Show simple item record

dc.contributor.authorPimenta, Alex Caetano
dc.contributor.otherZuffellato-Ribas, Katia Christina
dc.contributor.otherNogueira, Antonio Carlos
dc.contributor.otherKoehler, Henrique Soares, 1953-
dc.contributor.otherPanobianco, Maristela
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agronomia
dc.date.accessioned2015-11-05T20:35:43Z
dc.date.available2015-11-05T20:35:43Z
dc.date.issued2014
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/35863
dc.descriptionOrientadora : Prof. Dr. Katia Christina Zuffellato-Ribas
dc.descriptionCo-orientador : Prof. Dr. Antonio Carlos Nogueira
dc.descriptionCo-orientador : Prof. Dr. Henrique Soares Koehler
dc.descriptionCo-orientadora : Profª. Drª. Maristela Panobianco
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Agronomia. Defesa: Curitiba, 02/06/2014
dc.descriptionInclui referências
dc.descriptionÁrea de concentração: Produção vegetal
dc.description.abstractResumo: O araticunzeiro (Annona crassiflora Mart. – Annonaceae) é uma frutífera nativa do Cerrado brasileiro, de alto valor ecológico e com elevado potencial para o fornecimento de matéria prima às indústrias alimentícia, farmacêutica e cosmética. Seus frutos são muito apreciados como alimento pela população humana local, dadas suas qualidades organolépticas e nutricionais. Todavia, é uma cultura essencialmente extrativista e carente de informações básicas e aplicadas, tanto no sentido de conhecer a espécie em seu estado natural, para fins de conservação, quanto no sentido de organizá-la em uma cadeia produtiva, com fins comerciais. O presente trabalho teve como objetivo geral ampliar os conhecimentos sobre o araticunzeiro, no que tange à: morfologia de frutos, sementes e plântulas; caracterização de plantas matrizes e dos atributos da pós-colheita de frutos; propagação vegetativa via estaquia; e germinação de sementes. Os experimentos foram desenvolvidos entre os anos de 2010 e 2012, no Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), localizado em Santo Antônio do Leverger - MT e na Universidade Federal do Paraná (UFPR), localizada em Curitiba - PR. Envolveram ainda a fazenda Cascata do Andorinha, situada no Município de Santo Antônio do Leverger - MT, onde encontram-se as plantas matrizes que forneceram material para este trabalho. Para a caracterização morfológica foram utilizados 42 frutos e 100 sementes, e para a caracterização de plântulas foram semeadas 100 sementes. Nas plantas matrizes, mensuraram-se diâmetro do caule, altura e produção de frutos; nos frutos foram aferidos diâmetros e massa de suas partes; na polpa, efetuaram-se determinações de sólidos solúveis (SS), acidez titulável (AT), relação SS/AT, pH e umidade. Nos experimentos de estaquia, estacas caulinares tiveram suas bases imersas em solução hidroalcoólica com diferentes concentrações de ácido indol butírico (IBA), sendo mantidas em casa de vegetação por 60 dias. Paralelamente, realizaram-se análises anatômicas das estacas, utilizando material proveniente dos experimentos de estaquia. Para o experimento de germinação, aplicaram-se diferentes concentrações de giberelina (GA3) nas sementes, as quais foram mantidas em germinador até a avaliação. O araticunzeiro apresentou fruto composto, múltiplo estrobiliforme, globoso-subgloboso e carnoso; as sementes eram obovoides com tegumento glabro, castanho-claro, opaco, liso e ósseo; a germinação fora epígea e fanerocotiledonar. As plantas matrizes possuiam diâmetro médio do caule de 10,4 cm e altura média de 3,7 m, com produção média de 6,0 frutos por planta; o rendimento médio de polpa foi 45,9% e médias de SS de 17,60 °Brix, AT de 0,37% de ácido málico, relação SS/AT de 52,23, pH de 4,45 e umidade de 74,3%. Não houve enraizamento das estacas; anatomicamente, observou-se crescimento secundário, com a formação do câmbio e felogênio e forte presença de compostos fenólicos. Houve efeito significativo da aplicação de GA3 para todas as variáveis, sendo obtidos valores de até 59% e 86%, para primeira contagem e germinação respectivamente, com índice de velocidade de germinação máxima de 0,48. Conclui-se que houve uma ampliação de conhecimentos sobre o araticunzeiro, no que tange às características estudadas, resultando numa modesta contribuição ao estado geral da obra sobre a espécie.
dc.description.abstractAbstract: Araticum plant (Annona crassiflora Mart. - Annonaceae) is a native tree fruit of the Brazilian "Cerrado" with high ecological value and high potential for the supply of raw materials to food, pharmaceutical, and cosmetics industries. Such fruits are highly prized as food by the local human population due to its organoleptic and nutritional qualities. However, it is essentially an extractive culture and lacking of basic and applied information both about its natural status for conservation purposes as in organizing a supply chain for commercial purposes. This study aimed primarily to expand the knowledge about "araticunzeiro" regarding the morphology of fruits, seeds, and seedlings, production and characterization of matrix plants, postharvest fruit attributes, vegetative propagation by cuttings, and seeds germination. The experiments were carried out from 2010 to 2012 at the Federal Institute of Mato Grosso (Instituto Federal de Mato Grosso-IFMT) located in Santo Antonio do Leverger - Mato Grosso State-MT, Brazil, and the Federal University of Paraná (Universidade Federal do Paraná-UFPR) located in Curitiba - Paraná State-PR, Brazil. Cascata do Andorinha Farm located in Santo Antonio do Leverger, owner of the matrix plants, provided material for this study. Forty-two fruits and one hundred seeds were used for morphological characterization and one hundred seeds have been sown for seedlings characterization. Stem diameter of fruit, height, and production were measured in the matrix plants; diameter and mass of the parts were measured in the fruits; soluble solids determination (SS), titratable acidity (TA), SS/TA, pH, and moisture ratio were taken from the pulp. In the experiment of vegetative propagation, stem cuttings had their bases immersed in hydroalcoholic solution with different concentrations of indole butyric acid (IBA) and were maintained in a greenhouse for sixty days. In parallel, anatomical analyzes of cuttings were made using material from the cutting experiment. For the germination experiment, different concentrations of gibberellic acid (GA3) were applied in the seeds, which were kept in an incubator chamber until the evaluation phase. The "araticunzeiro" showed compound fruit, multiple cone-like, globose-subglobose, and fleshy structures; seeds were obovoid with glabrous, light brown, opaque, smooth, and osseous integument; germination was epigeal and phanerocotylar. The matrix plants had stem diameter of 10.4 cm and 3.7 m height with an average production of 6.0 fruits/plant; the average pulp yield was 45.9% and SS average of 17.60 °Brix, TA of 0.37% malic acid, SS/TA ratio of 52.23, 4.45 pH, and 74.3% moisture. There was no rooting of cuttings; anatomically, tissue in secondary growth was noted with cambium and phellogen formation and strong presence of phenolic compounds. There was significant effect of GA3 for all variables with values up to 59% and 86% for the first count and germination, respectively, with speed rate of maximum germination of 0.48. It was concluded that there was an improving knowledge about the araticum plant regarding the studied characteristics resulting in a modest contribution to the overall status of the work on the species.
dc.format.extent123f. : il., algumas color., maps., grafs., tabs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectTeses
dc.subjectAgronomia
dc.subjectFruticultura - Cerrados - Brasil
dc.subjectAraticum
dc.titleCaracterização morfológica de frutos, sementes e plântulas, estaquia e germinação de sementes de araticunzeiro(Annona crassiflora Mart. Annonaceae))
dc.typeTese


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record