Show simple item record

dc.contributor.authorCamargo, João Luiz Almeida dept_BR
dc.contributor.otherMedeiros, Rodrigo Pereirapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Centro de Estudos do Mar. Curso de Graduação em Oceanografiapt_BR
dc.date.accessioned2018-08-27T20:10:43Z
dc.date.available2018-08-27T20:10:43Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/36621
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Rodrigo Pereira Medeirospt_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Centro de Estudos do Mar, Curso de Oceanografiapt_BR
dc.description.abstractO Parque Nacional do Superagui (PNS), localizado no Município de Guaraqueçaba, litoral do Estado do Paraná, é uma unidade de conservação (UC) federal. Quando criada não se foi levado em conta que muito antes já era território habitado e apropriado comunitariamente por diversas populações tradicionais isoladas dos centros urbanos, o que hoje se sabe é a contribuição dos sistemas tradicionais de manejo para o bom estado de conservação da natureza. A participação destas comunidades na elaboração do Plano de Manejo é requisito fundamental para a efetividade da gestão da UC, por isso esta pesquisa buscou compreender as percepções da Comunidade tradicional de Barbados, sobre o processo de elaboração do Plano de Manejo do PNS, durante o período de 2013. Para isso foram descritos os processos formais de elaboração do Plano e as percepções da comunidade através de observação participante na comunidade e entrevistas com o gestor do PNS e com membros da comunidade. A fase que se encontra tal Plano é de finalização do Diagnóstico. A revisão bibliográfica e as percepções permitiram concluir que a baixa participação e os conflitos permanecem porque as comunidades tradicionais não recebem o devido reconhecimento legal. A solução dos conflitos aponta estar no reconhecimento do território e em um processo participativo de longo prazo para a consolidação de redes e conexões institucionais para a cooperação ao desenvolvimento coerente com a realidade das comunidades tradicionais e os propósitos de conservação, já que a permanência destes conflitos interfere negativamente nos objetivos de gestão da UC.pt_BR
dc.format.extent85 f. : il. , grafs., maps., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectRecursos naturais - Conservaçãopt_BR
dc.subjectGestão participativapt_BR
dc.titleA gestão do Parque Nacional do Superagui : a percepção da comunidade de Barbados sobre o processo de elaboração do plano de manejo.pt_BR
dc.typeMonografia Graduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record