Mostrar registro simples

dc.contributor.authorRibeiro, Yonara Cristianept_BR
dc.contributor.otherHolanda, Adriano Furtadopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2018-08-15T17:50:54Z
dc.date.available2018-08-15T17:50:54Z
dc.date.issued2010pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/32880
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Adriano Furtado Holandapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Defesa: Curitiba, 10/12/2010pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls.60-65pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Prática profissional de enfermagempt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta pesquisa teve como objetivo desvelar os significados do que é o "cuidado" para enfermeiras que trabalham em Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular do Paraná. Desenvolveu-se, pois, uma pesquisa empírica de cunho qualitativo com base na perspectiva fenomenológico-existencial. O cenário em que o estudo se desenvolveu foi o Hospital São Lucas da Faculdade Assis Gurgacz - FAG na cidade de Cascavel (PR) e teve, como colaboradoras, seis enfermeiras da Unidade de Terapia Intensiva. Os depoimentos foram coletados a partir de uma entrevista semi-estruturada, analisados à luz da fenomenologia. A análise dos depoimentos foi baseada na proposta fenomenológica empírica de Amedeo Giorgi, que segue quatro passos: apreender o significado dentro da estrutura global por meio da leitura atenta do conteúdo total, expresso de forma a identificarem-se atributos ou elementos presentes; identificar as unidades de significado dentro da perspectiva da pesquisadora por meio da releitura do texto e transformar as expressões do sujeito em linguagem de pesquisa, para que sejam discriminadas afirmações significativas; refletir intuitivamente para captar aquilo que é significativo nas unidades, tendo sempre a questão norteadora como orientação e por fim, sintetizar todas as unidades pela análise de modo a realizar uma análise compreensiva das descrições. Desse modo, dos discursos emergiram seis categorias: Dimensão do mundo do cuidado, O Cuidar como Encontro com a Finitude, o Estar-Com a Família no Mundo do Cuidado, Cuidar como Trabalho em Equipe, A humanização do cuidado e, Criando a Visibilidade do Cuidado pela Enfermeira da UTI. A abordagem fenomenológica permitiu estar no mundo do cuidar da UTI e perceber que o cotidiano é repleto de complexas e infinitas possibilidades, cujo sentido é dado por quem o vivencia, permitindo uma compreensão dos significados do cuidar para o contexto da enfermagem. Conclui-se que o cuidar em UTI é uma atividade complexa que envolve o gerenciamento e a administração de serviços, bem como a formação continuada, a sistematização de procedimentos e convívio com a dimensão técnica e a tecnologia. Isto gera ambiguidades para o enfermeiro, pois este se depara com um distanciamento do cuidado direto ao paciente, bem como com os ideais trazidos da sua formação. Além disso, o cuidar implica em enfrentar a finitude, em estar-com a família e em trabalho em equipe. Por fim, percebeu-se a necessidade de se discutir a humanização do cuidado e de se refletir sobre a identidade do enfermeiro.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The aim of this research was to uncover the meanings of what is "care" for nurses working in the intensive care unit of a private hospital in Paraná. An empirical research based on qualitative existential-phenomenological perspective was developed. The scenario in which the study was carried out was São Lucas Hospital from Faculdade Assis Gurgacz - FAG and had, as cooperators, six nurses from the Intensive Care Unit of that hospital. The testimonies were collected through a semistructured interview and analyzed based on phenomenology. The phenomenological approach allowed us to be in the world of the ICU care, and realize that daily life is full of complex and endless possibilities, which meaning is given by the person who experiences, allowing an understanding of the meanings of caring in nursing context. The statements relied on the model proposed by the empirical phenomenology of Amedeo Giorgi, which follows four steps: understand the meaning within the overall structure by carefully reading the entire contents expressed in order to identify attributes or elements; identify units of meaning within the perspective of the researcher by rereading the text and changing the expressions of the subject to research language so that significant statements are described; think intuitively to express what is significant in the units, taking the research question as guidance, and finally synthesize all units through comprehensive analysis of the descriptions. Six categories rose from the speeches: World dimension of care; care as a joint with finitude; being with family in the world of caring; care as a teamwork; the humanization of care and, creating visibility of care by ICU nurses. It is concluded that ICU care is a complex activity which involves from management and administration services and continuing education to systemizing procedures as well as coping with technical dimension and technology. These create ambiguities for the nurse, who is faced with a distancing from the patient care and the relation of the ideals brought from training. In addition, caring means facing the finitude, being with family and also teamwork. Finally, the humanization of care and the reflection on the identity of the nurse are needept_BR
dc.format.extent82f. : tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectEnfermagem na terapia intensivapt_BR
dc.subjectFenomenologiapt_BR
dc.subjectEnfermeiraspt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.subjectEnfermagem - Unidade de terapia intensivapt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.titleAs dimensões do cuidado da enfermeira na unidade de terapia intensivapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples