Show simple item record

dc.contributor.authorVogt, Sergiopt_BR
dc.contributor.otherLourenço, Mariane Lemospt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Administraçãopt_BR
dc.date.accessioned2015-03-19T16:38:42Z
dc.date.available2015-03-19T16:38:42Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/37326
dc.descriptionOrientadora : Profª. Drª. Mariane Lemos Lourençopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 20/01/2015pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Estratégia e organizaçõespt_BR
dc.description.abstractResumo: Uma vez que a cultura exprime, afeta e também estabelece uma identidade, surge a relação entre identidade e cultura. Sendo ambas, aspectos constituintes dos indivíduos e também das organizações, torna-se necessário defini-las e diferenciá-las entre si. A identidade tem a ver com a ideia de singularidade e unicidade e, a cultura é considerada como uma metáfora utilizada para conceituar uma organização. Os valores, as crenças e os pressupostos, os ritos, os rituais e as cerimônias, as estórias e os mitos, os tabus e os heróis, assim como as normas e os processos de comunicação são os principais elementos utilizados para se estudar cultura no contexto organizacional. Já a identificação, que pode ser tanto com um objeto, com uma pessoa, ou então com algumas características destes objetos ou pessoas, é um processo pelo qual o(s) indivíduo(s) se transforma(m) de acordo com um determinado modelo. O principal objetivo deste trabalho é analisar como ocorre o processo de identificação dos alunos de programas de pós-graduação stricto sensu em Administração, a partir dos aspectos da identidade e da cultura de tais programas. Assim, por meio de uma abordagem qualitativa, com estratégia de pesquisa de 'estudo de casos múltiplos', foram estudados quatro programas de pós-graduação stricto sensu em Administração existentes em quatro diferentes universidades (duas privadas e duas públicas) localizadas nas regiões Sul e Sudeste do país. Por meio de realização de trinta e sete entrevistas com os alunos de tais programas e, com auxílio da análise da narrativa como metodologia de análise dos dados, se operacionalizou a pesquisa. Os resultados obtidos revelaram que, cada programa de pós-graduação stricto sensu em Administração pesquisado possui uma identidade própria que se configura por meio de características que são próprias e que os diferem entre si. Por sua vez, cada um dos programas analisados, está inserido em uma determinada instituição, que também possui características que definem sua identidade. Ao final, pode-se perceber que, na observação dos casos estudados, os aspectos contextuais e históricos possuem impacto na forma como a instituição e o programa são vistos pelos seus alunos, o que contribui para influenciar a maneira com que os mesmos definem a identidade da organização. Pode-se verificar ainda quais são os principais elementos que se tornam objeto de identificação por parte dos alunos pesquisados: os professores e, principalmente o(a) professor(a) orientador(a), além do tema de estudo, vinculado à sua linha de pesquisa. Também se evidenciou que a ocupação que os alunos possuem e também o(s) motivo(s) que os levaram a ingressar em um curso stricto sensu em Administração são questões iniciais para o entendimento do processo de identificação, que envolve também aspectos ligados ao tempo de permanência na instituição e a imagem da organização que o aluno possuía antes de ingressar na instituição. Palavras-chave: Identidade Organizacional; Cultura Organizacional; Identificação; Programa de Pós-Graduação.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Since the culture expresses, affects and, also establishes an identity, appears the relationship between the identity and culture. Being both, constituent aspects of individuals and also of the organizations, it is necessary to define them and differentiate them from each other. The identity has to do with the idea of singularity and uniqueness and, culture is seen as a metaphor used to conceptualize an organization. The values, beliefs and assumptions, rites, rituals and ceremonies, stories and myths, taboos and heroes, as well as the rules and communication processes are the main elements used to study culture in the organizational context. Already, the identification, which can be either with an object, a person, or with some characteristics of objects or people, is a process by which individual becomes according to a given model. The main objective of this work is to analyze how is the process of identification of business administration students of graduate programs, from the aspects of identity and culture of these programs. Thus, through a qualitative approach, with a strategy of research based in 'multiple case study', it was studied four graduate programs in business administration at four different universities (two public and two private) located in the South and Southeast of the Brazil. Through completion of thirty-seven interviews with students of such programs and, with the use of narrative analysis as the data analysis methodology, it was operationalized the research. The results showed that, each graduate program in business administration researched has its own identity that it is revealed through features that are central and that differ these programs from the others. In turn, each of the analyzed programs is inserted into an institution that also has characteristics that define their identity. At the end, can be seen that, on the observation of the cases studied, the contextual and historical aspects have impact on how the institution and the graduate program are seen by the students, what contributes to influence the way that they define the identity of the organization. It can also be verified, what are the main elements that become object of identification by the surveyed students: the professors and, especially the adviser professor, besides the subject of study, linked to its line of research. The results also showed that, the occupation that students have and also the reasons that led them to join a graduate program in business administration are initial issues for understanding the identification process, it also involves aspects related to the time spent in the institution and the organization's image that the student had before joining the institution. Key-words: Organizational Identity; Organizational Culture; Identification; Graduate Program.pt_BR
dc.format.extent235f. : il., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectAdministraçãopt_BR
dc.titleIdentidade e cultura organizacional : o processo de identificação dos alunos de programas de pós-graduação stricto sensu em administração em instituições públicas e privadaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record