Show simple item record

dc.contributor.advisorBraga, Maria Cristina Borba, 1956-
dc.contributor.authorRocha, Maria Carolina Vieira da
dc.contributor.otherPrado, Karin Braun
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Recursos Hídricos e Ambiental
dc.date.accessioned2016-02-29T19:41:46Z
dc.date.available2016-02-29T19:41:46Z
dc.date.issued2015
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/41300
dc.descriptionOrientadora : Profª. Drª. Maria Cristina Borba Braga
dc.descriptionCoorientadora : Profª. Drª. Karin Braun Prado
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Recursos Hídricos e Ambiental. Defesa: Curitiba, 16/03/2015
dc.descriptionInclui referências : f. 148-165
dc.description.abstractResumo: Este estudo teve como objetivo a otimização de um método para a determinação de ovos viáveis de Ascaris em lodo de esgoto, utilizando-se técnicas de biologia molecular. Inicialmente, visando avaliar a qualidade do método convencional adotado pela resolução CONAMA N° 375/ 2006 (USEPA, 2003) para quantificação de ovos viáveis de Ascaris em amostras de lodo e compostos, foram realizados ensaios de recuperação. Assim, amostras de lodo centrifugado, anaeróbio e aeróbio, de estações de tratamento de esgoto da cidade de Curitiba, Paraná, Brasil, foram coletadas em três períodos distintos. Os ensaios de recuperação consistiram na adição de quantidades conhecidas de ovos de Ascaris suum nas amostras de lodo que, a seguir, foram processadas de acordo com o protocolo estabelecido pela USEPA (2003). Os resultados produzidos indicam que a acurácia do método adotado pelo CONAMA, para ambos lodos aeróbios e anaeróbios, encontra-se abaixo do esperado. O valor máximo de recuperação dos ovos inoculados foi 59,8% para amostras de lodo anaeróbio, e 25% para amostras de lodo aeróbio. Vale ressaltar que, de acordo com o método especificado pela USEPA, a acurácia na recuperação de ovos de lodo anaeróbio deve ser 75%. Esta baixa recuperação parece estar relacionada a perdas durante o processamento das amostras, assim como às dificuldades inerentes à contagem dos ovos em microscopia óptica, técnica subjetiva e dependente da acuidade visual do analista. Dessa forma, visando sanar estas dificuldades, um método baseado na técnica da RT-qPCR foi otimizado, fundamentando-se na determinação de RNA mensageiro exclusivo da fase embrionária de Ascaris. Para o desenvolvimento do novo protocolo, estudos morfológicos, embriogênicos e moleculares foram levados a efeito, auxiliando na elaboração da estratégia mais adequada para a realização dos ensaios. Como resultado, foi possível identificar a presença de ovos viáveis de A. suum em todas as amostras de lodo inoculadas (N=33), com exceção de duas amostras de lodo aeróbio. Apesar de não ter sido possível realizar a quantificação dos ovos de A. suum, o método permitiu a identificação de ovos viáveis, mesmo em baixas concentrações, e após três dias de incubação. É importante salientar que, em um futuro próximo, este método poderá ser útil para o monitoramento de técnicas que visem à remoção total do parasita, em amostras de lodo de esgoto ou em outras amostras ambientais. Palavras-chave: Ascaris suum, diagnóstico molecular de patógenos; lodo de esgoto sanitário; ovos viáveis de helmintos
dc.description.abstractAbstract: This study aimed at optimizing a method for the determination of viable Ascaris eggs in sewage sludge, using techniques of molecular biology. Initially, aiming to evaluate the quality of the method adopted by CONAMA No. 375/ 2006 (USEPA, 2003) for the quantification of viable Ascaris eggs from sludge samples and compounds, recovery assays were performed. Thus, anaerobic and aerobic sludge samples from sewage treatment plants in Curitiba, Paraná, Brazil were collected, at three different periods. Recovery assays were carried out by the addition of a known quantity of eggs of Ascaris suum to sludge samples, which were processed according to the protocol designed by the USEPA (2003). The results produced allow pointing out that the accuracy of this methodology, for both aerobic and anaerobic sludge, was below expectation. Regarding the results for the accuracy of recovery of eggs from aerobic sludge, the maximum value was 25%, whereas for anaerobic sludge the accuracy was to 59,8%. It is worth mentioning that according to the protocol specified by USEPA the accuracy for anaerobic sludge should be 75%. The low recovery appears to be associated with losses during the procedures of processing the samples, as well as inherent difficulties related to the quantification of the eggs using optical microscopy. This is due to the subjectivity of the technique that is dependent on the visual acuity of the analyst. Thus, to circumvent these difficulties, a biomolecular methodology based on RT-qPCR technique was optimizing. The principle of the method is based on the determination of exclusive messenger RNA of the embryogenesis of Ascaris. The development of the new protocol was based on morphological, embryogenic and molecular studies that were used to support the choice of the most appropriate strategy for the accomplishment of the assays. The results obtained made possible the identification of the presence of viable eggs of A. suum in all tested sludge samples (N = 33), exception made for two samples of aerobic sludge. In spite of had not been possible to quantify the A. suum eggs, the method enabled the identification of viable eggs, even at low concentrations, and after only three days of incubation. It can be stressed that in the near future, the approach adopted for the quantification of viable helminth eggs using molecular techniques can become an important tool for the monitoring of techniques aimed at the complete removal of the parasite in sludge or other environmental matrices. Key-words: Ascaris suum, molecular diagnosis of pathogens; sewage sludge; helminth viable eggs
dc.format.extent171 f. : il. algumas color.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectRecursos hídricos
dc.subjectLodo de esgoto
dc.subjectMicroorganismos patogenicos
dc.subjectEsgotos
dc.subjectTeses
dc.titleUtilização de ensaios de embriogênese e RT-qPCR para determinação da viabilidade de ovos de Ascaris suum em lodo de esgoto doméstico
dc.typeTese


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record