Show simple item record

dc.contributor.advisorGosdal, Thereza Cristinapt_BR
dc.contributor.authorOliveira, Caio Cesar dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Jurídicas. Curso de Graduação em Direitopt_BR
dc.date.accessioned2014-07-17T22:04:20Z
dc.date.available2014-07-17T22:04:20Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/35594
dc.description.abstractResumo: O ambiente de trabalho mal preparado, sem a devida preocupação com a segurança e o bem estar do empregado, pode ocasionar prejuízos materiais e imateriais de difícil reparação ou até mesmo irreparáveis. Um acidente de trabalho ou uma doença ocupacional não significam apenas um empregado afastado, mas também outras consequências negativas, como sequelas permanentes para o trabalhador e sua família, diminuição do rendimento dos demais empregados com medo de ocorrer novo acidente, destruição dos equipamentos e interrupção da produção. Diante desse cenário, percebe-se que um planejamento organizacional voltado para a saúde e segurança do trabalho, com a participação daqueles que, de alguma maneira, estão envolvidos na relação empregado/empregador pode proporcionar benefícios para todos, pois os empregados estarão protegidos, se sentirão valorizados e respeitados, e passarão a desempenhar melhor sua atividade profissional. Em contrapartida há um retorno financeiro para o empregador que evita os custos indesejáveis à empresapt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSegurança do trabalhopt_BR
dc.subjectAcidentes do trabalhopt_BR
dc.subjectDoenças profissionaispt_BR
dc.titlePlanejamento e prevenção de acidentes e doenças ocupacionaispt_BR
dc.typeMonografia Graduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record