Show simple item record

dc.contributor.authorMunhoz, Tayrine Rodrigues
dc.contributor.otherScherer, Luciano Márcio, 1977-
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Contabilidade
dc.date.accessioned2015-10-16T18:48:10Z
dc.date.available2015-10-16T18:48:10Z
dc.date.issued2015
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/38702
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Luciano Márcio Scherer
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Contabilidade. Defesa: Curitiba, 2015
dc.descriptionInclui referências (fls. 72-85)
dc.descriptionÁrea de concentração : Contabilidade e finanças
dc.description.abstractResumo: Este estudo tem como objetivo verificar se há ocorrência da prática de gerenciamento de resultados contábeis em cooperativas agropecuárias, motivada pela realização de eleições para o Conselho de Administração nestas instituições. A amostra final da pesquisa foi composta por 40 cooperativas agropecuárias localizadas no Estado do Paraná no período de 2010 a 2013. O estudo utiliza como variável dependente o Gerenciamento de Resultados Contábeis e como variável independente as eleições para o Conselho de Administração, controladas pela alavancagem, tamanho da cooperativa, desempenho (ROE) e tangibilidade. O estudo utiliza o modelo de Jones Modificado (1995). A análise dos dados foi realizada por meio da estatística descritiva, matriz de correlação, regressões em mínimos quadrados ordinários e dados em painel. A análise da matriz de correlação demonstrou indícios da refutação da hipótese nula do estudo com p-valor não significante na associação entre eleição e gerenciamento de resultados contábeis. Os indícios foram comprovados na análise dos dados em painel, não detectando relação entre os accruals discricionários e as eleições realizadas nas cooperativas agropecuárias. As variáveis de controle alavancagem, desempenho (ROE) e tangibilidade não apresentaram significância estatística e com isso não se pode inferir que essas variáveis possuem relação com gerenciamento de resultados contábeis. Entretanto, os sinais apresentados nessas variáveis foram conforme o esperado coincidindo com os encontrados em pesquisas anteriores que utilizaram empresas de capital aberto. A variável tamanho da cooperativa mostrou-se significante ao nível de 5%, indicando relação com gerenciamento de resultados contábeis. Estes achados indicam que cooperativas agropecuárias maiores fazem menos uso da prática de gerenciamento de resultados, quando comparadas às cooperativas de menor porte. O sinal dessa variável vai ao encontro do sinal esperado, bem como aos encontrados em pesquisas sobre empresas de capital aberto. Diante desses resultados, rejeita-se a hipótese nula da pesquisa, indicando que as eleições para o Conselho de Administração não representam indicativo de aumento da prática de gerenciamento de resultados contábeis nas cooperativas agropecuárias localizadas no Estado do Paraná. Palavras-chave: Cooperativas Agropecuárias; Gerenciamento de Resultados Contábeis; Eleição.
dc.description.abstractAbstract: This study aims to verify for occurrence of the practice of earnings management in agricultural cooperatives, motivated by the elections to the Board of Directors in these institutions. The final study sample consisted of 40 agricultural cooperatives in the state of Paraná, in the period from 2010 to 2013. The study used as the dependent variable the Financial Results Management and as an independent variable the elections to the Board of Directors, controlled by leverage, size of the cooperative, performance (ROE ) and tangibility. The study uses the model Jones Modified (1995). Data analysis was performed using descriptive statistics, correlation matrix, regressions OLS and panel data. The analysis of the correlation matrix showed evidence of refutation the null hypothesis of the study, demonstrating insignificant p-value in the association between election and earnings management. The evidences have been proven in the analysis of panel data, not detecting relationship between discretionary accruals and the elections in agricultural cooperatives. The leverage control variables, performance (ROE) and tangibility, presented no statistical significance and thus cannot be inferred that these variables are related to earnings management. However, the signs presented in these variables were as expected coinciding with those found in earlier research using publicly traded companies. The variable size of the cooperative proved to be significant at the 5% level, indicating relation to earnings management. These findings indicate that higher agricultural cooperatives make less use of earnings management practice compared to smaller cooperatives. The indications of these variables are consistent with the expected sign, as well as those found in research on public companies. These results permit the rejection of the null hypothesis of the research, indicating that the elections to the Board of Directors do not represent indicative of increased practice of earnings management in agricultural cooperatives in the state of Paraná. Keywords: Agricultural Cooperatives; Earning Management; Election.
dc.format.extent85f. : il., tabs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectCiências Contábeis
dc.titleGerenciamento de resultados em cooperativas agropecuárias do estado Paraná
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record