Show simple item record

dc.contributor.authorBarboza, Juliana Olandoski
dc.contributor.otherMello, Joaquim Roberto Munhoz de
dc.contributor.otherArenhart, Sérgio Cruz
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Jurídicas. Curso de Graduação em Direito.
dc.date.accessioned2016-01-22T13:51:46Z
dc.date.available2016-01-22T13:51:46Z
dc.date.issued2004
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/41231
dc.descriptionOrientador: Joaquim Roberto Munhoz de Mello, Sérgio Cruz Arenhart
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Jurídicas, Curso de Graduação em Direito
dc.description.abstractA sucessão dos estados, em decorrência do transcorrer das fases históricas, refletiu se no processo civil e nos poderes do juiz, ajustando se estes ao modelo de estado vigente. com a evolução dos poderes do juiz, foi lhe atribuída a iniciativa probatória, consubstancia no código de processo civil brasileiro no artigo 130. para os doutrinadores tradicionais, tal iniciativa ofenderia princípios como o dispositivo, da igualdade e da imparcialidade. já para a doutrina tradicional tal iniciativa vem a reforçar a busca pela verdade substancial e por um julgamento justo. a regra do artigo 130, devido à necessidade de um estudo sistemático do ordenamento, deve ser interpretada juntamente com o artigo 333 do codex. os tradicionalistas defendem que o processo deve ser orientado pelo artigo 333, usando se o artigo 130 para os casos de inexistência ou de insuficiência de provas. Os autores modernos, por sua vez, entendem que o artigo 130 deve guiar o desenrolar processual, enquanto que o artigo 333 serviria como regra de julgamento nos casos em que não fosse possível ao juiz formar um convencimento. os juízes brasileiros, em que pese a discussão, têm feito uso da iniciativa instrutória, garantindo maior justiça às suas decisões.
dc.format.extent45 f.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.subjectOnus de prova
dc.subjectProcesso civil
dc.subjectJuízes
dc.subjectProva (Direito)
dc.titleIniciativa probatória do juíz e o ônus da prova
dc.typeMonografia Graduação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record