Show simple item record

dc.contributor.authorBona, Elidiana de
dc.contributor.otherReason, Iara José Taborda de Messias, 1958-
dc.contributor.otherGremski, Luiza Helena
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas
dc.date.accessioned2016-04-04T15:55:27Z
dc.date.available2016-04-04T15:55:27Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/41908
dc.descriptionOrientadora : Profª. Drª. Iara J.T. Messias Reason
dc.descriptionCoorientadora : Profª. Drª. Luiza Helena Gremski
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. Defesa: Curitiba, 26/02/2016
dc.descriptionInclui referências : f. 89-96
dc.descriptionÁrea de concentração: Análises clínicas
dc.description.abstractResumo: A Doença de Chagas (DC), causada pelo protozoário Trypanossoma cruzi, consta na lista das 17 doenças tropicais negligenciadas, segundo dados da Organização Mundial da Saúde, e afeta aproximadamente 7 milhões de pessoas somente na América Latina. A maioria dos indivíduos infectados permanece na forma assintomática ou indeterminada por toda vida, porém, parte significativa deles evolui para alguma das formas sintomáticas, apresentando danos cardíacos, digestivos e neurológicos irreversíveis. Pouco se sabe sobre os mecanismos imunológicos e patogênicos envolvidos na transição da fase aguda para a fase crônica da doençaa, bem como, sobre os fatores que contribuem para o desenvolvimento das diferentes formas clínicas existentes. Ainda, esforços têm sido direcionados na busca por biomarcadores sorológicos que sejam diferencialmente expressos em pacientes com as diferentes formas clínicas da DC crônica e que possam ser utilizados como marcadores de evolução clínica e prognóstico. No presente trabalho foi realizado uma busca por possíveis biomarcadores no soro de pacientes chagásicos crônicos. Na busca de biomarcadores utilizou-se duas estratégias. Em um primeiro momento, os soros dos pacientes com DC foram analisados por eletroforese bidimensional para resolução do seu conteúdo proteico. A segunda estratégia baseou-se na análise dos soros dos pacientes por espectrometria de massas. Os resultados mostraram que algumas proteínas tiveram perfil de expressão diferente entre controles saudáveis e entre os grupos de pacientes chagásicos cardíacos e assintomáticos. Os dados obtidos na espectrometria de massas foram analisados utilizando a ferramenta de Análise de Componentes Principais (PCA), sendo possível verificar uma discriminação entre os grupos controle e pacientes chagásicos, bem como,, entre as diferentes formas clínicas cardíaca e indeterminada. Foram encontrados íons que podem ser relevantes na discriminação entre os subgrupos da DC. Palavras-chave: Doença de Chagas. Quimiometria. Biomarcadores. Espectrometria de massas.
dc.description.abstractAbstract: Chagas disease (CD) caused by the protozoan Trypanosoma cruzi, in the list of 17 neglected tropical diseases, according to the World Health Organization, and affects approximately 7 million people in Latin America alone. Most infected individuals remain in asymptomatic or indeterminate for life, however, one significant part evolves into some of the symptomatic forms, with heart, digestive and irreversible neurological damage. Little is known about the immunological pathogenic mechanisms involved in the transition from the acute to chronic stage of the disease, as well as on the factors that contribute to the development of different existing clinical forms. Furthermore, efforts have been focused on the search for serum biomarkers that are differentially expressed in patients with different clinical forms of chronic DC and can be used as markers of clinical outcome and prognosis. In the present work was carried out a search for potential biomarkers in the serum of chronic Chagas disease. In the search for biomarkers was used two strategies. At first, serum from patients with CD were analyzed by two-dimensional electrophoresis for resolution of their protein patern. The second strategy was based on analysis of patient serum by mass spectrometry. The results showed that some proteins have different expression profile between healthy controls and between groups of cardiac and asymptomatic chagasic patients. The data obtained in mass spectrometry were analyzed using Principal Component Analysis (PCA), and you can see a breakdown between the control group and patients with Chagas disease, as well as between the different cardiac and indeterminate clinical forms. Ions were found to be relevant in discriminating between subsets of DC. Keywords: Chagas disease. Chemiometry. Biomarkers. Mass Spectrometry
dc.format.extent96 f. : il. algumas color.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectFarmácia
dc.subjectChagas, Doença de
dc.subjectQuimiometria
dc.subjectEspectrometria de massas
dc.subject.ddc616.9363
dc.titleAnálise quimiométrica aplicada a dados de espectrometria de massas em amostras de soro de pacientes chagásicos crônicos
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record