Show simple item record

dc.contributor.advisorMarchi, Euclides, 1944-pt_BR
dc.contributor.authorVieira, Matheus Machadopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Históriapt_BR
dc.date.accessioned2019-11-07T14:00:34Z
dc.date.available2019-11-07T14:00:34Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/35248
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Euclides Marchipt_BR
dc.descriptionCoorientador :pt_BR
dc.descriptionAutor não autorizou a divulgação do arquivo digitalpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História. Defesa: Curitiba, 14/03/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração :pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta dissertação pauta-se na discussão do discurso católico e judiciário e seu papel na construção do casamento, da mulher e da família em Ponta Grossa, nos anos de 1930 a 1945. O discurso católico e o discurso judiciário são os objetos centrais desta proposta. Neles, são analisadas as representações da mulher, do casamento e da família. Os discursos religiosos estudados fazem parte de documentos eclesiásticos oficiais da Igreja Católica: duas encíclicas do papa Pio XI, Casti Connubbi (sobre o matrimônio cristão, 1930), Divinni Illius Magistri (sobre a educação cristã da juventude, 1929) e as cartas pastorais do primeiro bispo de Ponta Grossa, Dom Antônio Mazzarotto. Uma das discussões apresentadas é a relação da Igreja Católica com o mundo moderno a partir de meados do século XIX e a primeira metade do XX. A posição da Igreja em relação à família, ao matrimônio e à mulher é parte de toda uma política do momento disseminada por Roma. Políticas que se pautaram na condenação à emancipação da mulher, no fortalecimento dos laços conjugais e na exaltação da família, aspectos estes presentes nas fontes eclesiásticas. No intuito de comparar os discursos da Igreja sobre o casamento, a mulher e a família, estes também são analisados por meio das leis de Estado. Para tanto, foram utilizadas fontes judiciárias, quais sejam, quatro processos da 1ª Vara Criminal da Comarca de Ponta Grossa. Os processos selecionados estendem-se do ano de 1940 a 1945. Para esta análise foram elencados como principais teóricos: Michel Foucault, Michel de Certeau, Pierre Bourdieu e Roger Chartier.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The dissertation discusses the construction of an ideal marriage, woman and family by the Catholic and Judicial discourses in the city of Ponta Grossa from 1930 to 1945. The Catholic and judicial discourses are the main object of this study, as the convey representations of women, marriage and family. The religious discourses are found in the official ecclesiastics documents from the Catholic Church: two encyclicals by Pope Pio XI, and the pastoral letters from the first bishop of Ponta Grossa, Dom Antônio Mazzarotto. One of the presented discussions is the relation between Catholic Church and the modern world from mid-19th Century to 20th Century first half. The position of the Church related to family, matrimony and woman is part of a whole policy of the moment disseminated by Rome. Those policies were guided by condemnation of the women's emancipation, reinforcing the marital ties and fortification and the exaltation of the family. I analised the State laws and judicial sources in order to compare their representations of woman, family and matrimony with the religious production. Therefore, I studied four lawsuits from the Ponta Grossa, dated from 1940 to 1945. The theorical framework of this research comprehends the works of: Michel Foucault, Michel de Certeau, Pierre Bourdieu and Roger Chartier.pt_BR
dc.format.extent212f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectDissertações - Históriapt_BR
dc.subjectCasamento - Históriapt_BR
dc.subjectFamília - Ponta Grossa (PR)pt_BR
dc.subjectMulheres - Históriapt_BR
dc.subjectCasamento religiosopt_BR
dc.subjectHistóriapt_BR
dc.title"Viciadas e perversas ou honestas e respeitosas?" : a representação do matrimônio, da mulher e da família no discurso religioso e judiciário : Ponta Grossa (1930-1945)pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record