Show simple item record

dc.contributor.advisorMarques, Márcia Cristina Mendes
dc.contributor.authorZwiener, Victor Pereira
dc.contributor.otherPadial, André Andrian
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação
dc.date.accessioned2015-12-03T12:04:41Z
dc.date.available2015-12-03T12:04:41Z
dc.date.issued2015
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/40358
dc.descriptionOrientadora : Profa. Dra. Márcia C. M. Marques
dc.descriptionCo-orientadores : Prof. Dr. André A. Padial
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação. Defesa: Curitiba, 31/03/2015
dc.descriptionInclui referências : f. 39-47
dc.description.abstractResumo: Os organismos estão distribuídos em diferentes locais e por diferentes extensões geográficas gerando variação na estruturação espacial da biodiversidade. Essa variação é um dos padrões mais antigos e estudados em ecologia e biogeografia, no entanto muitos padrões ainda permanecem obscuros, particularmente nos trópicos onde pouco se sabe sobre os mecanismos que moldam a biodiversidade, restringindo a eficácia de planos de conservação. Esta tese teve como objetivo geral explorar padrões espaciais de diversidade de plantas lenhosas em larga escala e, com base em modelos de nicho ecológico, gerar simulações de planos de conservação da Mata Atlântica em diferentes cenários socioeconômicos e climáticos. O primeiro capítulo explora a estrutura espacial da riqueza e composição de espécies, testa diferentes hipóteses macroecológicas e avalia o efeito em larga escala de variáveis abióticas e de recursos. No segundo capítulo foram geradas simulações de manejo (proteção de remanescentes e restauração de áreas degradadas) em diferentes cenários socioeconômicos e climáticos visando maximizar a conservação da Mata Atlântica e minimizar custos e conflitos com atividades econômicas. O terceiro capítulo trata do efeito de mudanças climáticas em padrões de diversidade de plantas na Mata Atlântica, explorando os potenciais mecanismos e ameaças. O clima atual e fatores históricos e intrínsecos estruturados no espaço apresentaram grande importância na organização de metacomunidades. Dentre os fatores climáticos, variáveis representando energia e produtividade do ambiente e extremos de temperatura foram importantes preditores da riqueza e composição de espécies dando suporte à teoria energética e tolerância a fatores abióticos. Estes resultados salientam a importância de se investigar padrões de diversidade sob diferentes perspectivas e teorias a fim de se adquirir melhor entendimento dos mecanismos que promovem diversidade. O planejamento sistemático e ações de conservação envolvendo a proteção dos remanescentes e restauração de áreas degradadas são urgentemente necessários para minimizar a atual crise de biodiversidade e reduzir custos e conflitos com urbanização e atividades agropecuárias. Por fim alterações na estruturação de comunidades decorrente de respostas individualizadas de espécies frente a mudanças climáticas potencializam homogenização biótica no decorrer do tempo e ameaçam ainda mais a diversidade de plantas da Mata Atlântica.
dc.description.abstractAbstract: The organisms are distributed in different locations and geographical extents generating variation in the spatial structure of biodiversity. This variation is one of the oldest and most studied patterns in ecology and biogeography, however such patterns still remain unclear, particularly in the tropics where little is known about the mechanisms that shape biodiversity, limiting the effectiveness of conservation. This thesis aimed to explore spatial patterns of woody plant diversity on large scales and using ecological niche models, generate simulations of conservation plans for the Atlantic Forest in different socioeconomic and climate scenarios. The first chapter explores the spatial structure of species richness and composition, testing different macroecological hypotheses and evaluates the effects on large-scale of abiotic and resources variables. In the second chapter simulations were generated including protection of forest remnants and restoration of degraded land aimming to maximize conservation of the Atlantic Forest and minimize costs and conflicts with economic activities under different socioeconomic and climate scenarios. The third chapter assesses the effects of climate change on plant diversity patterns in the Atlantic Forest, exploring potential mechanisms and threats. The current climate and spatially structured historical and intrinsic factors had great importance in the organization of metacomunidades. Among the climatic factors, variables representing energy and productivity of the environment and temperature extremes were important predictors of species richness and composition supporting the energy and tolerance to abiotic factors theories. These results highlight the importance of investigating patterns of diversity from different perspectives and theories in order to gain a better understanding of the mechanisms that promote diversity. Systematic planning and conservation actions involving the protection of remnants and restoration of degraded lands are urgently needed to minimize the current biodiversity crisis and reduce costs and conflicts with urbanization and agricultural activities. Finally, changes in community structure arising from species individual responses to climate change enhance biotic homogenization over time and further threaten plant diversity in the Atlantic Forest.
dc.format.extent177 f. : il. algumas color., grafs, maps., tabs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectMata Atlântica - Conservação
dc.subjectBotânica - Mata Atlantica
dc.subjectBiodiversidade - Conservação
dc.titlePadrões macroecológicos de diversidade vegetal e prioridades de conservação da Mata Atlântica
dc.typeTese


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record