Show simple item record

dc.contributor.authorZagatto, Maurício Rumenos Guidettipt_BR
dc.contributor.otherBrown, George Gardnerpt_BR
dc.contributor.otherDieckow, Jefersonpt_BR
dc.contributor.otherThomazini, Marcilio Josept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solopt_BR
dc.date.accessioned2014-08-27T17:01:34Z
dc.date.available2014-08-27T17:01:34Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/35923
dc.description.abstractResumo: Para avaliar a degradação do solo, tem-se usado a fauna de solo como bioindicadora, uma vez que essa é sensível às práticas de manejo, clima, solo e vegetação. Sendo assim, o presente estudo avaliou a densidade e a diversidade da mesofauna, bem como a densidade, diversidade e biomassa da macrofauna edáfica em sistemas de uso do solo, visando identificar alterações na comunidade de invertebrados decorrentes do manejo e propriedades químico-físicas do solo. Para tanto foram avaliados, em duas épocas do ano cinco sistemas de uso no município de Ponta Grossa-PR: sistema de integração lavoura-pecuária-floresta com renques de Eucalyptus dunnii (ILPF), sistema de integração lavoura-pecuária (ILP), campo nativo pastejado (CN), plantio florestal de Eucalyptus dunnii (EU) e plantio direto (PD). Para cada sistema foram selecionadas três parcelas, e em cada parcela foram tomadas 8 amostras para mesofauna e 5 amostras para macrofauna, além de amostras para determinação da umidade e parâmetros físicos e químicos do solo. A mesofauna foi extraída do solo com auxílio de funis de Berlese, enquanto que a macrofauna foi coletada manualmente. Os indivíduos foram contados e identificados em nível de grandes grupos taxonômicos. Os dados foram submetidos a teste de Duncan a 5%, estatística não paramétrica e análise multivariada. O grupo mais abundantes da mesofauna foi Acarina, enquanto que para a macrofauna foram Isoptera, Hymenoptera Coleoptera e Oligochaeta. PD apresentou tendência a maior densidade de mesofauna, enquanto que CN maior densidade e biomassa de macrofauna. A diversidade foi menor em PD para a mesofauna e maior em ILP e CN para a macrofauna. O solo e o manejo afetaram a diversidade, densidade e biomassa da fauna edáfica.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleFauna edáfica em sistemas de uso do solo no Município de Ponta Grossa-PRpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record