Show simple item record

dc.contributor.advisorHagemeyer, Regina Cely de Campospt_BR
dc.contributor.authorRadvanskei, Sônia de Fátimapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2015-07-01T19:41:48Z
dc.date.available2015-07-01T19:41:48Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/38291
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Regina Cely de Campos Hagemeyerpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 26/03/2015pt_BR
dc.descriptionInclui referências : fls. 216-225pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta pesquisa objetivou focalizar a formação continuada ofertada às professoras alfabetizadoras da Rede Municipal de Araucária, pela Secretaria Municipal de Educação deste município, na identificação das influências que podem ser observadas nas práticas que desenvolvem ao construir a docência na alfabetização para o letramento. Investigou-se, nesse sentido, as concepções, relações e práticas que desenvolvem na consideração desses processos, os movimentos de dialogismo, enunciação e responsividade, com base na produção teórica de Mikhail Bakthin (2011). Nesta perspectiva, as alfabetizadoras participantes da pesquisa realizada, constituem sujeitos de enunciação e discursividade, que buscam maior compreensão dos sentidos e significações da alfabetização. Na pesquisa, de cunho qualitativo, utilizou-se a entrevista semi-estruturada inicialmente; foi realizada a observação participante em sala de aula de três professoras e realizou-se ao final, um encontro que ficou definido como ?roda de conversa?, no qual propiciou às cinco alfabetizadoras participantes a possibilidade de ouvir suas enunciações sobre as práticas e estratégias que desenvolvem e que revelam seus estilos no processo de alfabetizar. Para as análises das narrativas em seus discursos e nas atividades que desenvolvem, foram considerados os conceitos de dialogismo, enunciação e responsividade, nos quais a linguagem, como meio de interação social, é campo de discussão. Por suas aproximações às concepções de Bakthin utilizadas para a discussão e análise dos processos da pesquisa sobre a formação continuada na alfabetização, foram consideradas as contribuições teóricas sobre a formação docente desenvolvidos por autores como Shulman (1986), Nóvoa (1999), Brotto (2006/2008), Kramer (2010), Maldonado (2002), visando obter os elementos necessários para a análise e relações entre conceitos para a análise dos processos identificados nas enunciações e práticas pesquisadas. Dentre os principais resultados obtidos, encontram-se a percepção de que o professor alfabetizador constrói sua profissão em suas relações sociais, em suas práticas e experiências cotidianas, e no diálogo com as teorizações da formação continuada, que mobilizam em suas concepções e práticas. Nesse sentido, as alfabetizadoras reconhecem a presença de enunciações e contribuições do ?outro? (autores, alunos, seus pares, professores formadores, pedagogos e alunos) na constituição de sua docência. Evidenciaram que na construção de suas visões e dos processos de alfabetizar/letrar, levam em conta uma determinada concepção de língua e de criança, que as têm levado a compreender os processos de alfabetização e letramento, presentes nas experiências de sua trajetória. Nas observações sobre o seu ofício, ao trabalhar com a língua em sala de aula, as professoras apresentaram posições e interpretações que verbalizaram de forma dialógica e responsiva sobre a condução dos processos de alfabetização. Nas significativas experiências e práticas nas quais consideram as necessidades dos alunos, evidenciaram visões sobre ludicidade, outras formas de ler, buscando na literatura, na poesia, na arte e na música, seus estilos de alfabetizar, buscando sentidos que apreenderam sobre os espaços sociais dos alunos, ao construir processos mais interativos de alfabetização. Percebeu-se que as práticas das professoras alfabetizadoras decorrem de processos de interlocução, trocas, relações com os alunos e com seus pares. O que sinaliza, para os professores formadores, a necessidade de, além do domínio dos conhecimentos sobre a língua materna, a vivência de dinâmicas mais interativas e dialógicas e que contemplem a interlocução nas atividades da formação continuada para a alfabetização. PALAVRAS-CHAVE: Formação Continuada. Professoras alfabetizadoras. Alfabetização e Letramento. Enunciação e Dialogicidade .pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research aimed to focus on continuing education offered to literacy teachers of the Municipal Araucaria, the City Department of Education this city, to identify the influences that can be observed in the practices that develop to build literacy teaching for literacy. Investigated in this sense, the concepts, relationships and practices that develop in the consideration of these processes, the movements of dialogism, enunciation and responsiveness, based on the theoretical work of Mikhail Bakhtin (2011). In this perspective, the literacy teachers participating in the research conducted, are subjects of enunciation and discourse, seeking greater understanding of the senses and meanings of of alphabetization. In the research, a qualitative approach, we used a semi-structured interview initially; was conducted participant observation in the classroom of the three teachers, was held at the end, a meeting set to "conversation circle" in which led to the five literacy teachers participants the opportunity to hear his enunciations on the practices and strategies they develop and reveal their styles in the process of basic literacy. For the analysis of narratives in his speeches and activities that develop, we considered the concepts of dialogism, enunciation and responsiveness, in which language, as a means of social interaction, is field of discussion. For their approaches to the concepts of Bakhtin used for discussion and analysis of the research process on the continued training in basic literacy, we considered the theoretical contributions on teacher training developed by authors such as Shulman (1986), Nóvoa (1999), Brotto (2006 / 2008), Kramer (2010), Maldonado (2002), to obtain the information necessary for the analysis and relationships between concepts to analyze the processes identified in the utterances and surveyed practices. Among the main results obtained, are the perception that the the the alphabetizing teachers builds their profession in their social relations, in their daily practices and experiences, and dialogue with the theories of continuing formation, which mobilize in their conceptions and practices. In this sense, the alphabetization teachers recognize the presence of utterances and contributions of the "other" (authors, students, peers, teacher educators, teachers and students) in the composition of their teaching. Showed that in building their visions and processes of alphabetization / literacy, they consider a certain conception of language and children, leading them to understand the alphabetization and literacy, present in the experiences of his career. In the observations on his craft, working with the language in the classroom, the teachers presented positions and interpretations verbalized dialogic and responsiveness on the conduct of literacy processes The significant experiences and practices in which consider the needs of students, showed views of playfulness, the ludico, other ways of reading, searching in the literature, in the poetry, in the art and music, their styles of literacy, seeking senses seized on the social spaces of students, to build more interactive processes literacy. It was noticed that the practices of literacy teachers result of dialogue processes, exchanges, relationships with students and their peers. The signaling, for trainers teachers, the need of, beyond the realm of knowledge of the mother tongue, the experiences of dynamics more interactive and dialogical and contemplating the dialogue in the activities of formation continuing for literacy. KEYWORDS: Continuing Formation. Training teachers. Literacy and Literacy. Basic Literacy and Literacy. Basic Alphabetization Literacy. Enunciation and dialogical.pt_BR
dc.format.extent233 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleA construção da docência de alfabetizadoras de Araucária sob a perspectiva de dialogocidade e responsabilidade : possibilidades e influências da formação continuadapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record