Show simple item record

dc.contributor.advisorPassos, Fernando de Camargo
dc.contributor.authorCerboncini, Ricardo Augusto Serpa
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação
dc.date.accessioned2016-04-05T18:28:22Z
dc.date.available2016-04-05T18:28:22Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/42007
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Fernando de Camargo Passos
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação. Defesa: Curitiba, 25/02/2016
dc.descriptionInclui referências : f. 27-30;50-53
dc.descriptionÁrea de concentração
dc.description.abstractResumo: A reprodução cooperativa ocorre quando mais de dois indivíduos cuidam de uma mesma prole. Esse tipo de comportamento desafia a teoria de seleção natural pelo fato da existência de indivíduos que investem na reprodução de outros em detrimento de sua própria reprodução. O quero quero (Vanellus chilensis) é uma espécie com reprodução cooperativa facultativa, em que são encontrados territórios reprodutivos com casais e com grupos sociais compostos por três ou quatro indivíduos. Neste trabalho, primeiramente foi desenvolvido um método eficiente para a captura da espécie, o que possibilitou o estudo em nível populacional. Em seguida, foi determinada a composição dos grupos sociais e se a razão sexual na população é relacionada com o modo de cuidado parental e o sexo dos ajudantes de ninho. Finalmente, o investimento nas atividades de cuidado parental foi comparado entre os indivíduos, quando reproduzindo em casal e em cooperação, e foi testado se o sucesso reprodutivo depende do modo de cuidado parental. Os resultados indicaram que os grupos sociais são formados por um casal reprodutor e um filhote da estação reprodutiva anterior que atrasa a dispersão e participa como ajudante de ninho na estação reprodutiva seguinte. Ambos os sexos participam como ajudantes de ninho, mas a participação dos machos foi mais frequente que das fêmeas. A razão sexual primária foi desviada para fêmeas apenas em casais, enquanto grupos sociais produziram fêmeas e machos em número semelhante. O modo de cuidado parental foi modificado entre ciclos reprodutivos distintos em alguns territórios monitorados. A sobrevivência e o crescimento dos filhotes foram semelhantes entre casais e grupos sociais. A atenção ao ninho não foi maior com a participação de ajudantes de ninho. O investimento dos ajudantes de ninho nas atividades de cuidado parental foi baixo e diminuiu ao longo do tempo. Nos grupos sociais as fêmeas não diminuíram a atenção ao ninho, enquanto os machos diminuíram cerca de 10% do seu investimento. Nos casais, a atenção ao ninho dos machos e das fêmeas foram semelhantes e tiveram uma relação inversa, enquanto os machos diminuíram a atenção ao ninho ao longo do tempo as fêmeas aumentaram. Nos grupos sociais, a atenção ao ninho dos machos foi menor que das fêmeas e que dos machos em cuidado biparental, mas aumentaram a atenção ao ninho ao longo do tempo. Esses resultados mostraram que os ajudantes de ninho modificaram a resolução do conflito parental entre o casal reprodutor. A similaridade no sucesso reprodutivo de casais e grupos sociais e o baixo investimento do ajudante de ninho nas atividades de cuidado parental sugerem que a reprodução cooperativa em V. chilensis não deve ser relacionada com a seleção de parentesco. Como a competição por aquisição de territórios é intensa na espécie, é sugerido que os ajudantes de ninho são beneficiados na sua aptidão direta por permanecerem no território natal. Palavras-chave: ajudantes de ninho, Charadriidae, cuidado parental, razão sexual, seleção de parentesco
dc.description.abstractAbstract: Cooperatively breeding birds share parental care activities of a single brood in more than two individuals. This behavior challenges natural selection due to individuals that invest in fitness of others. The Southern Lapwing (Vanellus chilensis) is a facultative cooperative breeder with pairs that reproduce in biparental care and social groups with three or four individuals. First, we developed an efficient method to capture lapwings, which allowed to study them at the population level. Then, we determined the social structure of groups and if sex ratios are related to the mode of parental care and to the sex of the helper. Finally, we compared the investment in parental care activities and offspring growth and survival between modes of parental care. The results indicated that social groups were composed by a breeding pair and the young from previous breeding seasons. Both sexes participated as helpers-at-the-nest, but males more often than females. Primary sex ratios were female biased only in pairs, while no biases were detected in social groups. The mode of parental care changed between breeding seasons in a few territories. Offspring growth and survival and nest attentiveness were similar in pairs and social groups. Nest attentiveness of helpers was low and decreased over time. Incubation by females in pairs and groups were similar, while by males was 10% reduced in groups. Incubation by males and females in biparental care were similar, but males reduced over time, while females increased it. In social groups, incubation by males was less often than by females and by males in pairs, but increased over time. These results showed that the presence of the helper changed how breeders resolve conflicts over care. Reproductive success was similar between pairs and groups and helpers invested little in parental care activities. The results indicate that cooperative breeding in the Southern Lapwing may not be related to kin selection, suggesting that helpers may benefit directly by avoiding competition in territory acquisition. Key-words: helpers-at-the-nest, Charadriidae, parental care, sex ratio, kin selection
dc.format.extent55 f. : il.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectEcologia
dc.titleGrupos sociais e reprodução cooperativa em Vanellus chilensis
dc.typeTese


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record