Mostrar registro simples

dc.contributor.authorDias, Natália Costapt_BR
dc.contributor.otherBraga, Maria Cristina Borba, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherAzevedo, Julio Cesar R. de, (Julio Cesar Rodrigues de)pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Recursos Hídricos e Ambientalpt_BR
dc.date.accessioned2013-09-19T15:31:49Z
dc.date.available2013-09-19T15:31:49Z
dc.date.issued2013-09-19
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/32115
dc.description.abstractResumo: Lixiviados de aterros sanitarios podem ser caracterizados como uma solucao aquosa contendo varias substancias que podem apresentar caracteristicas toxicas e inibidoras, que prejudicam o tratamento biologico e os sistemas aquaticos, como, por exemplo, o nitrogenio amoniacal, tipicamente presente. A amonia e proveniente da degradacao de proteinas e aminoacidos, sendo a soma das concentracoes de ion amonio e do gas amonia. A concentracao da amonia depende do pH ou da concentracao de ion hidrogenio. Nas concentracoes de 1.500 a 3.000 mg/L o nitrogenio amoniacal pode proporcionar efeito adverso para o tratamento biologico. O objetivo deste trabalho foi estudar a adsorcao de nitrogenio amoniacal em coluna de leito fixo, em escala de bancada, preenchida com vermiculita expandida para o tratamento de lixiviado de aterro sanitario, visando a adequacao ao tratamento biologico. O lixiviado utilizado neste estudo foi proveniente do Aterro Sanitario de Curitiba. O lixiviado do Aterro Sanitario de Curitiba apresenta concentracao media de nitrogenio amoniacal de, aproximadamente, 2.000mg/L, com valores de pH em torno de 8, tamponado. Para avaliar as condicoes de remocao de nitrogenio amoniacal, foram realizados ensaios em colunas de leito fixo, preenchidas com alturas de leito de 12 cm, 18,7 cm e 25,2 cm, tendo sido aplicadas cargas volumetricas de 1 kg/m3.d, 2,5 kg/m3.d e 5 kg/m3.d. Para a altura de leito de 18,7 cm e CVA de 1 kg/m3.d foi obtida a eficiencia de remocao de 38% para a DQO total, 51% para a DQO dissolvida, 73% para COTD e 60% para nitrogenio total e amoniacal. Os testes de toxicidade com Lactuca sativa L apresentaram maior reducao da CL50, de 6% para 35%, quando aplicada a CVA de 1 kg/m3.d nas colunas com 12 cm e 18,7 cm de leito. A coluna de adsorcao apresentou maior tempo para atingir o ponto de exaustao com altura de leito de 18,7 cm e CVA de 1 kg/m3.d. Os dados resultantes dos ensaios em escala de bancada foram utilizados para a mudanca de escala para 1m3, tendo sido utilizados para isso os modelos de Thomas e BDST. Os resultados obtidos para a mudanca de escala utilizando o modelo de Thomas, apresenta a massa de vermiculita de 197 kg para vazao de 500 L/d e 535 kg para vazao de 2500 L/d.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.titleAdsorção de Nitrogênio Amoniacal de Lixiviado de aterro sanitário em coluna de leito fixo com vermiculita expandidapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples