Show simple item record

dc.contributor.advisorMoura, Mauricio Osvaldo
dc.contributor.authorVairo, Karine Pinto e
dc.contributor.otherPatiu, Cátia Antunes de Mello
dc.contributor.otherZarbin, Paulo Henrique Gorgatti
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Entomologia).
dc.date.accessioned2015-12-10T20:40:37Z
dc.date.available2015-12-10T20:40:37Z
dc.date.issued2015
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/40596
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Mauricio Osvaldo Moura
dc.descriptionCo-orientadores : Prof. Dr. Cátia Antunes de Mello-Patiu, Prof. Dr. Paulo Zarbin
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Entomologia). Defesa: Curitiba, 25/02/2015
dc.descriptionInclui referências ao final de cada capítulo
dc.descriptionÁrea de concentração : Entomologia
dc.description.abstractResumo: Os vestígios entomológicos coletados em um local de morte podem ser de extrema importância para determinar o tempo de exposição do cadáver ao ambiente e consequentemente estimar o intervalo pós-morte (IPM). Massas de ovos, larvas e adultos de insetos encontrados relacionados a um cadáver podem guardar informações a respeito do que ocorreu no local e ainda, se houve ingestão de alguma substância previamente a morte. O início da análise dos insetos necrófagos por entomólogos forense se dá através da identificação dos espécimes. A identificação é um processo complexo realizado através de chaves de identificação e descrições. Qualquer erro no processo de identificação comprometerá todas as análises subsequentes que são baseadas em informações relativas ao desenvolvimento e ocorrência da espécie identificada. Sarcophagidae em comparação a outras famílias de dípteros muscóides é a que possui menos trabalhos de ecologia e biologia provavelmente devido à dificuldade na identificação. Além disso, apesar das moscas dessa família serem frequentemente coletadas em locais de morte, são subutilizadas para cálculo de IPM considerando tanto a falta de identificação quanto a dificuldade na obtenção de dados sobre o desenvolvimento. O IPM pode ser estimado através do tempo de desenvolvimento dos imaturos ou por sucessão entomológica. A sucessão entomológica pode ser compreendida pela relação da tanatoquímica com a atração dos insetos pelos compostos orgânicos voláteis eliminados ao longo da decomposição de um cadáver. Sendo assim, o objetivo desse trabalho foi abordar dois temas em Sarcophagidae: a falta de chaves de identificação e a falta de informações sobre a relação entre a atração dessas moscas e o processo de decomposição em cadáveres. Para isso, foram elaboradas chaves de identificação para fêmeas e imaturos de terceiro instar da região Sul do Brasil, e foram identificados os compostos responsáveis pela atração da espécie Peckia (Sarcodexia) lambens. As fêmeas de Sarcophagidae puderam ser diferenciadas principalmente pela morfologia da terminalia, através da análise do tergito 6 (dividido ou não), presença do tergito 8, epiprocto (inteiro ou dividido) e morfologia das espermatecas. Para as larvas, primeiramente foi realizada uma revisão terminológica necessária para a compreensão dos caracteres. Para a diferenciação das espécies foram analisados principalmente os escleritos do esqueleto cefálico, porém, a distribuição dos espinhos, morfologia das papilas anais e número de abertura do espiráculo anterior também foram considerados. Em relação à tanatoquímica, indol e acetofenona foram os compostos responsáveis pela atração de P. (S.) lambens. Palavras-chave: Entomologia Forense, tanatoquímica, morfologia, larvas, fêmeas, Oxysarcodexia, Peckia, Microcerella, Sarcophaga.
dc.description.abstractAbstract: The entomological evidence collected in a death place may be very important to determine the exposure time of the corpse to the environment and consequently estimate the postmortem interval (PMI). Insects related to a corpse can store information about what occurred at the site and, if the person ingested some chemicals prior to death. The analysis of insects by forensic entomologists is through the identification of specimens and its development. The identification is a complex process performed using identification keys and descriptions. Any error in the identification process will compromise all subsequent analyzes since each species has different information concerning development and behaviour. Sarcophagidae compared to other families of muscoid flies is the one that has least biology and ecology studies probably due to the difficulty in identification. In addition, despite the flies of this family are often collected in death sites it is underutilized for PMI estimative considering both the lack of identification as the difficulty in obtaining data on development and behavior. The PMI can be estimated by the development time of immature stages or entomological succession. Entomological succession can be understood by the tanatochemistry that influences the attraction of insects by volatile organic compounds along the decomposition process of a corpse. Thus, the aim of this study was to address two aspects in Sarcophagidae: the lack of identification keys and the lack of information about the relation between the attraction of these flies and the decomposition process. For this, identification keys were elaborated for females and third instar larvae of nine species collected in southern Brazil, and the compounds responsible for the attraction of Peckia (Sarcodexia) lambens were identified. Sarcophagidae females could be differentiated mainly by morphology of terminalia, through the analysis of tergite 6 (divided or not), presence of tergite 8, epiproct (divided or undivided) and morphology of spermathecae. For the larvae analysis, it was first performed a terminology review to understand the characters. For the differentiation of species the main characters analyzed were the cephaloskeleton sclerites, distribution of spines, morphology of anal papilla and the anterior and posterior spiracles. In relation to tanatochemistry, indole and acetophenone compounds were responsible for attractiveness of P. ( S. ) lambens to carcasses. Keywords: Forensic Entomology, tanatochemistry, morphology, larvae, females, Oxysarcodexia, Peckia, Microcerella, Sarcophaga.
dc.format.extent147 f. : il. algumas color.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectEntomologia e malacologia de parasitas e vetores
dc.subjectEntomologia forense
dc.subjectInseto - Morfologia
dc.subjectSarcofagideo
dc.titleSarcophagidae (Diptera) necrófagos do sul do Brasil : uma abordagem morfológica e comportamental
dc.typeTese


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record