Show simple item record

dc.contributor.advisorLoos-Sant'Ana, Helga
dc.contributor.authorKloeppel, Ana Julia
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação
dc.date.accessioned2015-12-22T14:11:32Z
dc.date.available2015-12-22T14:11:32Z
dc.date.issued2014
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/40775
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Helga Loos-Sant'Ana
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 27/03/2014
dc.descriptionInclui referências : f. 160-167
dc.description.abstractResumo: A dinâmica educacional é composta por pessoas, processos, ideias, ações/relações. Nesse contexto, o ambiente escolar constitui-se espaço privilegiado para que interações de qualidade sejam construídas, interações que correspondem não apenas às relações humanas, mas à inter-relação dos sujeitos com o mundo. É diante dessas premissas que o presente estudo olhou para o professor e suas interações no ambiente escolar, buscando contribuir para que ele também amplie sua visão de si mesmo, sobre o outro e a vida, em prol de uma visão integralizadora da realidade. Nesse sentido, esta pesquisa adotou o Sistema Teórico da Afetividade Ampliada (STAA) como base teórico-metodológica principal, por esta se propor a integrar as várias dimensões do Ser. No que diz respeito à constituição da psique humana, estas dimensões são representadas pelas categorias identidade (base da dimensão configurativa), self (base da dimensão recursiva), resiliência ampliada (base da dimensão criativa) e alteridade (base da dimensão moduladora), as quais se organizam em uma perspectiva monista. O presente trabalho concebe, assim, que tais categorias constituintes da psique podem ser investigadas articuladamente em busca do entendimento e do desenvolvimento de "Um Professor Afetivamente Ampliado". Participaram como sujeitos da pesquisa empírica seis professoras de duas escolas da Rede Municipal de Curitiba, sendo três professoras de cada escola, todas lecionando no primeiro ciclo do Ensino Fundamental I. Adotou-se o enfoque misto de pesquisa, tendo sido aplicadas escalas padronizadas de autoestima e resiliência, cujos resultados foram combinados com informações de caráter qualitativo, as quais foram tratadas com base na técnica análise de conteúdo. Estas envolveram a realização de entrevista semiestruturada, dinâmica de grupo (ambas videogravadas), a aplicação de um instrumento intitulado "expressões incompletas" e, ainda, a observação in loco do ambiente ensino-aprendizagem em questão por três dias. Confirmou-se o pressuposto de que o professor pode estar, ainda, distante de uma Afetividade Ampliada, mas que os parâmetros do STAA são potencialmente úteis para que o professor se aprimore nesta perspectiva, tendo em vista o seu desenvolvimento humano e, sobretudo, a busca das melhores interações possíveis no ambiente escolar. Palavras-Chave: Interações; Afetividade Ampliada; Desenvolvimento Humano; Prática Docente.
dc.description.abstractAbstract: The educational dynamics is composed of people, processes, ideas and actions/relations. In this context, the school environment is constituted as a suitable space for the building of strong interactions, which are related not only to human relationships, but also to the relationships between the subjects and the world. It is from these premises that this study has "looked at" teachers and their interactions within the school environment, aiming at contributing to the extending of their self-perception, as well as, their perception of the others and of the world in favor of an integrating view of the reality. In this sense, this research has adopted the "Theoretical System of Extended Affectivity" (TSEA) as the main theoretical and methodological basis once it proposes to integrate the different dimensions of the self. Concerning the constitution of the human psyche, these dimensions are represented by four main categories, namely, identity (configurative dimension), self (recursive dimension), alterity (modulating dimension), and resilience (creative dimension), which are organized in a monist perspective. This research assumes, thus, that these categories that constitute the human psyche can be pivotally investigated in search of the understanding and the development of "An Affectively Extended Teacher". The object of the study was a group of six teachers, who teach in two public schools of the Rede Municipal de Curitiba, three of them from each school, all of them teaching in the first cycle of basic education. The study has been carried on a mixed approach, in which patterned scales of resilience and self-esteem were applied, whose outcomes were combined with qualitative information that, on its turn, was analyzed by means of the content analysis technique. The collecting of the data was carried via the application of semi-structured interviews and group dynamics, both recorded in video, and the application of an instrument called "Incomplete Expressions". Besides, three days of in loco observation were conducted. The research confirmed its assumption that teachers may still be far from being "Affectively Extended". On the other hand, it concluded that TSEA's parameters are potentially useful to teachers' development within this perspective, in view of their human development, and, above all, the pursuit of establishment of possible stronger interactions within the school environment. Keywords: Interactions; Extended Affectivity; Human Development; Teaching Practice.
dc.format.extent182 f. : tabs., algumas color., grafs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectEducação
dc.titleQuem é o "professor afetivamente ampliado"? : uma análise psicológica das interações no ambiente escolar
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record