Show simple item record

dc.contributor.authorManske, Kléber Vitalpt_BR
dc.contributor.otherCaneparo, Sony Cortese, 1957-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geografiapt_BR
dc.date.accessioned2014-10-15T13:05:14Z
dc.date.available2014-10-15T13:05:14Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/36347
dc.descriptionOrientadora : Profa. Drª. Sony Cortese Caneparopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geografia. Defesa: Curitiba, 28/04/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Espaço, sociedade e ambientept_BR
dc.description.abstractResumo: A importância de estudos que visam contribuir com técnicas que podem ser utilizadas para a prevenção, ou fiscalização de áreas ambientais fica evidenciados neste trabalho, com o devido conhecimento sobre a legislação e processos que formaram o território da área urbana do municipio de Paranaguá, permite entender o atual estado do município e seus aspectos socioêconomicos.A ação antrópica sobre o meio ambiente é um tema discutido em diversas esferas do conhecimento e diversas linhas de pesquisas, pois em sua maioria degrada os recursos naturais, assim como os ecossistemas dos locais onde ocorre. Como o ser humano para sua sobrevivência exerce pressão sobre o ambiente, tornam-se necessários estudos que avaliem tal ação. O manguezal é uma destas áreas muito afetadas pelo ser humano, devido a sua localização e fácil acesso. A presente pesquisa visa analisar a dinâmica têmporo-espacial e socioambiental no ecossistema manguezal do perímetro urbano de Paranaguá - Paraná para os anos de 1962, 1980, 1996 e 2009, com a utilização de rotinas de análise espacial do Sistema de Informações Geográficas, bem como, através de modelagem preditiva, presumir para o ano de 2023, se ocorrerá ou não o avanço da antropização sobre de tal ecossistema. Serão gerados mapas que possibilitarão observar de que forma ocorreu, através do tempo, a ocupação espacial de tal ecossistema. Com a aplicação de rotinas da, cadeia de Markov e autômatos celulares, permitirão elaborar análises preditivas, quanto ao avanço da antropização sobre o ecossistema manguezal, para o ano de 2023. Os resultados demonstraram que a ocupação do ecossistema manguezal de Paranaguá ocorreu e ainda ocorre nas margens dos rios Itiberê e Emboguaçu. Os resultados indicam que houve uma retração da antropização sobre este ecossistema. Os resultados ainda demonstraram que as rotinas de análise espacial poderão ser utilizadas para auxiliar na tomada de decisão em várias esferas administrativas, sendo elas federais, estaduais, ou municipais, pois permitem, através dos produtos cartográficos gerados, além de prever a ocupação espacial, identificar as áreas mais afetadas pela dinâmica têmporo-espacial. Palavras chave: Urbanização, Manguezal, Paranaguá, Geoprocessamento, Cadeia de Markov, Autômato Celular.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The importance of studies that aim to contribute techniques that can be used for prevention or control of environmental areas is shown in this work, with the proper knowledge about the laws and processes that formed the territory of the urban area of the municipality of Paranaguá, allows us to understand the current state of the city and its socioêconomicos.A respects human action on the environment is discussed in various spheres of knowledge and various lines of research topic because mostly degrades natural resources and ecosystems of the places they occur. As pressure on the environment humans for their survival exercises, become studies that assess such action. The mangrove is one of these areas greatly affected by humans, due to its location and easy access. This research aims to analyze the temporal-spatial and environmental dynamics in mangrove ecosystem of the urban perimeter of Paranaguá - Paraná for the years 1962, 1980, 1996 and 2009, with the use of spatial analysis routines Geographic Information System and by predictive modeling to presumed 2023, whether or not the advance of such anthropization ecosystem occurs. Maps that will allow observing how occurred, over time, the spatial distribution of such ecosystem will be generated. With the application of routines, Markov chain and cellular automata, allow the drafting predictive analytics, regarding the advancement of human disturbance on the mangrove ecosystem for the year 2023. Results showed that the occupation of the mangrove ecosystem of Paranaguá occurred and still occurs Itiberê the banks of rivers and Emboguaçu. The results indicate that there was a decrease of human disturbance on this ecosystem. Results show that the spatial analysis routines may be used to assist in decision making at various administrative levels, and they federal, state, or municipal, they allow, through cartographic products generated, in addition to providing spatial occupation, identify the areas most affected by temporal-spatial dynamics. Keywords: Urbanization, Mangrove, Paranaguá, GIS, Markov chain, Cellular Automata.pt_BR
dc.format.extent90f. : il., color., grafs., tabs., maps.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectGeografiapt_BR
dc.titleA urbanização em manguezais uma análise têmporo-espacial através de técnicas de geoprocessamento - perímetro urbano de Paranaguá-PRpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record