Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva, Eduardo Teixeira dapt_BR
dc.contributor.authorLemos, Clarice Farian dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solopt_BR
dc.date.accessioned2013-11-13T19:56:01Z
dc.date.available2013-11-13T19:56:01Z
dc.date.issued2013-11-13
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/33543
dc.description.abstractResumo: O presente estudo foi desenvolvido com a finalidade de analisar e comparar a erosão superficial entre duas áreas com processos de cultivos diferentes: plantio direto e plantio convencional, através do aparelho de Inderbitzen. As análises foram realizadas no solo tipo Latossolo Vermelho Amarelo (Lva) textura argilosa fase campo subtropical relevo suave ondulado, retirado dessas áreas de cultivos, localizadas no Centro de Estações Experimentais (CEEx) - Fazenda Canguiri - Universidade Federal do Paraná (UFPR), no município de Pinhais/PR. Para cada área foram avaliadas duas camadas, com profundidades de 0,0 a 20,0 cm e de 20,0 a 40,0 cm, denominadas de "A" e "B", respectivamente. Amostras deformadas de solos, dessas duas camadas, foram submetidas à caracterização morfológica e análises mineralógicas, químicas e físicas. As amostras indeformadas retiradas apenas da camada "A", na forma de cubo, foram usadas no ensaio de desagregação e as coletadas na forma de anéis foram utilizadas no ensaio com o aparelho de Inderbitzen, onde se considerou o escoamento superficial e a ação direta das gotas de chuva, através de um simulador acoplado a esse aparelho. Essas amostras foram ensaiadas em duas condições de umidade: natural e de ressecamento. As conclusões foram: ocorreu variação quantitativa do fenómeno de erosão, devido às características do solo no plantio direto comparado com do plantio convencional; contribuição do impacto das gotas de chuva na desagregação do solo; a ineficiência do ensaio de desagregação para comparação da erodibilidade do solo, entre camadas superficiais; confirmação do emprego do aparelho de Inderbitzen para análise de erosão superficial e o solo, na condição de ressecamento, apresenta pouca influência no processo de erosão superficial, em solo agrícola, comparado com a condição de umidade natural.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSolos - Erosãopt_BR
dc.subjectPlantio diretopt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleAvaliação da erosão superficial em áreas de cultivo com plantio direto e plantio convencional, utilizando o aparelho de inderbitzenpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record