Show simple item record

dc.contributor.authorCarvalho, Paulo Gabriel da Silvapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Botânicapt_BR
dc.contributor.otherSoffiatti, Patriciapt_BR
dc.contributor.otherMarques, Renatopt_BR
dc.date.accessioned2013-11-08T13:45:33Z
dc.date.available2013-11-08T13:45:33Z
dc.date.issued2013-11-08
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/32978
dc.description.abstractResumo: As características físico-químicas dos solos podem afetar o xilema secundário, ocasionando modificações na estrutura anatômica. O objetivo deste estudo foi o de comparar a estrutura anatômica e os teores nutricionais do xilema secundário em duas populações de Citharexylum myrianthum Cham. (Verbenaceae) que ocorrem em dois tipos de solo, Cambissolo e Gleissolo, em uma área de Mata Atlântica, correlacionando-as com as características químicas e físicas destas duas condições edáficas. As amostras de xilema secundário foram coletadas na altura do DAP (diâmetro a altura do peito), em 15 indivíduos de cada população. Para o estudo anatômico, as amostras foram fixadas em FAA50, seccionadas nos planos transversal, longitudinal tangencial e radial, coradas com safranina e montadas em lâminas permanentes, seguindo as técnicas usuais utilizadas em anatomia da madeira. As características quantitativas analisadas foram comprimento e diâmetro dos elementos de vaso, comprimento e espessura da parede das fibras, altura e largura dos raios, frequência dos vasos e raios. Para a análise dos teores nutricionais da madeira, as amostras foram moídas em moinho de Wiley e submetidas às técnicas usuais para a determinação dos teores de macro e micronutrientes. Para comparação entre as populações dos parâmetros anatômicos quantitativos e os teores nutricionais, e os teores nutricionais e as características anatômicas, utilizou-se a Análise de Componentes Principais (PCA), Análise de Variância Multivariada não- paramétrica (MANOVA). As características qualitativas gerais do xilema secundário de C. myrianthum em ambas as populações foram semelhantes ao descrito na literatura, entretanto foram observadas diferenças quanto à porosidade. Os dados anatômicos quantitativos foram diferentes entre as populações, onde no Gleissolo mostraram os maiores valores de frequência de vaso, espessura da parede dos elementos de vaso e comprimento das fibras e no Cambissolo apresentaram os maiores valores de comprimento dos vasos e espessura da parede das fibras. Os teores nutricionais do xilema secundário revelaram que os indivíduos Gleissolo apresentaram maiores teores de Fósforo (P), Potássio (K), Cálcio (Ca), Magnésio (Mg), Cobre (Cu), Manganês (Mn), Ferro (Fe) e Zinco (Zn), enquanto as plantas do Cambissolo mostraram maiores porcentagens de Carbono (C) e Nitrogênio (N). Para demonstrar a correlação entre os teores nutricionais e as variáveis anatômicas, foram realizadas análises utilizando o Teste de Mantel e a Análise de Redundância (RDA), onde os teores de K, Cu e Mn estão correlacionados à maior frequência de vasos e espessura da parede dos vasos para a população do Gleissolo, enquanto que na população do Cambissolo as maiores porcentagens de C e N estão correlacionadas à largura dos raios. O xilema secundário de C. myrianthum responde distintamente às duas condições de solo, considerando-se a anatomia e os teores nutricionais, que podem ser correlacionados às condições edáficas, desempenhando um papel importante na adaptação da espécie a cada condição.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.titleAnatomia e teores nutricionais do xilema secundário de Citharexylum Myrianthum Cham (Verbenaceae) em duas condições de solopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record