Show simple item record

dc.contributor.advisorSousa, Nilton José
dc.contributor.authorChirinzane, Cacilda João
dc.contributor.otherMachado, Edilene Buturi
dc.contributor.otherCorrea, Renato de Moura
dc.contributor.otherTetto, Alexandre França
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal
dc.date.accessioned2015-11-09T14:31:35Z
dc.date.available2015-11-09T14:31:35Z
dc.date.issued2015
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/39313
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Nilton José Sousa
dc.descriptionCo-orientadores : Bioq. MSc. Edilene Buturi Machado, Prof. Dr. Renato de Moura Corrêa e Prof. Dr. Alexandre França Tetto
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 02/03/2015
dc.descriptionInclui referências
dc.descriptionÁrea de concentração : Silvicultura
dc.description.abstractResumo: A praga de maior importânica para o gênero Populus no Brasil é a mariposa-do-álamo Condylorrhiza vestigialis (Guenée, 1854) (Lepidoptera: Crambidae). Entre as alternativas pesquisadas para seu controle, uma das mais promissoras é um vírus da família Baculoviridae (Baculovirus), do gênero Nucleopolyhedrovirus (NPV), que de acordo com a nomenclatura internacional foi denominado de Condylorrhiza vestigialis multiple nucleopolyhedrovirus (CoveMNPV). A produção do referido vírus para pulverização nas plantações é feita diretamente nas lagartas de C. Vestigialis, que são criadas massalmente em laboratório, sendo alimentadas com uma dieta artificial, desenvolvida para este fim em 2006. Como a dieta citada apresenta algumas dificuldades de preparação, neste trabalho foram testadas outras formulações, com o objetivo de encontrar uma nova formulação mais adequada a criação deste inseto de forma massal. Assim, foram testadas 4 formulações diferentes. A dieta 1 corresponde a dieta artificial utilizada para a criação de Diatraea saccharalis. As dietas 2, 3 e 4 tiveram como base a dieta 1 com alterações. Os experimentos foram conduzidos no laboratório de Proteção Florestal da Universidade Federal do Paraná, em câmara climatizada (BOD) com temperatura de 25 ± 2 ºC e umidade relativa do ar 60 ± 10%, sem iluminação. Para cada uma das dietas testadas, foram montadas 10 repetições com 35 ovos de 24 horas de postura, visando à obtenção de 30 lagartas por repetição. Diariamente foram realizadas observações para a determinação do: número de ínstares larvais; duração e viabilidade do período larval, pré-pupal, pupal e a fase adulta bem como o ciclo de vida do inseto. As variáveis avaliadas foram submetidas a análise de variância, sendo que as médias foram comparadas pelo teste de Tukey, ao nível de 5% de probabililidade de erro. Os resultados mostraram que em todas as dietas testadas o inseto apresentou cinco ínstares larvais. Estatisticamente, os insetos submetidos a alimentação com a dieta 2 (dieta utilizada para a criação de D. Saccharalis acrescida de folhas desidratadas e moídas de Populus) tiveram menor duração do período larval e pupal, maior massa das pupas e maior número de ovos, quando comparado com as demais dietas testadas. Assim, concluí-se que entre as formulações testadas a dieta 2 é a mais adequada para a produção massal C. vestigialis em laboratório e a consequente produção em laboratório do vírus CoveMNPV. Palavras-chave: Mariposa-do-álamo; Controle Biológico; Vírus entomopatogênico.
dc.description.abstractAbstract: The most important pest for the Populus genus in Brasil is Condylorrhiza vestigialis, the so called mariposa-do-álamo (Guenée, 1854) (Lepidoptera: Crambidae). Among alternative studies undertaken for its control, one of the most promising is a virus of Baculoviridae family of Nucleopolyhedrovirus (NPV) genus, which according to the international nomenclature was called Condylorrhiza vestigialis multiple nucleopolyhedrovirus (CoveMNPV). The production of the referred virus for applications in plantation areas is directly made in C. vestigialis grubs which are massively created in laboratory, and fed by an artificial appropriate diet developed in 2006. As the above cited diet has presented some difficulties during the preparation stage, this research has tested many other options in order to develop a new and most appropriate formulation to enable a massive production of this insect. Thus, four (4) different formulations were tested. The diet 1 corresponds to the artificial diet used to create Diatraea saccharalis. Diets 2, 3 and 4 had as a base the diet 1 although they considered some alterations in content. The experiments took place in the forest protection laboratory at the Federal University of Paraná in a (BOD) climate chamber, with a temperature of 25 ± 2 ºC and air relative humidity of 60 ± 10%, in a dark place. For each of the experimented diets, 10 repetitions with 35 eggs of 24hour were set in order to obtain 30 C. vestigialis grubs by repetition. Daily observations were considered in order to determine the number of larval instars, duration and suitability of larval period, pre-pupal, pupal, adult stage and the insect life style. The assessed variables were subjected to the variance analysis, being the average values compared by the Turkey test at a 5% level of probability error. The results performed show that in all tested diets the insect presented five larval instars. Statistically, the insects fed with diet 2 (the diet used to create D. saccharalis a of dried leaves of Populus), show less durations of larval and pupal periods; greater pup mass and number of eggs, if compared with the other tested diets. In conclusion, the diet 2 was the most appropriate for massive production of C. vestigialis in laboratory and the consequent laboratory production of CoveMNPV vírus. Keywords: Poplar moth; Biological Control, Entomopathogenic vírus.
dc.format.extent74f. : il. algumas color., grafs, tabs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.titleCriação de Condylorrhiza vestigialis (Guenée, 1854) (Lepidoptera: Crambidae), praga do gênero Populus, em laboratório usando diferentes dietas artificiais
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record