Show simple item record

dc.contributor.authorFranklin, Rafael Narcisopt_BR
dc.contributor.otherTimi, Jorge R. Ribas, (Jorge Rufino Ribas), 1957-pt_BR
dc.contributor.otherSilveira, Pierre Galvagnipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgicapt_BR
dc.date.accessioned2014-09-18T12:58:43Z
dc.date.available2014-09-18T12:58:43Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/36183
dc.description.abstractResumo: O aneurisma da aorta toracoabdominal (AATA) é uma doença degenerativa crônica, cuja história natural geralmente envolve a deterioração estrutural progressiva da parede do vaso, com gradual expansão e eventual ruptura. A ruptura, com suas desastrosas repercussões, é a sua mais importante complicação, com taxa de mortalidade global de aproximadamente 90%. A história desta doença tem refletido o notável progresso da cirurgia ao longo das gerações. A cirurgia aberta foi sendo progressivamente refinada e melhorada com advento de novas tecnologias. Porém, mesmo nos melhores centros, a morbimortalidade ainda é considerada elevada. Semelhante ao que ocorreu no tratamento do aneurisma da aorta abdominal, a técnica endovascular surgiu como uma forma menos invasiva e promissora para correção do AATA. A real possibilidade de transformar uma cirurgia de grande porte em um procedimento minimamente invasivo seduziu os especialistas e produziu profundas mudanças conceituais, com uma busca constante na melhoria da técnica, dos materiais e, consequentemente, dos resultados. Esta dissertação tem como objetivo descrever uma nova técnica de intervenção endovascular para correção do AATA intitulada como "Polvo”, que tem como aspecto principal a abordagem totalmente endovascular, possibilitando o tratamento de aneurismas complexos da aorta com manutenção do fluxo para o tronco celíaco, artéria mesentérica superior e ambas as artérias renais através de ramos formados pela justaposição de stents recobertos. Como objetivos específicos foram avaliadas a factibilidade técnica no modelo experimental com fluxo pulsátil, a integridade das conexões, o acomodamento entre as peças utilizadas e a busca pela melhor relação entre os diâmetros possíveis de utilização para minimizar espaço de "goteiras” com possibilidade de vazamentos ("endoleak”) através de método computadorizado de medidas em cortes tomográficos. Neste estudo pode ser demonstrada que a execução da técnica intitulada como "Polvo” é factível no modelo experimental. Pode-se observar um adequado acomodamento entre as peças utilizadas e integridade das conexões. A avaliação tomográfica demonstrou que a combinação dos stents recobertos (Viabahn®) de 8mm e 7mm apresentam a melhor relação entre os diâmetros possíveis de utilização, excetuando-se a combinação de três unidades de 7mm, dentro da perna "curta” da endoprótese bifurcada para garantir melhor conformabilidade e justaposição, com menor área de goteiras e possivelmente menor vazamento ("endoleak”). O pós-baloneamento interfere negativamente na conformabilidade e justaposição dos stents recobertos (Viabahn®), nas combinações de 8mm e 7mm de diâmetro.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAneurisma da aortapt_BR
dc.subjectAneurisma da Aorta Torácicapt_BR
dc.subjectEndoleakpt_BR
dc.titleNova técnica para correção do aneurisma da aorta toracoabdominal, com avaliação em um modelo experimental "in vitro" com fluxo pulsátil e avaliação das conexões por método tomográficopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record