Show simple item record

dc.contributor.authorMelo, Fernando Augusto Fabrício de
dc.contributor.otherXavier, Pedro Henrique
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Jurídicas. Curso de Graduação em Direito.
dc.date.accessioned2015-10-21T15:54:05Z
dc.date.available2015-10-21T15:54:05Z
dc.date.issued2003
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/38954
dc.descriptionOrientador: Pedro Henrique Xavier
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Jurídicas, Curso de Graduação em Direito
dc.description.abstractA Lei de Responsabilidade Fiscal, como estrutura inspirada a partir de experiências estrangeiras, deve ser vista e entendida, em seus aspectos gerais, como um importante avanço dentro da regulamentação da Administração e das finaças públicas, tendo em vista que tem como principal perspectiva, inspirada em seus princípios norteadores próprios, controlar os gastos das entidades vinculadas ao aparato estatal. Contudon, não há como deixar de mencionar, em contrapartida, que a Lei Complementar n° 101/2000 possui algumas incoerências. Nesta perspectiva, no âmbito das despesas com o pessoal, está posto o parágrafo 1° do seu artigo 18. Referido dispositivo vai de encontro tanto ao arraigado entendimento jurisprudencial quanto com o próprio sistema constitucional, justificando, assim, uma imediata reparação da norma através do Poder Judiciário. Enquanto isso não ocorre, a Lei de Responsabilidade Fiscal deve ser analisada com cautela e, sobretudo, em consonância com os demais ordenamentos vigentes no Brasil.
dc.format.extent63 f.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.subjectResponsabilidade (Direito)
dc.subjectResponsabilidade fiscal
dc.subjectDireito administrativo
dc.subjectTercerização
dc.titleA lei de responsabilidade fiscal e a tercerização de mão-de-obra
dc.typeMonografia Graduação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record