Show simple item record

dc.contributor.advisorOstrensky, Antoniopt_BR
dc.contributor.authorAllessi, Fabíola Elispt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterináriaspt_BR
dc.date.accessioned2014-11-07T17:01:20Z
dc.date.available2014-11-07T17:01:20Z
dc.date.issued2000pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/36633
dc.descriptionOrientador: Antonio Ostrensky Netopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agráriaspt_BR
dc.description.abstractComparou-se resultados obtidos na produção comercial das três espécies de camarões marinhos já cultivadas no litoral paranaense: Farfantepenaeus paulensis Pérez-Farfante, 1967, Litopenaeus schmitti Burkenroad, 1936 e L. vannamei Boone, 1931. Para efeito de padronização, foram considerados apenas os cultivos povoados na primavera e no verão. No total, foram avaliados 46 cultivos, 27 com a espécie F. paulensis; 15 cultivos com L. vannamei e 4 cultivos com L. schmitti. Os cultivos monitorados foram realizados na Fazenda Borges- Cultivos Marinhos Ltda, única fazenda de cultivo de camarões marinhos localizada no estado do Paraná. O objetivo geral do presente trabalho foi o de avaliar os principais índices zootécnicos envolvidos na produção comercial das espécies F. paulensis, L. schmitti e L. vannamei e estabelecer uma análise comparativa entre elas. L. vannamei é uma espécie exótica e sua introdução na região sul do Brasil tem sido bastante polêmica. O que se pretende é que a validação do procedimento de introdução dessa espécie esteja ancorada em critérios técnicos e econômicos. Os principais índices zootécnicos alcançados nesses cultivos foram os seguintes: a) nos cultivos com F. paulensis: peso médio dos camarões na despesca de 13,3 g; ganho semanal de peso 0,9 g/semana, produtividade de 378,5 Kg/ha, taxa de sobrevivência final de 36%; tempo médio de cultivo de 116,4 dias b) nos cultivos com L. schmitti: peso médio dos camarões na despesca de 11 g; ganho semanal de peso 0,6 g/semana, produtividade de 376,2Kg/ha, taxa de sobrevivência final de 44%; tempo médio de cultivo de 137 dias; c) nos cultivos com L. vannamei: peso médio dos camarões na despesca de 13,2 g; ganho semanal de peso 1 g/semana, produtividade de 1.124Kg/ha, taxa de sobrevivência final de 72%; tempo médio de cultivo de 100 dias. A temperatura da água foi a principal variável abiótica que influenciou no crescimento de L. vannamei. Para uma análise mais criteriosa do ritmo de crescimento dos camarões cultivados foi utilizado um índice de crescimento, que mede as oscilações no ritmo de crescimento dos camarões ao longo do seu ciclo de cultivo. As espécies apresentaram curvas de crescimento significativamente distintas (p<0,05), sendo que L. vannamei apresentou taxas de crescimento superiores a F. paulensis e a L. schmitti. Com o índice de crescimento relativo pode-se determinar que o camarão branco L.vannamei alcançou suas taxas máximas de crescimento em temperaturas superiores a 26;5°C e em águas com salinidades inferiores a 13 ppm. As relações zootécnicas quantificadas entre taxa final de sobrevivência e a taxa de conversão alimentar e entre a taxa de conversão alimentar e a produtividade, serviram para comprovar a eficiência do uso das bandejas nos viveiros, o que contribui para que diminuísse drasticamente as taxas de conversão alimentar e, consequentemente, os custos de produção de L. vannamei em relação às demais espécies utilizadas. A espécie L. vannamei apresentou os maiores e melhores índices zootécnicos, comprovando seu melhor desempenho em relação às espécies nativas do Estado do Paranápt_BR
dc.description.abstractThe main results obtained in the commercial production of the three marine shrimps species already cultivated in the coast paranaense are compared for: Farfantepenaeus paulensis Pérez-Farfante, 1967, Litopenaeus schmitti Burkenroad, 1936 and L. vannamei Boone, 1931. For standardization only cultivation villages in spring and summer were taken in account. 27 cultivations with the species F. paulensis; cultivations with L. vannamei and 4 cultivations with L. schmitti were evaluated. The shrimps production was monitored in a commercial marine farm located in Paranaguá, State of Paraná. The aim of the present study was to evaluate the effects of environmental variables in the main zootechnic indices involved in commercial production. L. vannamei is na exotic species and its introduction in the South Brazil has been polemic. The intention of this paper is analyse technical and economic criteria to support the introduction of this species in the State of Paraná. The main zootechnic indices in these cultivations were: a) F. paulensis: final meen total body weight 13,3 g; weight fain 0,9 g/week, productivity 378,5 kg/ha; average survival ratio 36%; time of cultivation of 116,4 days; b) L. schmitti: final meen total body weight 11 g; weight fain 0,6 g/week, productivity 376,2 kg/ha; average survival ratio 44%; time of cultivation of 137 days; c) L. vannamei: final meen total body weight 13,2 g; weight fain 1 g/week, productivity 1.124 kg/ha; average survival ratio 72%; time of cultivation of 100 days. The water temperature scemed be factor that affected the cultivated shrimps growth. To compare the growth rhythm of cultivated shrimps the growth indez, that measures the oscillations in the shrimps growth rhythm along their cultivation cycle was used. The introduced species curves were signicantly different (p<0,05) from those in the natives and L. vannamei showed higher growth rate then F. paulensis and L. schmitti. The relative growth index shown that L. vannamei reached maximal growth rate in higher temperatures, up to 26,5°C, and in salinity lower than 13 ppt. The zootechnic relations of the average survival ratio and the feed conversion ratio and between the feed conversion ratio and the productivity, proved the efficiency of the use of trays in the vivaria, contributing with drastic decreased in the feed conversion ratio and, consequently, in the production costs of L. vannamei. L. vannamei showed the highest and best zootechnic indices, proving its superiority in regard Parana's State native speciespt_BR
dc.format.extent56 f. : il., grafs., tabs. ; 30 cm.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subject639.512(816.2)pt_BR
dc.subjectCamarão - Criação - Paranápt_BR
dc.subjectPeneídeos - Paranápt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleAvaliação dos principais índices zootécnicos e ambientais envolvidos na produção comercial de Litopenaeus vannamei e uma análise comparativa com as espécies nativas do litoral paranaense : Farfantepenaeus paulensis e L. schmittipt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record