Show simple item record

dc.contributor.advisorDittrich, Rosangela Locatelli, 1965-
dc.contributor.authorDionisio, Cleverson Scheifer
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
dc.date.accessioned2015-11-09T16:05:44Z
dc.date.available2015-11-09T16:05:44Z
dc.date.issued2014
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/39265
dc.descriptionOrientadora : Profª Drª Rosangela Locatelli Dittrich
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias. Defesa: Curitiba, 28/05/2014
dc.descriptionInclui referências
dc.descriptionÁrea de concentração : Patologia veterinária
dc.description.abstractResumo: Nas últimas décadas o tempo médio de vida dos gatos domésticos (Felis catus) aumentou significativamente, entretanto, também houve maior predisposição dos animais em desenvolver a doença renal crônica (DRC), afecção irreversível e importante causa de morbidade e mortalidade. As doenças sistêmicas podem causar lesões aos rins, nesse sentido é fundamental estabelecer o diagnóstico precoce de uma simples injúria renal antes que o organismo desempenhe mecanismos compensatórios e adaptativos que resultem na DRC. O presente estudo objetivou avaliar os parâmetros hematológicos, bioquímicos e urinários em gatos com doenças sistêmicas e nos portadores de doença renal crônica (DRC). Foram avaliados 70 gatos, sendo 23 saudáveis (grupo G1), 30 gatos com diversas doenças sistêmicas (G2) e 17 portadores de DRC (G3). No exame urinário além das análises física, química e sedimentoscopia, realizou-se avaliação da proteína urinária, microalbuminúria (MA), enzimas urinárias gama glutamiltransferase (GGTu) e fosfatase alcalina (FAu). A proteinúria foi mensurada pelo exame químico (fita colorimétrica urinária) e pelo método da relação proteína creatinina urinária (RPC) em analisador automatizado. A microalbuminúria foi avaliada por imunoensaio (kit "E.R.D Health Screen Feline Urine Test") e as enzimas urinárias foram quantificadas em analisador bioquímico automatizado. Todos os animais saudáveis apresentaram parâmetros hematológicos dentro do padrão de normalidade. Observou-se que 11/30 (36,66%) dos doentes e 5/17 (29,41%) dos portadores de DRC estavam anêmicos (hematócrito < 24%). O leucograma inflamatório crônico foi a alteração leucocitária mais prevalente no grupo dos gatos doentes e o leucograma de estresse crônico no grupo dos portadores de DRC. A concentração da creatinina plasmática nos gatos saudáveis foi 1,18 ± 0,35 mg/dL, nos doentes 0,99 ± 0,42 mg/dL e nos portadores de DRC 3,96 ± 2,82 mg/dL. Os gatos com DRC apresentaram em média valores de ureia e creatinina mais elevados, diferindo estatisticamente (p < 0,05) do grupo G1 e G2. A microalbuminúria diferiu estatisticamente entre os grupos, sendo mais prevalente nos gatos portadores de DRC e nos doentes. Houve correlação moderada da MA com RPC (r 0,64 p < 0,05) e correlação fraca da MA com a proteinúria avaliada pela fita colorimétrica urinária (r 0,30 p < 0,05). A microalbuminúria foi o exame mais sensível na detecção de alteração renal precoce nos gatos doentes. O uso das enzimas urinárias GGTu e FAu não foi um método confiável na detecção de alteração renal precoce nas condições desse estudo. No Capítulo 1, são apresentados os principais métodos de avaliação da função renal utilizados na medicina veterinária, sob a forma de Revisão Bibliográfica. O artigo "Parâmetros Hematológicos, Bioquímicos e Urinários em Gatos com Doenças Sistêmicas e Doença Renal Crônica" compõe o capítulo 2 da Dissertação. Palavras-chave: proteinúria, relação proteína creatinina urinária, microalbuminúria, enzimúria.
dc.description.abstractAbstract: In recent decades the average lifespan of domestic cats (Felis catus) significantly increased, however, there was also greater susceptibility of animals to develop chronic kidney disease (CKD), irreversible disease and major cause of morbidity and mortality. Systemic diseases can cause injury to the kidneys, in this sense is fundamental to establish an early diagnosis of a single kidney injury before the body play compensatory and adaptive mechanisms that result in the DRC. This study aimed to evaluate the hematological, biochemical and urinary parameters in cats with systemic diseases and in patients with chronic kidney disease (CKD). We evaluated 70 cats, 23 healthy (G1), 30 cats with various systemic diseases (G2) and 17 patients with CKD (G3). Urinary examination beyond the physical analysis, chemical and sediment, there was evaluation of urinary protein, microalbuminuria (MA), urinary enzymes gamma glutamyltransferase (GGTu) and alkaline phosphatase (Fau). Proteinuria was measured by chemical analysis (urinary colorimetric tape) and the ratio method urinare protein creatinine (UPC) automated analyzer. Microalbuminuria was assessed by immunoassay (kit "ERD Feline Health Screen Urine Test") and urinary enzymes were quantified in automated biochemical analyzer. All healthy animals showed hematological parameters within normal limits. It was observed that 11/30 (36.66%) patients and 5/17 (29.41%) of patients with CKD were anemic (hematocrit <24%). Chronic inflammatory white blood cell count was the most prevalent leukocyte changes in the group of sick cats and the chronic stress leukocyte count in the group of patients with CKD. The concentration of plasma creatinine in healthy cats was 1.18 ± 0.35 mg / dL in patients 0.99 ± 0.42 mg / dL in patients with CKD and 3.96 ± 2.82 mg / dL. The cats with CKD showed average values of urea and creatinine higher, statistically different (p <0.05) G1 and G2. Microalbuminuria statistically different between groups, being more prevalent in patients with CKD cats and patients. There was a moderate correlation between MA and PRC (0.64 r p <0.05) MA and weak correlation with proteinuria assessed by urinary colorimetric strip (r 0,30 p <0.05). Microalbuminuria was the most sensitive test for early detection of renal impairment in patients cats. The use of urinary enzymes GGTu and FAu was not a reliable method for early detection of kidney change the conditions of this study. In Chapter 1, the main methods of assessment of renal function used in veterinary medicine are presented in the form of Literature Review. The article "Hematologic, Biochemicals and Urinary Parameters in Cats with Systemic Disease and Chronic Kidney Disease" make up Chapter 2 of the dissertation. Keywords: proteinuria, urinary protein creatinine ratio, microalbuminuria, enzymuria.
dc.format.extent63f. : il., algumas color., tabs., grafs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectMedicina veterinária
dc.titleParâmetros hematológicos, bioquímicos e urinários em gatos com doenças sistêmicas e doença renal crônica
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record