Show simple item record

dc.contributor.advisorRibeiro, Ciro Alberto de Oliveira, 1960-pt_BR
dc.contributor.authorSchatzmann, Marcelopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicaspt_BR
dc.date.accessioned2014-11-11T16:00:29Z
dc.date.available2014-11-11T16:00:29Z
dc.date.issued2000pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/36678
dc.descriptionOrientador: Ciro Alberto de Oliveira Ribeiropt_BR
dc.descriptionDissertaçao (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Biológicaspt_BR
dc.description.abstractResumo: O tributilestanho (TBT) é um componente tóxico com uso em diversos setores da indústria, desde biocida em cascos de navios, como estabilizadores em artigos de plásticos de PVC. O meio aquático é o ambiente que mais sobre com a liberação antropogênica dos organoestanhos, principalmente o TBT que tem sido indiscriminadamente utilizado em pinturas de casco de grandes embarcações com liberação para a coluna de água. Este trabalho foi realizando na Universidade Federal do Paraná no Departamento de Biologia Celular e Molecular, e o bioensaio se baseou em um fotoperíodo foi de 12 h luz/ 12 horas escuro, dieta, temperatura e aeração foram controlados. 24 indivíduos foram distribuídos em 3 aquários de 60 litros mantidos a temperatura de 25° C ±3. A espécie tropical Astyanax bimaculatus mostrou-se sensível ao TBT/óleo em exposição de 0,0688 micrograma/mg TBT, através de injeções intraperitoneal, seis vezes em intervalo de seis dias. Machos e fêmeas não foram pré determinados neste experimento. Análises de microscopia de luz, microscopia eletrônica, neurotoxicologia e hemograma foram procedimentos utilizados para análises dos indivíduos controle e contaminados. Apesar da dose subletal, o contaminante provocou necroses no tecido hepático, além de condensação da crornatina, presença atípica de corpos de lipídeos no núcleo, degeneração celular e aumento do fluxo sangüíneo, alterações nas porcentagens de polimorfonucleares no sangue. As análises de neurotoxicidade foram realizadas medindo a toxicidade a enzima acetilcolinesterase retirada do músculo de grupos de indivíduos controle manuseio, controle óleo e expostos ao TBT/óleo. Alterações significativas não foram evidentes, apesar da curva de inibição da enzima mostrar uma tendência ascendente. Corpos estranhos eletrondensos e t amorfos, foram evidenciados no citoplasma de células hepáticas em todos os grupos estudados, mostrando não estarem relacionados com a presença do contaminante. Através deste estudo, foi possível detectar a toxicidade crônica do TBT, administrado intraperitonealmente. Dentre os biomarcadores utilizados neste trabalho, os dados de morfologia mostraram-se os mais eficientes. Com a identificação das lesões hepáticas, o fígado foi considerado como um órgão alvo importante para este tipo de contaminante. Tanto para as análises de hematologia como neurotoxicidade, ficou comprovado neste trabalho que a amostragem precisa ser maior para assegurar a confiabilidade dos dados neste tipo de avaliação. Ficou ainda definido que diferentes tipos de biomarcadores são necessários para que se possa fazer uma análise mais precisa do efeito de determinado contaminante, uma vez que alguns parâmetros podem ser específicos para determinado tipo de contaminante.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Tin is widely distributed in nature and the widespread use of tributyltin (TBT) as an ingredient of antifouling paints preservatives and biocide has led to serious environmental contamination. Astyanax bimaculatus adult fishes, were acclimatized four weeks before start the experiments. Laboratory conditions like 12-h light/12-h dark and 25°C tap water were used. Groups of 6 individuals were fed daily in isolated glass aquaria. Two groups were used as control (respectively handling and oil control) and one was exposed to TBT/corn oil, used as vehicle. The dose was 0.0688 ± 0.0031 microgram TBT.g-1 each 6 days during 30 days. Light and electron microscopy were used to investigate the morphological effects of TBT on liver of A bimaculatus. To light microscopy the samples were fixed in ALFAC and stained with Haematoxilin/Eosin. To transmission electron microscopy, the specimens were fixed in glutaraldehyde 2.5%, paraformaldehyde 1.8%, 0.1 M cacodylate buffer (pH7.2) and post fixed in 1% osmium tetroxide and embedded in PoliEmbed812DER736 resin (Polysciences ®). A muscle fragment was excised and stored at -20°C to determine the acethylcolinesterase activity. Blood smears were obtained to morphology and differential white cells counting. The results showed severe vacuolation of hepatocytes and nuclear alterations as irregular shape, chromatin condensation, presence of intranuclear lipid vesicles and degenerative nucleus. The acethylcolinesterase activity was not affected by TBT exposition. The increasing of neutrophils may represent a citotoxic and stress conditions facilitating the invasion of opportunist organisms. According to our data the com oil used as vehicle to TBT contamination it is able to interfere on hemograma analyzes but no on morphological diagnostic of liver. TBT was confirmed as a powerful aquatic contaminant to fish and the use of different biomarkers is essential to evaluate the effect of contaminants on organism tests.pt_BR
dc.format.extent95 f. : il., grafs., tabs. ; 30 cm.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectAstyanax (Peixe)pt_BR
dc.subjectTributiltinapt_BR
dc.titleAvaliaçao do efeito crônico do TBT (Tributilestanho) em Astyanax bimaculatus : aspectos morfológicos, neurotoxicológicos e hematológicospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record