Show simple item record

dc.contributor.authorKovalski, Josoelpt_BR
dc.contributor.otherMachado, Rodrigo Vasconcelos, 1971-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2020-05-07T13:55:30Z
dc.date.available2020-05-07T13:55:30Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/41523
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Rodrigo Vasconcelos Machadopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Letras. Defesa: Curitiba, 31/10/2013pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Essa dissertação procura abordar a escrita crítica da ensaísta Lucia Miguel Pereira. Para isso procura-se uma reavaliação do papel do crítico literário no Brasil, principalmente na primeira metade do século XX, época em que os escritores ensaístas se configuraram como intérpretes tanto de questões culturais quanto de uma crítica de literatura sistematizada. A crítica literária e sua sedimentação como sistema será vista historicamente, buscando dar ênfase às disputas entre os intelectuais católicos e as produções materialistas que marcaram o pensamento cultural entre as duas grandes guerras. A época abordada com seus conflitos sociais, políticos e culturais agiu de maneira determinante nas opções críticas dos chamados "intérpretes do Brasil", portanto propor uma leitura da ensaística da escritora carioca à luz de sua formação e diálogos com seus pares é o objetivo desse trabalho. Procuramos ainda alinhavar a formação crítica de Lucia Miguel Pereira com vistas tanto a seus ensaios periódicos quanto a criação, recepção e crítica de sua história da literatura, Prosa de Ficção, procurando demonstrar como essa historiografia perfaz um procedimento ensaístico de composição, com métodos e procedimentos analíticos cabíveis mesmo a uma escritura calcada na subjetividade como um dos fatores preponderantes. Palavras-chave: Crítica literária, práxis, ensaio, historiografia.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This text intends to approach the critical writing of essayist Lucia Miguel Pereira. To this demand is a reassessment of the role of literary critic in Brazil, especially in the first half of the twentieth century, a time when writers were shaped essayists as interpreters of both cultural issues as a systematic critical literature. Literary criticism and its sedimentation system as will be seen historically, trying to emphasize the disputes among Catholic intellectuals and materialistic productions that marked the cultural thinking between the two world wars. The time approached with their social conflicts, political and cultural acted critical factor in the choices of so-called "interpreters of Brazil" therefore propose a reading of the essay writer carioca in light of his training and dialogues with their peers is the goal of this work. We also seek to baste the formation of critical Lucia Miguel Pereira overlooking both their periodic tests as the creation, reception and criticism of his history of literature, Prosa de Ficção, trying to demonstrate how this procedure essayistic historiography makes a composition with methods and procedures analytical applicable even to a subjectivity grounded in scripture as one of the important factors. Key words: Literary criticism, praxis, essay, historiography.pt_BR
dc.format.extent164f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectCrítica literáriapt_BR
dc.subjectPraxis (Filosofia)pt_BR
dc.subjectEnsaiospt_BR
dc.subjectHistoriografiapt_BR
dc.subjectLetraspt_BR
dc.titleProsa de ficção : por uma historiografia do ensaiopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record