Show simple item record

dc.contributor.authorPrado, Leidimari Neves dopt_BR
dc.contributor.otherTimofeiczyk Junior, Romanopt_BR
dc.contributor.otherSilva, João Carlos Garzel Leodoro da, 1961-pt_BR
dc.contributor.otherSantos, Anadalvo Juazeiro dospt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2014-12-18T18:29:53Z
dc.date.available2014-12-18T18:29:53Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/36934
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Romano Timofeiczyk Júniorpt_BR
dc.descriptionCo-orientadores : Prof. Dr. João Carlos Garzel Leodoro da Silva e Prof. Dr. Anadalvo Juazeiro dos Santospt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 25/07/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Economia e politica florestalpt_BR
dc.description.abstractResumo: Este trabalho teve como objetivo quantificar o valor dos serviços ecossistêmicos das práticas conservacionistas na bacia do Rio Canoinhas, estado de Santa Catarina – Brasil com a metodologia do manual operativo do programa produtor de água da Agencia Nacional de Águas - ANA 2003. A base para o cálculo do Valor de Pagamento Incentivado – V.P.I. por hectare ano foi realizado com a Lei de pagamento por serviços ambientais criada em Santa Catarina em 2010 que tem abrangência estadual e pelos valores sugeridos por Chaves et al 2004. Em caso de adesão de todos os produtores rurais da bacia do Canoinhas o valor necessário a ser investido na bacia em estudo seria da ordem de R$ 2.897.892,00 para atingir os melhores ganhos ambientais e econômicos com a prática conservacionista do Plantio Direto utilizando-se com a base de cálculo a Lei 15.133/2010. O valor necessário a ser investido na bacia de estudo seria da ordem de R$ 2.020.000,00 para atingir os melhores ganhos ambientais e econômicos com a da prática conservacionista do Plantio Direto utilizando-se com base para o cálculo os valores sugeridos por Chaves et al 2004. Com o Valor de referência utilizado como base para o Pagamento pelo Serviço Ambiental auferido na propriedade pela Lei de PSA para o Estado de Santa Catarina e dos valores sugeridos por Chaves Et al 2004 a base de cálculo pela Lei apontou vantagens do ponto de vista da diminuição da erosão e da sedimentação, e seus benefícios cobrem os custos, uma vez que se mostra altamente atrativo para o ofertante do serviço ambiental realizar a adesão ao contrato de pagamento pelo serviço ambiental, apontando um ganho médio para cada produtor de R$188,84 por hectare de terra que possuir durante o horizonte de tempo do contrato. Sugere-se que estudos sejam realizados a fim de quantificar com propriedades modelo as razões de perda de solo de maneira a confirmar os valores de pagamento incentivado para as práticas conservacionistas apresentadas neste trabalho. Palavras-Chave: Pagamento por serviços ambientais. Bacia hidrográfica. Prática conservacionista. Processo erosivo.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This study aimed to quantify the value of ecosystem services in conservation practices in Canoinhas River basin, state of Santa Catarina - Brazil through the methodology of the program operating manual water producer of the National Water Agency -. 2003 ANA The basis for calculation of Value Payment Incentive - VPI hectare per year was realized through the Law of payment for environmental services established in Santa Catarina in 2010 that has statewide and the values suggested by Chaves et al 2004. After signing all the farmers of the Canoinhas bowl the required value be invested in the basin under study would be of the order of R $ 2,897,892.00 to achieve the best environmental and economic gains through conservation practice using No-Till with the basis for calculating the Law 15.133/2010. The amount required to be invested in the basin of the study would be of the order of R $ 2,020,000.00 to achieve the best environmental and economic gains through conservation practice-Till using the basis for calculating the values suggested by Chaves et al 2004. through the reference value used as the basis for payment for accrued Environmental Service in property Law PSA for the State of Santa Catarina and the values suggested by Chaves et al 2004 bases by Law pointed advantages from the point of view of the reduction of erosion and sedimentation, and their benefits cover costs, since it shows highly attractive to the Issuer of the environmental service make adherence to payment contract for environmental services, indicating an average gain for each producer of R $ 188 , 84 hectare of land to possess during the time horizon of the contract. It is suggested that studies be conducted to quantify the model properties through reasons of soil loss in order to confirm payment amounts encouraged for conservation practices presented in this paper. Keywords: Payment for environmental services. Watershed. Conservation practice. Erosive process.pt_BR
dc.format.extent71f. : il. algumas color., mapas, tabs., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleIncentivos financeiros para implementação de práticas conservacionistas do solo na Bacia do Rio Canoinhas, Santa Catarinapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record