Show simple item record

dc.contributor.advisorBuchi, Dorly de Freitaspt_BR
dc.contributor.authorAbud, Ana Paula Ressettipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecularpt_BR
dc.date.accessioned2018-04-20T19:21:10Z
dc.date.available2018-04-20T19:21:10Z
dc.date.issued2005pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/34054
dc.descriptionOrientadora : Dorly de Freitas Buchipt_BR
dc.descriptionDissertaçao (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Biológicas, Programa de Pós-Graduaçao em Biologia Celular e Molecular. Defesa: Curitiba, 2005pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografia e anexospt_BR
dc.descriptionÁrea de concentraçao: Biologia celular e molecularpt_BR
dc.description.abstractA medula óssea vermelha presente em ossos como o esterno, ossos ilíacos, costelas e fêmures, é altamente vascularizada e apresenta uma estrutura anatômica especial que permite a proliferação e diferenciação das células pluripotentes. Esse microambiente especial é formado pelas células do estroma medular, que sustentam a sobrevivência, proliferação, diferenciação e maturação das células tronco e seus sucessores e são produtoras de citocinas. Esse microambiente também contém moléculas de matriz extracelular. Existe então um verdadeiro sistema regulador que garante a hematopoiese in vivo. O medicamento Canova é uma especialidade farmacêutica desenvolvida a partir de tinturas conhecidas na farmacopéia: Aconitum napellus, Bryonia alba, Thuya occidentalis, Lachesis muta e Arsenicum album diluídos em água destilada e menos de 1% de álcool. Os fêmures de camundongos suíços, apresentando três meses de idade, foram dissecados e limpos. As epífises foram removidas e a medula óssea foi obtida através de lavagem com Dulbecco’s modified eagle medium (DMEM) contendo 10% de soro bovino fetal com antibióticos. As células foram contadas em câmera de Neubauer. Esse trabalho tem como objetivo verificar os efeitos do composto medicamentoso homeopático Canova sobre células da medula óssea de camundongos, cultivadas in vitro. O Canova agiu sobre as células aderentes da medula óssea promovendo a ativação e o espraiamento. Também foram encontrados, em grande quantidade, agrupamentos de células sobre as aderentes (ninhos) nas culturas tratadas. O tratamento com o Canova não alterou a expressão dos marcadores de superfície analisados, CD45R, CD11b, CD11c, Ly-6G, CD3e e TER-119. O que ocorreu foi uma flutuação de alguns desses marcadores (CD45R, CD11c, CD3e e TER-119) ao longo do desenvolvimento da cultura, indicando diferenciação celular. Esse medicamento também não alterou a concentração de citocinas presentes no sobrenadante da cultura. Nesse trabalho não encontramos alterações em vários tipos celulares com exceção dos macrófagos. Essas células são a primeira linha de defesa do organismo, sendo mais suscetíveis a responderem a alguns estímulos. O medicamento imunomodulador Canova atua comprovadamente sobre macrófagos. palavras-chave: medula óssea, Canovapt_BR
dc.description.abstractThe medullar cavity of long bones and the interstices between trabeculae of spongy bones house the soft, gelatinous, highly vascular and cellular tissue known as marrow. It shows a special anatomic structure that allows proliferation and differentiation of progenitors cells. This microenvironment is composed by marrow stromal cells, extracellular matrix, progenitors cells which differentiate into mature blood cells and growth factors. Canova is a homeopathic medication resulted from the combination of widely used homeopathic tinctures derived from the following substances: Aconitum napellus, Thuya occidentalis, Bryonia alba, Lachesis muta and Arsenicum album in alcoholic solution. Femurs from three months swiss mice were dissected and cleaned. Epiphyses were removed and the marrow was flushed with Dulbecco’s modified eagle medium (DMEM) containing 10% fetal bovine serum with antibiotics. Cells were counted in Neubauer chamber. This study aimed to know the effects of Canova medication on in vitro mice bone marrow cells. This medication acts on bone marrow adherent cells improving its activation and spread. Canova seems to increase cell clusters on adherent cells. Flow cytometry analysis showed no differences on the expression of tested surface markers among the groups. It was observed that culture periods have influences on expression of some markers. CD11c and CD3 increased the expression after 72 hours and decreased after 96 hours. CD45R decreased expression after 72 and increased after 96 hours. TER-119 increased the expression after 72 hours and it was maintained after 96 hours of culture, and this is an indication of cell differentiation. This medication did not modify the cytokines concentration on culture supernatant. In this work no alterations in some cellular lineages were detected except for the monocytic lineage. Macrophages are the first defense line of an organism thus being more susceptible to respond a stimulus. The immunemodulator medication called Canova acts on macrophages.pt_BR
dc.format.extentxi, 86f. : il. algumas color., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectBiologia celularpt_BR
dc.subjectMedula osseapt_BR
dc.subjectBiologia molecularpt_BR
dc.subjectCitologia e biologia celularpt_BR
dc.titleAçao in vitro do medicamento homeopático canova em células de medula óssea de camundongospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record