Show simple item record

dc.contributor.advisorFigueiredo Filho, Afonso, 1951-pt_BR
dc.contributor.authorGauto, Oscar Arturopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-09-26T21:43:23Z
dc.date.available2013-09-26T21:43:23Z
dc.date.issued2013-09-26
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/32201
dc.description.abstractA dinâmica de crescimento em diâmetro, área basal e volume de uma Floresta Natural Estacional Semidecidual, localizada no Departamento Guaraní, Provincia de Misiones, Argentina foi estudada com dados de uma parcela permanente de 4 ha, estabelecida e medida em 1993 e remedida em 1995. Espécies com similares comportamentos ecológicos foram agrupadas com a técnica de análise multivariada. Após as medições de 1993, uma exploração comercial foi aplicada sobre a parcela e seus impactos, decorridos 2 anos (em 1995) foram também analisados. Nas duas ocasiões, as espécies com DAP ? 10 cm foram botanicamente identificadas, e também foram medidos os DAPs e alturas comerciais das árvores. A análise florística revelou que a exploração afetou moderadamente a composição e a diversidade florística das espécies com DAP ?10 cm. O incremento diamétrico anual da floresta teve a média de 5,79 mm e mediana de 4,5 mm apresentando acentuada assimetriaa pata a esquerda quando plotadas as frequências vs. classes de incremento. Confirmou-se que a maior causa da variabilidade nos incrementos deve-se ao fato que algumas espécies apresentaram incrementos anuaos médios muito baixos (± 1,8 mm) enquanto outras tiveram altas taxas de crescimento (23,6 mm). A análise de agrupamento, determinou a existência de seis grupos diferentes com respeito às variáveis distribuição, incremento em área transversal e incremento em diâmetro. A análise discriminante determinou que a variável distribuição é a que melhor explica as diferenças entre os grupos. Observou-se alto crescimento bruto e baixo crescimento líquido da floresta, devido à alta mortalidade registrada no período de crescimento, o que estaria indicando bom comportamento quanto ao crescimento das árvores da floresta remanescente.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectExploração florestal - Missiones (Argentina)pt_BR
dc.subjectPovoamento florestal - Crescimento - Missiones (Argentina)pt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleAnalise da dinamica e impactos da exploração sobre o estoque remanescente (por especie e por grupos de especies similares) de uma floresta estacional semidecidual em Missiones, Argentinapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record