Show simple item record

dc.contributor.authorFerreira, Thiago Alegre Coelho
dc.contributor.otherMontiani-Ferreira, Fabiano
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
dc.date.accessioned2015-10-29T20:05:28Z
dc.date.available2015-10-29T20:05:28Z
dc.date.issued2015
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/37839
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Fabiano Montiani-Ferreira
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias. Defesa: Curitiba, 29/01/2015
dc.descriptionInclui referências
dc.descriptionÁrea de concentração
dc.description.abstractResumo: No primeiro capítulo relata-se um caso clínico de um tumor retrobulbar de morfologia atípica em periquito-australiano (Melopsittacus undulatus). Na descrição desse caso foi empregada histopatologia e a técnica de imuno-histoquímica com quatro marcadores (anticorpos) em uma parceria entre o Laboratório de Oftalmologia Comparada (LABOCO) da UFPR e o Laboratório de Patologia Ocular Comparada de Wisconsin (Comparative Ocular Pathology Laboratory of Wisconsin- COPLOW). São raras as descrições detalhadas de tumores oculares em aves e praticamente inexistem relatos de tumores oculares nesta espécie em particular. Tais fatos fazem com que o prognóstico e a biologia dos tumores oculares nas aves ainda sejam praticamente desconhecidos. A investigação imuno-histoquímica obteve alguns resultados (marcação moderada por vimentina e negativa para as demais) que foram motivo de grande discussão tanto nesse relato, quanto para futuras pesquisas. O segundo capítulo teve como objetivo estudar uma das incógnitas ainda por serem investigadas nessa área: a(s) função(ões) do pecten. O pecten é uma estrutura intraocular pigmentada que se projeta no corpo vítreo da região vizinha ao nervo óptico em direção à lente, constituída principalmente por um fino parênquima pigmentado e vasos sanguíneos que possuem trajetória sinuosa. Diferentes funções já foram atribuídas para esta estrutura, sabem-se também muitos detalhes da sua forma. Diversos trabalhos foram publicados que inclusive abrangem aspectos morfológicos do órgão por meio de microscopia óptica e eletrônica. Todavia, as pesquisas utilizando metodologias que visam explorar e focar na sua função, principalmente in vivo, ainda são escassas e muitas vezes inconclusivas. São particularmente raros os trabalhos sobre os vasos que originam a microvasculatura que compõe o pecten, sendo que o presente estudo é o pioneiro na avaliação de sua hemodinâmica. Nesse trabalho foi empregado um método não comumente utilizado na rotina clínica oftalmológica médica e veterinária, em marrecos-de-pequim (Anas platyrhynchos domestica), que é a ultrassonografia em modo Doppler. Trata-se de um exame não invasivo e indolor. A expectativa foi que tal exame fosse capaz de fornecer dados inéditos em relação à função do pecten. Palavras-chave: oftalmologia, aves, neoplasias oculares, pecten, hemodinâmica, artéria pectinis oculis, Doppler colorido.
dc.description.abstractAbstract: The first chapter reports the presence of a retrobulbar tumor morphologically intriguing in a budgerigar (Melopsittacus undulatus).In this case report histopathology and imunohistochemistry with four antibodies were used in a collaborative effort between the Comparative Ocular Pathology Laboratory of Wisconsin (COPLOW) and Comparative Ophthalmology Laboratory of UFPR (LABOCO). Detailed reports of ocular tumors in avian species are rare and practically do not exist in this particular specie. The absence of published reports creates a knowledge gap mainly in terms of prognosis and biology of ocular tumors in avian species. Immunohistochemistry technique obtained results (moderate positivity to vimentine and negative for others) that generated discussion both this case and future investigations. The second chapter had the objective to study one of the remaining mysteries yet to be investigated in this area: the function of the pecten oculi. The pectenis a pigmented structure that projects in the vitreous body from the area adjacent to the optic nerve toward the lens, composed by a fine pigmented parenchyma and rich in blood vessels that possess a sinuous trajectory and only avian species possess. Different functions were attributed to this tissue and its structural composition was already described in detail. Several morphologic features of this structure were already published using both light and electron microscopy. Investigations using methods to explore the function of the pecten are scarce, mainly in vivo, while others are inconclusive. Investigations focusing on blood vessels that originate in the pecten oculi microvasculature are lacking. The present work is a pioneer investigating the hemodynamic aspects of the blood vessels present in the pecten. In this study color Doppler ultrasonography was used in pekin ducks (Anas platyrhynchos domestica). It is a noninvasive and painless diagnostic method not routinely used in the eye examination in veterinary and medical practice. The prospect was that results of this exam would be able to provide unpublished data and generate assumptions in relation to the function of the avian pecten. Key words: ophthalmology, avian, ocular neoplasia, pecten, hemodynamics, pectinisoculis artery, color Doppler.
dc.format.extent33f. : il., tabs., algumas color.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectMedicina veterinária
dc.subjectOftalmologia veterinaria
dc.titleContribuições para a histopatologia, fisiologia e clínica na oftalmologia de aves
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record