Show simple item record

dc.contributor.authorFernandes, Gabriel Antonio Assef
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Especialização MBA em Gestão Estratégica
dc.date.accessioned2016-01-19T19:23:09Z
dc.date.available2016-01-19T19:23:09Z
dc.date.issued2012
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/39130
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Curso de Especialização MBA em Gestão Estratégica
dc.descriptionInclui referências
dc.description.abstractResumo: A Energia Eólica tem sua origem a partir do vento, atmosfera em movimento, que é a associação entre a energia solar e a rotação planetária. Todos os planetas envoltos por gases no sistema solar demonstram a existência de distintas formas de circulação atmosférica e apresentam ventos em suas superfícies. A circulação atmosférica constitui-se de um mecanismo solar-planetário permanente. Sua duração é da ordem de bilhões de anos. O vento é considerado fonte renovável de energia, pois é inesgotável, e está dentre as formas alternativas de energia a de maior crescimento no mundo. Fundamentado em estudos recentes de energia eólica no Brasil, e visando a necessidade de sustentabilidade dos ecossistemas, além do suprimento da demanda existente. (CAMARGO, 2005). O Brasil ainda tem uma participação inexpressiva desta utilização de energia, mas isso vem mudando, uma vez que os custos estão se reduzindo e grandes áreas estão sendo viabilizadas. Palmas é um grande exemplo disso, de acordo com estudos realizados em diversas áreas do Paraná pela Companhia Paranaense de Energia Elétrica (COPEL), Palmas se mostrou a região de maior destaque devido ao seu grande potencial eólico. A tecnologia de rotor de três pás com eixo horizontal mostrou-se viável do ponto de vista técnico, uma vez que seu aproveitamento energético chega na ordem de 99% e sua independência no sistema não necessita manutenção constante.(COPEL, 2009) Ao fazer um levantamento das características particulares de um projeto eólico, o modelo proposto para análise de viabilidade utilizou diversos modelos de turbinas eólicas disponíveis no mercado e também custos estimados para a instalação, operação e manutenção de parques eólicos.(CAMARGO, 2005).
dc.format.extent50 f.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.subjectForça eólica - Viabilidade economica
dc.subjectEnergia - Fontes alternativas
dc.titleEstudo de viabilidade técnico economico para instalação de um sistema eólico
dc.typeMonografia Especialização Digital


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record