Show simple item record

dc.contributor.advisorDelazari, Luciene Stamato
dc.contributor.authorNatingue, Gilaida Rafael
dc.contributor.otherSluter, Claudia Robbi
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas
dc.date.accessioned2016-02-04T19:22:48Z
dc.date.available2016-02-04T19:22:48Z
dc.date.issued2014
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/40870
dc.descriptionOrientadora : Profª Drª Luciene Stamato Delazari
dc.descriptionCo-orientadora : Profª Drª Claudia Robbi Sluter
dc.descriptionDissertação (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas. Defesa: Curitiba, 17/07/2014
dc.descriptionInclui referências : f. 118-121
dc.description.abstractResumo: Este trabalho apresenta uma proposta de símbolos para as cartas de escala 1:5.000, no contexto de mapeamento topográfico do estado do Paraná. A pesquisa foi efetuada no âmbito de derivação de cartas e foram observados os critérios da semiologia gráfica que visam otimizar a comunição cartográfica. O estudo baseou-se na análise das feições da carta original, seguido da análise das classes de categorias e símbolos criados pela Câmara Técnica de Cartografia e Geoprocessamento (CTCG) a serem representados nas cartas topográficas de 1:2.000, para posterior reclassificação das feições e definição da simbologia adequada para representar dados na carta derivada. Foi analisada a base de dados do município de Campo Largo em formato digital na escala 1:2.000, fornecido pelo PARANACIDADE, processado em ArcGis Desktop 10. Foram analisadas todas as feições constantes da base de dados, das categorias edificações, infraestruturas, lazer e desporto, vegetação, limites, transporte, pontos de apoio, hidrografia e cemitérios. As análises consistiram na generalização semântica das feições; análise da percepção dos símbolos após a redução da escala e do grau de importância das feições para a sua representação na carta derivada. Das análises constatou-se a impercepção de alguns símbolos após a redução da escala. A partir disso, foram propostos os operadores adequados para a solução dos problemas de impercepção de cada caso. Com base nos resultados das análises, foram tomadas decisões sobre quais as feições seriam mantidas na carta derivada e quais os símbolos que melhor se adequam para representá-los. Os resultados são considerados satisfatórios na medida em que na proposta de símbolos para carta derivada considerou-se a generalização conceitual das feições, o grau de importância das feições, as normas brasileiras de símbolos e convenções, os critérios de percepção, os princípios de linguagem cartográfica e da semiologia gráfica. Palavras chaves: Símbolos. Cartas topográficas. Semiologia gráfica, Generalização.
dc.description.abstractAbstract: This study presents a proposal of symbology for maps of 1:5.000 for the topographic mapping of Paraná State. The research considered not only a generalization approach but also the Semiology of Graphics, in order to optimize the cartographic communication. The map in 1:2.000 scale from Campo Largo Municipality (PR) was analyzed as well as the simbology adopted by Câmara Técnica de Cartografia e Geoprocessamento (CTCG). All the categories in the database were analysed - buildings, infrastructure, sports, vegetation, limits, transport, control points, hydrography and cemetery. From the analyses it was performed the following tasks: semantic generalization, perception evaluation after scale reduction and degree of importance of each feature in the final map (at 1:5.000 scale). After scale reduction, some features became imperceptible, and for each case was proposed the suitable generalization operator, for solving misperception problems. Based on the results was decided about which features should be represented in the derived map and which symbols are the best to represent them. It was possible to propose the symbols, considering the conceptual generalization, analysis of the importance's degree for each feature, symbols application and conventions standards in Brazil, application of the perception criteria, principles of cartographic language and semiology of graphics. The results achieved showed that the proposed simbology is suitable for the 1:5.000 scale. Therefore, user's tests must be conducted in the future in order to identify the use of the proposed simbology in a real situation. Keywords: Simbology. Topographic maps. Semiology of Graphics. Generalization.
dc.format.extent127 f. : il. algumas color.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectGeodésia
dc.titleProposta de simbologia para as cartas na escala 1:5.000 no contexto de mapeamento topográfico do estado do Paraná
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record