Show simple item record

dc.contributor.authorBarbosa, Geraldo Veríssimo de Souzapt_BR
dc.contributor.otherOliveira, Ricardo Augusto dept_BR
dc.contributor.otherDaros, Edelclaitonpt_BR
dc.contributor.otherBespalhok Filho, Joao Carlospt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agronomiapt_BR
dc.date.accessioned2014-03-20T16:22:05Z
dc.date.available2014-03-20T16:22:05Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/34879
dc.description.abstractResumo: O atual Estado de Alagoas, situado no Nordeste do Brasil, teve seu povoamento iniciado no ano de 1570 com o cultivo da cana-de-açúcar. Inúmeros engenhos produtores de açúcar foram instalados durante três séculos e meio nesse espaço, que se transformaram nas atuais 24 usinas produtoras de açúcar, etanol e na cogeração de eletricidade, apoiadas por 7.650 fornecedores de cana. Historicamente, o melhoramento genético teve grande contribuição para essa cadeia produtiva. Na safa 1975/1976, Alagoas cultivou 267 mil hectares de cana-de-açúcar, onde predominava o cultivo das variedades Co331 e CB45-3, com baixos rendimentos em açúcar. Investimentos realizados pelos setores públicos e privados desenvolveram e introduziram cultivares modernas. Na safra 2010/2011, com área de 452 mil hectares, prevaleceu o cultivo das variedades das siglas RB e SP, com maiores rendimentos em açúcar. O objetivo deste trabalho foi registrar a contribuição do melhoramento genético da cana-de-açúcar para a agroindústria canavieira de Alagoas nas últimas quatro décadas. Por meio de análise documental, análises estatísticas de ensaios com cultivares desenvolvidas e introduzidas, bem como análise dos rendimentos agroindustriais alcançados em quatro décadas, associados à adoção das cultivares pelos produtores do Estado, foram avaliados e apresentados em três capítulos: i) as estratégias adotadas na hibridação e seleção de genótipos para os ambientes da região em dois períodos (1975 a 1992 e 1993 a 2010); ii) o êxito da seleção recorrente da cana-de-açúcar, tendo como base a cultivar RB72454; e iii) o impacto da adoção de novas cultivares nos rendimentos agroindustriais e no retorno econômico aos produtores de cana-de-açúcar de Alagoas. Os resultados indicaram que: com a estratégia adotada entre 1975 e 1992, visando aumentar o teor de sacarose, o ganho anual no rendimento de açúcar foi 80 kg ha-1 e, com a estratégia de elevar o rendimento agrícola, de 1993 a 2010, o aumento anual no rendimento de açúcar foi de 140 kg ha-1, com expressiva contribuição da cultivar RB92579; evidenciou-se grande eficácia da seleção recorrente para duas gerações da RB72454, e que ainda não foi atingido um limite de acumulação de sacarose da cana, indicando possível ganho para a próxima geração da RB72454; as cultivares mais adotadas nas últimas três décadas e que substituíram a Co331 e CB45-3 foram SP70-1143, SP71-1406, RB72454, SP79-1011, SP81-3250, RB83102, RB867515 e RB92579; o ganho em rendimento entre as safras 1993/1994 e 2010/2011 foi 0,200 t de açúcares redutores totais ha-1 (TARTH), valor quatro vezes superior ao progresso observado entre as safras 1975/1976 e 1992/1993; poder-se-ia esperar rendimento médio de 4,93 TARTH com o uso das cultivares Co331 e CB45-3, valor muito inferior ao rendimento médio de 9,94 TARTH, com o uso das cultivares das siglas RB e SP; as cultivares adotadas contribuíram na safra 2010/2011 com adicional extra de US$ 17,36 milhões, e deste montante, US$ 10,42 milhões podem ser creditados à adoção das cultivares RB; em 2010, a RB92579 contribuiu a mais que à SP79-1011, o montante de US$ 50,30 milhões, ou 625,54 US$ ha-1. Os resultados desse estudo servirão de subsídio para a capitação de recursos financeiros junto às empresas privadas do setor produtivo canavieiro alagoano, e assim poder incrementar os investimentos nas pesquisas de obtenção de cultivares RB da RIDESA/UFAL.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectCana-de-açúcar - Melhoramento genéticopt_BR
dc.subjectAgroindústria canavieira - Alagoaspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleContribuição do melhoramento genético da cana-de-açúcar para a agroindústria canavieira de Alagoaspt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record