Show simple item record

dc.contributor.advisorMoura, Mauricio Osvaldopt_BR
dc.contributor.authorCosta, Roberto Fuscopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservaçãopt_BR
dc.date.accessioned2014-11-03T12:50:26Z
dc.date.available2014-11-03T12:50:26Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/36543
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Mauricio O. Mourapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação. Defesa: Curitiba, 07/08/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Ecologia e Conservaçãopt_BR
dc.description.abstractResumo: A função básica de áreas protegidas é separar elementos da biodiversidade de processos que ameaçam sua existência na natureza. Nesse sentido, as áreas protegidas deveriam cumprir um papel importante na manutenção das populações de animais, servindo em muitos casos como áreas de refúgio e fonte de indivíduos. Mamíferos de médio e grande porte são particularmente espécies vulneráveis às perturbações antrópicas (e.g. alteração e fragmentação do habitat, caça, presença de espécies invasoras) sendo um grupo indicado para pesquisas voltadas à conservação. Assim, acessar o status dessas espécies no tempo e espaço é fundamental para avaliar a efetividade de proteção e para propor ações necessárias para que minimizem a perda de espécies. Essa pesquisa foi realizada em quatro áreas particulares protegidas (Reservas Naturais) de Floresta Atlântica costeira do litoral norte do Estado do Paraná. A tese está dividida em dois capítulos apresentados em formato de artigo científico, em que foram abordados aspectos relacionados ao monitoramento, status de conservação e distribuição das espécies de mamíferos de médio e grande porte. No Capítulo 1, avaliamos o desempenho entre dois métodos de levantamento, utilizando armadilha fotográfica e a observação de rastro, com o objetivo de propor um procedimento metodológico mais eficiente no monitoramento de mamíferos de médio e grande porte nas Reservas Naturais estudadas. O levantamento por pegadas foi realizado por guardas-parque, que são moradores locais e possuem experiência na identificação dos mamíferos por rastros. Através de repetidas ocasiões de levantamento, utilizamos modelos de ocupação para estimar a probabilidade de detecção de cada espécie e para avaliar a eficiência relativa de cada método. Os nossos resultados indicaram que para as áreas protegidas estudadas, o método de observação de rastro em trechos de trilha é a estratégia mais eficiente para avaliar e monitorar a ocupação de mamíferos de médio e grande porte, incluindo espécies ameaçadas de extinção e alvos de caça. No Capítulo 2, acessamos o status de ocupação e avaliamos a distribuição de mamíferos alvos de caça em relação às variáveis de habitat, distância da estrada e à presença da espécie não nativa, o cachorro-doméstico nas quatro Reservas Naturais. Para isso, foi utilizado o método de observação de rastros, como indicado pelo Capítulo 1, para coleta de dados de detecção e não detecção em 60 sítios amostrais. Houve evidências que sustentam a hipótese de um efeito de borda sobre a ocorrência e a distribuição do cateto e puma. Esse efeito foi manifestado pela diminuição da proporção de sítios usados somente a partir de locais mais próximos da estrada (< 2km). Ainda, a presença do cachorro-doméstico dentro das reservas influencia negativamente a intensidade de uso dos catetos em locais com maior quantidade de floresta inicial. A ausência de um efeito de borda para a maioria das espécies analisadas sugere que o nível de proteção dentro das reservas tem sido eficiente na mitigação da caça dentro dos seus perímetros. Ainda, nós discutimos e recomendamos ações para aumentar a efetividade de proteção das reservas em relação a invasão de cachorros-domésticos e a persistência de grandes mamíferos, como a anta e o queixada.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The basic function of protected areas is to separate elements of biodiversity from processes that threaten their existence in nature. In this way, protected areas should play an important role in maintaining animal populations, such as refuge and individual source areas. Medium and large mammals are particularly vulnerable to anthropogenic disturbances (e.g. habitat alteration and fragmentation, poaching, presence of invasive species) being an indicated group for researches focused on conservation. Thus, assessment of the status of these species in space and time is fundamental to evaluate the protection effectiveness and to propose actions aimed to minimize the loss of species. This research was conducted in four private protected areas (nature reserves) of coastal Atlantic Forest at north of Paraná State. The thesis is divided into two chapters presented in a scientific paper format, in which aspects related to monitoring, conservation status and distribution of species of medium and large mammals had been addressed. In Chapter 1, we evaluate the performance between two survey methods, using camera traps and tracks observation, aiming to propose a more efficient methodological approach for monitoring medium and large mammals in the Nature Reserves studied. Track survey was conducted by park rangers, who are local residents with experience in identifying traces of mammals. By repeatedly surveys occasions, we used occupancy models to estimate the detection probability of each species and to evaluate the methods efficiency. Our results indicated that, for the protected areas studied, the method of track observation in trail is the most efficient strategy to evaluate and monitoring the occupation of medium and large mammals, including endangered and hunted species. In Chapter 2, we assessed the occupation status and evaluate the distribution of hunting mammals in relation to habitat variables, road distance and the presence of non-native species, the domestic dog, in the four Nature Reserves. We used track observation method, as indicated in Chapter 1, to collect detection and non-detection data at 60 sampling sites. There was evidence of the edge effect hypothesis on the occurrence and distribution of the collared peccary and puma. This effect was expressed by a decrease in the proportion of sites used only from locations near to the roads (<2km). Still, the presence of domestic dogs within the reserves negatively influences the collared peccaries intensity use in areas with higher proportion of initial forest. Since there was not edge effect for most species analyzed it suggests that the level of protection has been effective in mitigating hunting within reserves perimeters. Still, we discuss and recommend actions to increase the effectiveness of protection of the reserves about the invasion of domestic dogs and to assist the persistence of large mammals such as tapirs and white-lipped peccaries.pt_BR
dc.format.extent78f. : ., grafs., tabs., maps., color.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectÁreas protegidas - Paranápt_BR
dc.subjectÁreas protegidas - Mata Atlanticapt_BR
dc.subjectMamífero - Distribuição geograficapt_BR
dc.subjectEcologiapt_BR
dc.titleDistribuição e monitoramento de mamíferos de médio e grande porte em áreas protegidas na Floresta Atlântica Costeira, Estado do Paraná, Sul do Brasilpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record