Show simple item record

dc.contributor.advisorGimenez, Fernando Antonio Prado, 1957-
dc.contributor.authorAbdalla, Khalil Gibran Martins Zeraik
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Administração
dc.date.accessioned2016-03-23T14:19:14Z
dc.date.available2016-03-23T14:19:14Z
dc.date.issued2015
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/41849
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Fernando Antonio Prado Gimenez
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 17/12/2015
dc.descriptionInclui referências : f.120-131
dc.description.abstractResumo: O tema da sustentabilidade gera muito interesse por parte dos pesquisadores. A partir das discussões da sustentabilidade corporativa e da responsabilidade social empresarial surge o modelo da criação de valor compartilhado. Ao estabelece-lo, Porter e Kramer (2006, 2011) consideram que a partir da responsabilização das organizações em obter melhores condições para meio ambiente e sociedade pode-se obter melhores resultados econômicos para si. Para tanto, o reconhecimento de novos mercados, busca por melhoria na cadeia produtiva e por meio da exploração de clusters, as organizações poderão criar valor compartilhado. Por se tratar de um modelo ainda pouco explorado no cenário nacional optou-se nesse estudo observá-lo sob a lente da abordagem das configurações. Esta busca compreendeu a relação entre os imperativos - estratégia, estrutura e liderança- que combinados podem contribuir para um melhor desempenho organizacional. Para vislumbrar os arranjos configuracionais que mais se associam com a criação de valor compartilhado, optou-se por estudar uma associação de empreendimentos solidários, pautados nas premissas da economia solidária estes revelam em sua estratégia a busca por ganhos econômicos para sua sobrevivência e perenidade ao mesmo tempo que consideram aspectos socioambientais visando obter resultados positivos para sociedade. Atuando dentro de uma esfera capitalista, estes empreendimentos enfrentam os mesmos desafios de uma organização que busca acúmulo de capital. Nesse contexto, objetivando buscar explicações mais abrangentes sobre os arranjos configuracionais em uma rede formada por empreendimentos solidários e sua relação com o desempenho na criação de valor compartilhado, adotou-se a abordagem das configurações, criação de valor compartilhado e atuação em redes como arcabouço teórico deste trabalho. Dessa forma, a presente pesquisa teve como objetivo identificar quais arranjos configuracionais e relacionamento de redes associaram-se ao desempenho de criação de valor compartilhado em uma associação de padarias comunitárias da grande Curitiba-PR. Para atender o objetivo da pesquisa, foram conjugadas as dimensões de atitude empreendedora, modo administrativo, conteúdo estratégico, relacionamento em rede e criação de valor compartilhado em um levantamento censitário realizado com 28 padarias comunitárias que compõem a associação de padarias comunitárias "Fermento na Massa". Para análise dos dados foi implementada uma análise de clusters que identificou dois agrupamentos, o primeiro, contando com vinte padarias apresentou melhor desempenho de criação de valor compartilhado, já o segundo agrupamento, com oito padarias apresentou resultados inferiores. Os resultados obtidos a partir dessa pesquisa reforçam que diferentes arranjos obtidos por meio dos imperativos das configurações e os graus de relacionamento de redes exercem influência no desempenho da organização, observado nessa pesquisa sob a lente da criação de valor compartilhado. Palavras chave: abordagem das configurações, criação de valor compartilhado, economia solidária.
dc.description.abstractAbstract: The sustentability affair draws a lot of the researchers attention. The debate regarding corporative sustentability and corporate social responsibility gave birth to the concept of "creating shared value". When conceiving it, Porter and Kramer (2006, 2011) realized private corporations would also profit from promoting environmental and social welfare. Corporations would create shared value by identifying new markets, optimizing the productive chains and exploring clusters. Since the brazilian marketplace still overlooks this concept, this study opted to observe it through a configurational approach. This search included the relation between the musts - strategy, structure and leadership - which when combined can contribute for a better organizational performance. In order to identify the configurational arrangements that relate the most to creating shared value, this study opted to analyze shared business ventures that, guided by solidary economy premises, pursue financial gains for its own survival and perpetuation at the same time that consider socioenvironmental and positive results for the society. By acting inside a capitalist environment, these entrepeunerships face the same challenges that an organization that aims for capital accumulation would. In such context, for better and deeper explanations about the configurational arrangements within a net of solidary entrepeunerships and its relations with the shared value creation performance, it was adopted a configurational approach, creation of shared value and networking as this study's theoretical framework. Therefore, the present research aimed to identify witch configurational arrangements and networks associated with better shared value creation performance in a solidary bakeries association within the metropolitan zone of Curitiba, Parana. In order to accomplish the research objectives, it were considered the entrepeneur attitude, the administrative structure, the strategy content, the networking and the shared value creation within the 28 comunitary bakeries that make up the "Fermento na Massa" association. For data analysing, it was implemented a cluster analysis that identified two agroupments: the first, counting with twenty bakeries, showed better performance on shared value creation, and the second, with eight bakeries, showed lower results. These outcomes reinforce the idea that different arrangements obtained by the configurationals musts and network levels have an influence on organizations performance, which was noted by the shared value approach of this study. Key-words: Configurational approach. Create shared value. Solidary economy.
dc.format.extent143 f. : il., algumas color.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectAdministração
dc.titleDimensões configuracionais e valor compartilhado : um estudo em rede de padarias comunitárias
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record