Show simple item record

dc.contributor.authorWinagraski, Etiennept_BR
dc.contributor.otherReissmann, Carlos Brunopt_BR
dc.contributor.otherAuer, Celso Garciapt_BR
dc.contributor.otherMotta, Antonio Carlos Vargas, 1963-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2020-02-03T20:39:31Z
dc.date.available2020-02-03T20:39:31Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/36932
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Carlos Bruno Reissmannpt_BR
dc.descriptionCoorientadores : Prof. Dr. Celso Garcia Auer e Prof. Dr. Antonio Carlos Vargas Mottapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 10/03/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Silviculturapt_BR
dc.description.abstractResumo: Ectomicorrizas são associações simbióticas entre raízes de plantas e fungos. Quando benéficas, garantem melhor nutrição à planta e seu estabelecimento no campo. É uma simbiose essencial para pínus, principalmente em solos com valores baixos pH e baixos teores de nutrientes. A fim de identificar a influência da adubação e da calagem na ocorrência de ectomicorrizas e de corpos de frutificação na serapilheira, avaliou-se a relação dos teores de nutrientes nos horizontes orgânicos e atributos químicos do solo em um plantio comercial adulto de Pinus taeda. O estudo foi realizado em um ensaio de omissão de nutrientes instalado em 2008, com aplicação manual a lanço, disposto em delineamento em blocos ao acaso com quatro repetições. Sete tratamentos foram estabelecidos: T1 - aplicação de N, P, K, Zn, Cu, B, Mo e calcário; T2 - omissão de N, P e K; T3 - omissão de Zn, Cu, B e Mo; T4 - omissão de K; T5 - omissão de Zn; T6 - omissão de calcário; T7 - testemunha (sem adubação). Foram coletados cinco monólitos de serapilheira (10 x 10 cm) em cada parcela para avaliar a presença de ectomicorrizas durante o inverno (agosto/2012) e verão (março/2013). As coletas de corpos de frutificação ocorreram durante o verão (março/2013), o inverno (julho/2013) e a primavera (outubro/2013). A serapilheira foi subdividida em três subhorizontes Ln (litter novo), Lv (litter velho) e Fh (fragmentação e humus). O solo foi analisado durante o inverno (agosto/2012). Foram determinados os teores de nutrientes nos horizontes orgânicos da serapilheira e na camada superficial do solo (0 - 5 cm), quantificando-se P, K, Ca, Mg, Na, Cu, Mn, Fe, Zn para os subhorizontes orgânicos, N%, C% e relação C/N para o subhorizonte orgânico Fh, e pH, Al, H+Al, Ca, Mg, K, P, C, Cu, Mn, e Zn para solo. As ectomicorrizas foram encontradas em sua maioria no subhorizonte Fh. O tratamento que apresentou maior ocorrência de ectomicorrizas ao longo do ano foi a testemunha, enquanto que a menor foi no tratamento completo (T1). Os nutrientes Ca e Mg apresentaram efeitos antagônicos sobre a ocorrência de ectomicorrizas no solo e na serapilheira. Os nutrientes N e K da serapilheira não apresentaram correlação significativa com ectomicorrizas, diferente do P que apresentou alta correlação significativa (positiva no inverno e negativa no verão). Os micronutrientes não apresentaram correlação significativa com a ocorrência de ectomicorrizas no solo e na serapilheira, com exceção do Mn na serapilheira. No solo, o Al apresentou correlação significativa positiva com a ocorrência de ectomicorrizas. Três gêneros de fungos ectomicorrízicos foram encontrados: Scleroderma sp., Laccaria sp. e Amanita sp. A maior ocorrência de Scleroderma sp. foi no final do verão nos tratamentos de menor fertilidade, e enquanto que a maior ocorrência de Laccaria sp. foi nos tratamentos em que não foram aplicados micronutrientes. Amanita sp. não apresentou padrão específico relacionado com a fertilidade. Palavras-chave: Coníferas, fração orgânica do solo, micorrização, nutrientes.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Ectomycorrhrizae are symbiotic associations between fungi and planyt roots. When beneficial, ensure better nutrition to the plant and establishment in field. This symbiosis is essential for pine, mainly in soils of low pH and low levels of nutrients. In order to identify the influence of fertilization and liming on occurrence of ectomycorrhizas and their fruiting bodies in the litter, we evaluated the relation of the levels of nutrients in organic horizons and chemical soil attributes in a old commercial planting of Pinus taeda. The study was conducted in a nutrient omission experiment installed in 2008, with applied manually and broadcasted, arranged in randomized blocks with four replications. Seven treatments were established: T1. application of N, P, K, Zn, Cu, B, Mo e limestone; T2. application of all nutrients with the omission of N, P and K; T3. application of all nutrients with omission of Zn, Cu, B and Mo; T4. application of all nutrients with omission of K; T5. application of all nutrients with omission of Zn; T6. application of all nutrients with the omission of limestone; T7. control (without fertilizer). Five monoliths of litter (10 x 10 cm) were collected in each plot to evaluate the presence of ectomycorrhizae during winter (august/2012) and summer (march/2013). The fruiting bodies were collected during the summer (march/2013), winter (july/2013) and spring (october/2013). Litter was subdivided in three subhorizons: Ln (new litter), Lv (old litter) and Fh (fragments and humus). The soil was analyzed during the winter (august/2012). We determined levels of nutrients in the organic horizons of litter and in the superficial layer of soil (0 – 5 cm), quantifying P, K, Ca, Mg, Na, Cu, Mn, Fe and Zn for all organic subhorizons; N%, C% e relation C/N for organic subhorizon Fh. Ectomycorrhizas were found mostly in the subhorizon Fh; and pH, Al, H+Al, Ca, Mg, K, P, C, Cu, Mn, Fe and Zn for soil. Ectomycorrhizae were found mostly in the organic subhorizon Fh. The treatment that showed more occurrence of ectomycorrhizae during the year was the control, while the lowest was in complete treatment (T1). The Ca and Mg nutrients showed antagonistic effects on occurrence of ectomycorrhize in the soil and in the litter. The N e K nutrients in the litter did not show significant correlation with the occurrence of ectomycorrhizae, different from P that presented high significant correlation (positive in the winter and negative in the summer). Micronutrients did not show significant correlation with the occurrence of ectomycorrhiza in the soil and in the litter, with exception the Mn in the litter. In the soil, the Al showed positive significant correlation with the occurrence of ectomycorrhizae. Three genus of ectomycorrhizal fungi were found: Scleroderma sp, Laccaria sp. and Amanita sp. The more incidence of Scleroderma sp. was in the summer in the lower fertility treatments and higher occurrence of Laccaria sp. was in the treatments without micronutrients. Amanita sp. showed no specific pattern related to fertility. Key words: Conifers, mycorrhizae, nutrients, soil organic fraction.pt_BR
dc.format.extent68f. : il. algumas color., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectSolos - Análisept_BR
dc.subjectQuimica do solo - Paranápt_BR
dc.subjectConifera - Nutriçãopt_BR
dc.subjectMicorrizapt_BR
dc.subjectPinus taedapt_BR
dc.titleDinâmica de ectomicorrizas em plantio adulto de Pinus taeda submetido a adubação e calagem no município de Jaguariaiva, PRpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record