Show simple item record

dc.contributor.authorOliveira, Cintia Regina Felix dept_BR
dc.contributor.otherRosario Filho, Nelson Augusto, 1949-pt_BR
dc.contributor.otherPereira-Ferrari, Lilianpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Medicina Internapt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T15:53:30Z
dc.date.available2014-12-17T15:53:30Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/36312
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Nelson A. Rosário Filhopt_BR
dc.descriptionCo-orientadora: Profª. Drª. Lilian Pereira Ferraript_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Medicina Interna. Defesa : Curitiba, 06/06/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: A doença pulmonar é um componente importante na Fibrose Cística (FC), pois a maioria dos pacientes vai á óbito devido este quadro ocasionado por infecções bacterianas, e pelo diagnóstico tardio na maioria dos centros de atendimento da FC. Os objetivos do trabalho foram verificar a microbiota das vias aéreas de pacientes com FC do Estado do Paraná, triados e acompanhados pelo ambulatório de FC do Hospital de Clínicas -UFPR (HC) no ultimo quinquênio (2008-2012). Para fins de análise os pacientes foram organizados da seguinte forma: grupo 1: pacientes acompanhados a partir de 2 anos de idade e grupo 2: pacientes acompanhados desde o 1º mês de idade. A pesquisa foi um estudo retrospectivo de análise de dados registrados no sistema informatizado do HC e acessados através do serviço de Alergia, Imunologia e Pneumologia, com 83 pacientes, visando acompanhar a evolução das colonizações do trato respiratório nos primeiros anos de vida. Durante a pesquisa foi realizada a busca de informações referentes ao número de culturas: realizadas, positivas, negativas durante 5 anos. Os resultados apontaram que o tempo de inclusão no programa foi em média 2 meses, semelhante aos dados da Cystic Fibrosis Foundation. S. aureus foi o primeiro patógeno isolado, a média de idade de 1,5 anos e apresentou a maior ocorrência por paciente (47%), a colonização por MRSA foi menor que a observada na literatura (7,7% no grupo 1 e 7% no grupo 2). A prevalência do complexo Burkholderia cepacia (cBc) nas crianças a partir de 1 mês de idade foi em torno de 10%, houve aumento do número de culturas positivas para os principais patógenos no 3º ano de acompanhamento com posterior queda no 5º ano nos 2 grupos, mas com comportamento das colonizações semelhante entre grupos. Foi também observado relação inversa entre a frequência de culturas positivas para fungos em relação à frequência dos principais patógenos, sugerindo efeito inibidor da P. aeruginosa em relação à colonização por fungos. Embora tenha sido observada alta taxa de colonização pelos principais patógenos, ao final do 5º ano de acompanhamento houve diminuição das colonizações, possivelmente decorrente do tratamento. Os dados observados corroboram com a literatura que atribui a estratégia de triagem neonatal à possibilidade de diagnóstico e tratamento precoces das colonizações sugerindo ser esta a única forma de prolongar a sobrevivência ao paciente com qualidade de vida. Palavras- chave: Fibrose cística, epidemiologia, microbiologiapt_BR
dc.description.abstractAbstract: Respiratory tract disease is an important component in Cystic Fibrosis (CF), since the vast majority of patients died due to pulmonary disease caused by bacterial infections, and due to a late diagnosis in most CF medical centers. The aim of this research were to verify the microorganism colonization of the airways of CF patients from Paraná state, screened and monitored by CF ambulatory, HC- UFPR, in the last five-year period ( 2008-2012). For purposes of analysis, patients were divided as follows: group 1: patients followed since 2 years old and group 2: patients followed since the first month of age.The study was an observational retrospective cohort study of 83 patients, to monitor the progress of colonization of the respiratory tract early in life, through a survey done in the database of Allergy, Immunology, Pulmonology from HC service from HC. Information regarding the number of cultures was obtained and if they were positive or negative in the last 5 years. The results showed that the time of inclusion in the program was on average 2 months, similar to data from the Cystic Fibrosis Foundation. The S. aureus was first isolated pathogen, at the mean age of 1.5 years and had the highest incidence per patient (47%) colonization with MRSA was lower than that observed in the literature (7.7% in group 1 and 7% in group 2). The prevalence of the complex of Burkholderia cepacia (cBc) in children from 1 month of age was around 10%, there was an increase in the number of positive cultures for the pathogens in the 3rd year of follow up with further decrease in the 5th year in both groups , but with the behavior of colorization similar between the groups. It was also observed an inverse relationship between the frequency of positive cultures for fungi and yeasts in the frequency of the main pathogens, suggesting an inhibitory effect of P. aeruginosa in relation to colonization by fungi and yeasts. Although high colonization rate was observed by major pathogens, at the end of the 5th year of follow-up there was a decrease of colonization, probably due to treatment. These data corroborate the literature that attributes to the neonatal screening the possibility of early diagnosis and treatment suggesting that this is the only way to prolong the survival of patients with quality of life. Keywords: Cystic Fibrosis, Epidemiology, Microbiologypt_BR
dc.format.extent108f. : il., color., tabs., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectFibrose cisticapt_BR
dc.subjectEpidemiologiapt_BR
dc.subjectMicrobiologiapt_BR
dc.subjectClínica médicapt_BR
dc.titleMicrobiota das vias aéreas de pacientes pediátricos com fibrose císticapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record