Show simple item record

dc.contributor.advisorChueiri, Vera Karam dept_BR
dc.contributor.authorZancan, Carolina Pauleto Ferrazpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Jurídicas. Curso de Graduação em Direitopt_BR
dc.date.accessioned2014-07-17T22:05:53Z
dc.date.available2014-07-17T22:05:53Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/35595
dc.description.abstractResumo: O trabalho discorre sobre a liberdade de expressão e o importante papel que o exercício de tal direito possui no desenvolvimento da sociedade. Por este motivo, a todos deve ser garantido em igual medida, não podendo ser relativizado por questões de gênero, classe social, convicções políticas ou, de forma específica, pelo exercício de determinada profissão. Portanto, incabível afirmar que o policial militar não possui a possibilidade de se manifestar, demonstrando o seu ponto de vista inclusive sobre questões institucionais. Através do estudo de dois casos fáticos, foram relacionados conceitos de Direito Administrativo e Direito Constitucional para demonstrar de que maneira o militarismo e o exercício da liberdade de expressão podem se complementar em prol de uma instituição totalmente voltada à proteção e satisfação dos direitos e garantias estabelecidos pela Constituição Federal de 1988pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectLiberdade de expressãopt_BR
dc.titleA liberdade de expressão no direito militar estadualpt_BR
dc.typeMonografia Graduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record