Show simple item record

dc.contributor.advisorDalto, Fabiano Abranches Silva, 1972-pt_BR
dc.contributor.authorBontorin, Deisi Mara, 1990-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Graduação em Ciências Econômicaspt_BR
dc.date.accessioned2017-04-10T20:27:16Z
dc.date.available2017-04-10T20:27:16Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/37065
dc.descriptionOrientador: Fabiano A. S. Daltopt_BR
dc.descriptionMonografia(Graduação) - Universidade Federal do Paraná,Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Curso de Ciências Econômicaspt_BR
dc.description.abstractResumo: A tomada de decisão quanto à taxa de juros pelo Banco Central, conforme apresentadas nas Atas do Copom, não equivale à taxa ótima definida pela regra de Taylor, apresentando alterações muito mais graduais e em dosagens menos agressivas do que sugerido por esta, o que é chamado de suavização da taxa de juros. As Atas permitem a visualização de como o Banco Central comunica suas decisões. Este trabalho pretende fazer uma análise de como a manifestação das incertezas incorridas no processo de tomada de decisão do Banco Central afeta as decisões quanto a tomada de decisão sobre a taxa de juros. Para tanto, será realizada uma investigação quanto a movimentação da taxa de juros para o período de 1999 a 2013. Em seguida, será apresentado o método utilizado e os resultados encontrados a partir extração de dados léxicos de incerteza das atas publicadas, para este período. Os resultados obtidos indicam haver uma correlação inversa, forte entre a comunicação do Banco Central e a tomada de decisão da taxa de juros, havendo uma tendência a quanto maior a incerteza comunicada menor o nível da taxa definidapt_BR
dc.description.abstractAbstract: The decision regarding the interest rate by the Central Bank, as presented in the Monetary Policy Committee’s Minutes, is not equivalent to the optimal rate defined by the Taylor rule, been the changes more gradual and less aggressive than suggested by it, which is called interest rate smoothing. The minutes allow visualizing how central bank communicates his decisions. This paper intends to analyze the manifestation of uncertainty in the decision process of Central Bank effects the decisions on the interest rate communicated. For that reason, this present an investigation into the movement of interest rates for the period 1999-2013. Then, it presents the method used and the results obtained from extracting lexical data uncertainty of the minutes published for the period. The results indicate that there is a strong inverse correlation between the Central Bank communication and the interest rate decision, with a tendency to greater the uncertainty reported, lowest the level of the set ratept_BR
dc.format.extent44 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectPolítica monetária - Brasilpt_BR
dc.subjectBanco Central do Brasilpt_BR
dc.subjectTaxas de jurospt_BR
dc.titleAnálise dos sinais de incerteza do Banco Central e seu efeito sobre a decisão de política monetáriapt_BR
dc.typeMonografia Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record