pega original da maca (A) com a pega proposta na pesquisa (B). As quatro primeiras técnicas foram aplicadas em campo com 40 servidores dentro do hospital (coleta de dados) e as outras duas em laboratório com 18 indivíduos em uma etapa de reprodução da tarefa (simulação controlada). Essa abordagem permitiu uma melhor seleção de dados, pois objetivou avaliar de forma completa o transporte, possibilitando assim, um confronto de dados, relacionando a fonte da origem dos problemas com suas causas. Conclui-se através dos resultados obtidos que a maior parte dos problemas são de origem do equipamento (60%), devido ao elevado número de queixas na região lombar (60%), ombros (57,5%) e punhos (55%), além da insatisfação em média de 56,5% dos itens da maca. Com esses dados foi possível gerar recomendações para o desenvolvimento de futuras macas para cada item, principalmente sobre o problema de ajuste da altura da pega. Palavras-chave: maca, transporte intra-hospitalar, aspectos físicos, técnicas ergonômicas.
dc.description.abstractAbstract: The health workers are exposed by high workloads during an expedient, mainly dealing in individuals that transport patients. That way, the present study investigates aspects of physical ergonomics in manual transport of the stretchers inside the hospital, in order to contribute to the development of more appropriate stretchers ergonomically manual transport task. To collect data for this study were selected a set of six techniques to explore the several aspects involved in the hospital stretchers transport system: the analysis of demand, analysis of physical interface, hierarchical analysis of the task, analysis of perceived effort, simulations push and pull - calculated force and finally and the analysis of satisfaction of individuals by comparing the original of the stretcher handle (A) with the handle in the research proposal (B). The first four techniques were applied with 40 servers inside hospital (data collection) and the other two with 18 individuals in the laboratory on a task reproduction stage (controlled simulation). This approach allowed a better selection of data as objective to evaluate the complete transport, thus enabling a collating data, relating the source of origin of the problems with their causes. It is concluded from the results obtained that the most problems are the equipment (60%), due to the high number of complaints in the lumbar region (60%), shoulders (57.5%) and sleeve (55%), in addition, to dissatisfaction on average 56.5% of stretcher items. With these data it was possible to generate recommendations for the development of future stretchers for each item, mainly on the handle height adjustment problem. Keywords: stretcher, intra-hospital transport, physical aspects, ergonomic techniques.
dc.format.extent168 f. : il. algumas color.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectDesign
dc.subjectDesign - Ergonomia
dc.subjectTransporte de pacientes - Ergonomia
dc.subjectSaúde e trabalho - Design de Sistemas de Produção
dc.titleO transporte intra-hospitalar manual de pacientes por macas : uma investigação dos aspectos ergnômicos físicos
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record