Show simple item record

dc.contributor.authorRocha, Chayane dapt_BR
dc.contributor.otherMaiorka, Alexpt_BR
dc.contributor.otherDahlke, Fabiano, 1973-pt_BR
dc.contributor.otherLji, Paulpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterináriaspt_BR
dc.date.accessioned2014-08-29T14:47:21Z
dc.date.available2014-08-29T14:47:21Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/35952
dc.description.abstractResumo: Para que o trato gastrointestinal (TGI) desempenhe suas funções de maneira adequada é imprescindível que sua estrutura esteja íntegra. Inúmeros fatores podem alterar a dinâmica e a estrutura do TGI. Dentre estes, a presença de fatores antinutricionais como polissacarídeos não-amiláceos, peróxidos, aminas biogênicas, fitato nos alimentos são exemplos de compostos que podem ter efeitos prejudiciais sobre a saúde intestinal e produtividade animal. Deste modo, o objetivo geral desta tese foi avaliar como a inclusão de diferentes ingredientes adicionados a ração pode influenciar o desempenho, morfometria intestinal, peso de órgãos, concentração de ácido siálico e digestibilidade dos nutrientes em frangos criados até os 21 dias de idade. Para tanto, foram realizados diferentes experimentos, os quais tiveram como ingredientes testados: soja integral crua, tostada e superaquecida, óleo ácido de soja, farinha de penas, farelo de trigo e farelo de arroz. No capítulo 2 foi demonstrado que o processamento adequado da soja integral é fundamental, pois a inclusão de soja integral crua nas rações afetou tanto a integridade intestinal como a estrutura pancreática de frangos. Já, o superprocessamento do grão da soja prejudicou o aproveitamento de nutrientes pelas aves. No capítulo 3, verificou-se que a inclusão do óleo ácido de soja pode ser realizada como uma fonte energética alternativa ao óleo de soja sem prejuízos a altura de vilos, profundidade das criptas, concentração de ácido siálico e digestibilidade da ração. No entanto, não recomenda-se a inclusão do farelo de trigo e farinha de penas nas dietas de frangos, mesmo quando em níveis baixos. No capítulo 4 foi demonstrado que a inclusão de 25% de farelo de arroz ou farelo de trigo reduziu o aproveitamento de nutrientes e o desempenho de frangos. Já, a inclusão da combinação de enzimas demonstrou exercer efeitos positivos sobre o desempenho e digestibilidade dos nutrientes em frangos alimentados com dietas contendo farelo de arroz.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleImpacto de diferentes alimentos sobre a estrutura morfológica intestinal e digestibilidade dos nutrientes em frangospt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record