Show simple item record

dc.contributor.advisorVianna, Carlos Roberto, 1958-pt_BR
dc.contributor.authorLanger, Arleni Elise Sellapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2021-07-20T19:53:49Z
dc.date.available2021-07-20T19:53:49Z
dc.date.issued2004pt_BR
dc.identifierEncpt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/34760
dc.descriptionOrientador: Carlos Roberto Viannapt_BR
dc.descriptionDissertaçao (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educaçao, Programa de Pós-Graduaçao em Educaçao. Defesa: Curitiba, 2004pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografia e notas bibliográficaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentraçao: Educaçao, Cultura e Tecnologiapt_BR
dc.description.abstractResumo: Este estudo teve como objetivo investigar e analisar as diferenças e as similaridades existentes entre os significados produzidos pelos professores e por seus alunos por meio dos processos reflexivos manifestos através da fala e da escrita em situação de entrevista. O trabalho caracteriza-se por utilizar-se de uma abordagem qualitativa de investigação. Delineamos uma metodologia que deu voz aos nossos colaboradores, professores e alunos. Dois professores realizaram entrevistas individuais no início e no final do trabalho de campo. Além dessas realizamos uma entrevista conjunta com ambos, momento que consideramos marcante. Os participantes ainda resolveram, com e sem o uso da balança, uma tarefa com duas equações propostas. A um grupo de alunos de cada professor foi apresentada tarefa idêntica. Nossa análise foi efetuada a partir do envolvimento das múltiplas vozes dos protagonistas. Entre outras conclusões e reflexões a que este estudo remete, ele nos mostra a urgência em se permitir que a sala de aula funcione como um espaço comunicativo privilegiado onde a álgebra ao invés de ser um tema marginalizador se torne uma oportunidade para a convivência com sua pluralidade de significados.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This study had as goal to investigate and to analyse the differences and similarities between the meanings produzed by teachers and those produzed by their students through reflexive process demonstrated through the speech and writing in an interview situation. The research work is characterized by using a qualitative approach in its investigation. We have outlined a method that gave voice to our collaborators, teachers and students. Two teachers have given individual interviews on the beggining and ending of this research. Apart from these, we also did one interview jointly with both teachers, and that was a very special moment in the research. The participants also solved one task with two equations, using or not using the scale. It was given the same task to a group of students of each teacher. Our analysis was carried out with basis in the involvement of the multiple voices of each protagonist. Among other conclusions and reflections this study refers to, it shows us that it’s urgent allowing the classroom to work as a communicative space where the algebra, rather than a marginalizated theme, can become an oportunity to have contact with a plurality of meanings.pt_BR
dc.format.extentv, 155f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponivel tambem em formato digitalpt_BR
dc.subjectAlgebra - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectEquaçõespt_BR
dc.subjectDissertações - Educaçãopt_BR
dc.titleEquaçoes do primeiro grau : trajetória de uma análise de significadospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record